Governo divulgará hoje a nova tabela de preço mínimo do frete para caminhão




O ministro dos Transportes, Valter Casimiro, afirmou nesta quarta-feira (6) que a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) deverá publicar, nesta quinta (7), uma nova tabela com os preços mínimos dos fretes.

Na semana passada, a ANTT publicou uma tabela com os preços, mas os valores causaram polêmica.

“A ANTT está fazendo trabalho de adequação da tabela. Isso foi explicado aos representantes do movimento e, provavelmente amanhã, a ANTT já publique esta tabela contemplando todos os tipos de caminhão para as cargas que estão previstas na medida provisória e isso vai diminuir essas distorções,”, afirmou Valter Casimiro nesta quarta, após participar de uma reunião no Palácio do Planalto.

A formulação da tabela fez parte do acordo do governo com caminhoneiros para por fim à greve da categoria, que durou 11 dias e gerou uma crise no abastecimento em todo o país.

LEIA MAIS  Alcides Cavalcanti é o novo Diretor Comercial de Caminhões da Volvo

Segundo Casimiro, a primeira tabela foi elaborada com base em uma outra tabela, que já existia na ANTT e estava em discussão com os caminhoneiros.

O ministro acrescentou, ainda, que a publicação da nova tabela pela agência não é resultado de “pressão” por parte da categoria, até porque, acrescentou, “o governo está cumprindo tudo que foi acordado com os caminhoneiros.”

“As associações concordam que o governo está cumprindo [o acordo] e que precisa de ajustes na tabela. Eles reconhecem que precisa de maior detalhamento”, completou.

Mudanças nos preços

Segundo o ministro dos Transportes, a nova tabela apresentará novos preços para os fretes.

“Quando você está colocando todo custo fixo baseado em poucos eixos, você vai diluir este custo fixo numa quantidade de eixos muito menor, vai onerar muito mais o frete. Quando você dilui este custo fixo no caminhão com mais eixos, você vai realmente diminuir o preço por eixo nesta carga de um caminhão, por exemplo, de nove eixos”, afirmou.

LEIA MAIS  Decisão do STF sobre a tabela de fretes causará nova greve de caminhoneiros

Fonte: G1




Deixe sua opinião sobre o assunto!