Gigantes do agro compram milhares de caminhões para driblar piso do frete




As incertezas em relação ao tabelamento do frete rodoviário já começam a levar empresas do agronegócio do Brasil a adotar um plano B para o escoamento da safra de soja e de milho em 2019. A mato-grossense Amaggi, pertencente à família do ministro da Agricultura, Blairo Maggi, fechou a compra de uma frota de 300 caminhões. A entrega dos veículos está prevista para janeiro. “A aquisição destes veículos atende a uma necessidade estratégica na estrutura logística”, disse o presidente executivo da empresa, Judiney Carvalho.

A Cargill, multinacional de origem americana, confirmou que fez a cotação de mil unidades, mas condicionou a concretização da medida a um posicionamento definitivo do Supremo Tribunal Federal (STF) quanto à inconstitucionalidade da tabela. “Se isto não ocorrer ou se esta decisão alongar-se de forma a dificultar nossas operações no País, estamos preparados para adotar uma alocação de frota própria”, afirmou a empresa, em nota.

A Bunge, outra gigante do segmento, disse confiar que o tabelamento será derrubado “o mais rápido possível”, mas confirmou que avalia “diversas possibilidades em relação ao frete de seus produtos”. “A companhia se manifestará apenas após a decisão judicial e afirma que continuará pautando sua conduta pelo respeito às leis e decisões da Justiça.”

Segundo a ADM, a situação provoca um “aumento acentuado” no custo do transporte e “pressiona as margens de comercialização de grãos, que já estão bastante deprimidas”. “A ADM espera que o governo encontre uma solução e está avaliando, assim como outras empresas, a adoção de frota própria.”

A cooperativa paranaense Coamo, uma das maiores do País, confirmou a compra de 500 caminhões em 2018. O investimento, segundo a assessoria de imprensa, já estava previsto no plano de renovação da frota atual, mas a ideia é que, se for necessário, os veículos antigos continuem a ser utilizados.

“A tendência entre as cooperativas, se mantido esse tabelamento, é a aquisição de frotas próprias. O único impedimento até agora tem sido a capacidade de produção das montadoras, que para 2019 já chegou ao limite”, comentou Nelson Costa, superintendente da Ocepar, cooperativa que responde por cerca de 60% da produção agrícola do Paraná.

Maior empresa do setor de carnes no mundo, a JBS comprou, ainda em agosto, 360 caminhões para sua frota. “A decisão está amparada na estratégia de uma operação sustentável, que garanta a produção e oferta de produtos, reduzindo os impactos de custo causados pela aplicação do tabelamento do frete rodoviário”, afirmou a empresa à ocasião, em nota.

O tabelamento de fretes foi resultado de uma longa negociação envolvendo representantes do governo e lideranças dos caminhoneiros. O aceno à implantação da medida ajudou a encerrar o protesto contra os custos do óleo diesel que, em maio passado, interrompeu por 10 dias o tráfego nas principais rodovias do País.

Na ocasião, a Cargill disse, em nota, que os setores de processamento e exportação de produtos agrícolas seriam forçados a “mudar seu modelo de atuação”. Em vez de comprar os grãos com retirada nas fazendas ou nos armazéns no interior, diz a nota, “serão forçadas a comprar somente com entrega nas fábricas e nos portos”.

O cenário se manteve ao longo de todo o segundo semestre, quando ocorreu o plantio da safra de soja que começa a ser colhida a partir de janeiro. Com a insegurança em relação aos custos, o mercado futuro entrou em dezembro com pouco mais de 30% de vendas antecipadas da oleaginosa no País – redução de 14 pontos percentuais em relação à média histórica para o período, segundo a consultoria Safras & Mercado.

Fonte: Jornal do Comércio




80 comentários em “Gigantes do agro compram milhares de caminhões para driblar piso do frete

  • 18/04/2019 em 21:15
    Permalink

    Essa decisão não dura muito, quando esses caminhões começarem a dar manutenção e os cupim de ferro roer eles em dois anos, a farra acaba. Se essas cooperativas tem alguém que faz conta ,vao ver a furada que e comprar caminhão!

  • 18/04/2019 em 01:04
    Permalink

    Hoje à covardia é muito grande , se tem salário mínimo porque não o preço mínimo de frete

  • 28/02/2019 em 11:26
    Permalink

    É muito simples ao invés de adquirir frota própria é só acabar com o bando de atravessadores do frete empresas que pegam o frete e repassam para os caminhões simples assim cadastra o transpprtador e o autônomo e acaba com o oba oba pois o caminhoneiro recebe o frete justo e as empresas tem o custo certo

  • 26/02/2019 em 22:15
    Permalink

    Poise amigos eles estão trazendo motorista de fora q trabalhar por qualquer valor e compricado

  • 25/02/2019 em 16:56
    Permalink

    Estas empresas contratando motoristas e uma grande quantidade de pessoas para ajudar a manter rodando estes novos caminhões e uma ótima oportunidade até para muitos autônomos que estão falidos com seus caminhões quebrados ou sem nenhuma condição de continuarr trabalhando isso é uma ótima oportunidade para eles se reerguer financeiramente.

  • 12/02/2019 em 22:43
    Permalink

    Comprar é moleza,em 2 anos eles destrói e depois devolve para os bancos.

    Este sao os verdadeiros covardes,disputar com trabalhadores que mal consegue manter um caminhão. Quando morrer vão leva o dinheiro pro inferno.

  • 11/02/2019 em 16:54
    Permalink

    Que ótimo, agora vcs vão ver o quanto e caro manter um caminhão em ordem, sem falar na dificuldade de contratar alguem profissional nos dias de hoje, os jovens preferem a área comercial e estar todos os dias casa, caminhão e para poucos, parabéns aos caminhoneiros desse Brasil , nós somos guerreiros!!!

  • 10/02/2019 em 18:58
    Permalink

    Pode comprar caminhões para sua fróta. Difícil vai ser encontrar motorista para tocar os brutus. Com este salário miserável que estão pagando.vamos dividir o bolo para todos ou não havera Brasil justo

  • 22/01/2019 em 20:31
    Permalink

    Compra caminhão é facil, ainda .ais para quem tem cadastro, dificil vai ser arruma os condutor desses veiculo, ñ temos proficional qualificado para carrega um caminhão no MT e ir descarrega em Santos SP. Cara que ñ conhesse leva um mês pra ir.

    • 07/02/2019 em 23:42
      Permalink

      Nem pra dar opinião vc presta ja ta falando em correr e querendo dizer que no fundo vc intende disso, vc sabe e se drogar e colocar a vida dos outrs em risco isso sim seu bosta, esses vagabundos vao comprar e pra nao diminuir o lucro deles porque ele compramboleo mais barato caminhao barato com manutencao barata e pecas pecats na concessionaria carencia Bndes abate em imposto de renda se eu tivesse tudo isso eu nao apoiaria greve nao e a maioria dos profissionais tbm nao e com restricao de horario sim pra uns babacas ai num ficarem fazendo merda ainda cortava velocidade dos caminhoes pra vcs se morderem todo ate sangrarem kkkkkk bando de burros

      • 06/05/2019 em 17:58
        Permalink

        Deixa comprar qtos quiserem.. só que está errado colocar placa de aluguel.. estas compras sao com juros subsidiados. Nao poderiam entrar no frete. Estas frotas teriam que ser placas brancas pra só transportar cargas próprias… é preciso rever isso…
        Não poderiam competir com os autônomos nos fretes.

  • 22/01/2019 em 07:05
    Permalink

    gente simples assim:depois que tiverem o domínio das cargas próprias, simplesmente vão repassar o custo ao consumidor, na verdade hoje são o elo mais forte da cadeia,ou seja os outros pode trabalhar no vermelho, agora eles não,então com certeza vão embutir esse custo alto do caminhão em suas mercadorias,coisa que autônomos e pequenas empresas não tem domínio.

    • 07/02/2019 em 23:44
      Permalink

      O gov tinha que tirar o subcidio q da a eles porque a desp pra eles e insignificante perto do nosso e o que da d eles somos nós que pagamos

  • 13/01/2019 em 10:31
    Permalink

    Se não houver um acordo,nos caminhoneiros vamos perder!
    Infelizmente,pelo que vejo,muitos caminhoneiros estão olhando para o propró bolso.
    Em um acordo, pelo que sei, tem que ficar bom para ambas as partes.

    • 07/02/2019 em 23:46
      Permalink

      Ou ter emprego com salaris bom eu nao me importo em vender, empregado ta vivendo mio que eu

  • 13/01/2019 em 06:47
    Permalink

    Bom dia a tds!
    Eu acho muito difícil uma empresa por mais que ela seja grande fazer este investimento em frota de caminhão pois não tem motoristas qualificados o bastante para ingressar nesta profissão e seria uma grande ameaça para a área de acidentes nas estradas, uma alto-escola não prepara estes profissionais para exercer esta função sem que venha trazer perigo a sociedade , e digo mais eu como profissional a 26 anos de motorista rodoviário não trabalho por menos de R$ 8000,00 livre por mês pois tenho que deixar minha família para atender estas empresas que não dão valor ao profissional, peço encarecidamente aos profissionais do ramo valorizem o seu potencial, aqui está a minha dica , um abraço a tds!

    • 13/01/2019 em 20:10
      Permalink

      Concordo plenamente com a sua posição. Eu queria que essas grandes do agronegócio, que falam que pagar frete na tabela vai ficar inviável, comentem sobre o frete que na safra pagam próximo a tabela e depois pagam fretes que não cobrem nem o custo do diesel e motorista. Daí sobre isso elas não se manifesta. Porque daí triplicam os seus lucros

  • 12/01/2019 em 19:14
    Permalink

    Para vocês verem eles acham que só querem levar vantagem a verdade é essa vamos ver mais tarde como é que fica tudo isso aí que compre mais e mais caminhões eu emprego Amei mundo de motorista

  • 12/01/2019 em 17:22
    Permalink

    Vai ter motoristas para tantos caminhões?

  • 12/01/2019 em 15:56
    Permalink

    Penso eu .. que em pouco tempo esses grandoes vai ver o custo q envolve um caminhao ok .. quero ver noq vai dar … o transporte só na mao de autonomos nao funciona .. e só na mao dos (grandoes) tbm nao funcionara .. ai vamos ver o proximo captulo dessa novela chamada caminhoes em cheque

  • 12/01/2019 em 14:54
    Permalink

    Toda ação tem uma reação… Pelo menos agora o caminhão não precisa dar lucro, basta pagar as despesas. Pode ter de certeza absoluta de uma coisa pessoal… Eles fazem muita conta antes, todas que vc imaginar, e eles tem dinheiro e crédito para se sustentar, se estão comprando é pq compensa.

  • 12/01/2019 em 13:12
    Permalink

    Aí eu achei bonito, agora vão ver quanto custa um caminhão rodando, se eles não sabiam agora vai saber, seja ela grande ou pequena empresa, agora vai saber o quanto custa um pneu e um rolamento: fora as demais despesas

  • 12/01/2019 em 10:12
    Permalink

    Comprar caminhão e facil,reclamam do frete quero ver agora vão ter a prestação o salário do motorista mas os encargos sociais hora extra motorista vai ter que contratar mecanico um gerente de frota fora outras funções que fica de licença coisa que com o autônomo eles não tinham que se preocupar
    Mas deixando isso de lado só no Brasil ministro da agricultura ou familiares (laranjas) são grandes agricultores vai puxar pro lado do empresários quando isso vai mudar?

  • 12/01/2019 em 09:56
    Permalink

    Ministro da agricultura é um dos proprietários de uma das maiores empresas do ramo da agricultura??? É o mesmo que colocar uma raposa para cuidar do galinheiro… Francamente. Tem que manter a tabela de frete para acabar com a exploração dos caminhoneiros autônomos.

  • 12/01/2019 em 09:53
    Permalink

    Bom dia.este idiota q pensa so em trem .saiba ele q quem leva o papel higenico pra ele limpar a bunda dele e o caminhoneiro sofredor.e a jbs com a coamo compram caminhoes com inc etivos do governo .mas este inergumeno falar q e so por trem.se eu te pego daria tanto tapa na tua cara q vc perdia o rumo de casa.obrigado.

  • 12/01/2019 em 09:46
    Permalink

    Isso e mentira, é pressão. Alguns podem até comprar. Mais é muito difícil. Você manter caminhão não é fácil. E esses caras estão pressionando para continuar ganhando muito. Da forma que está hoje não vale apena ser dono de caminhão. Quem tem caminhão, tá todo devedor. Do jeito que tá é melhor trabalhar de empregado. Vocês já pararam calcular o quanto eles teriam que gastar com pessoal, peças. Hoje em dia eles não tem essa preocupação, o negócio é só contar dinheiro. Então vamos ver se eles compram mesmo, e aí nos vamos trabalhar pra eles e ter uma vida mais tranquila. Isses comentários de é pago pra fazer pressão em dono de caminhão. Do jeito que ta, acabar morrendo ou perdendo o caminhão e sem pagar as dividas. Então compram caminhão é bom que gera mais empregos.

    • 12/01/2019 em 19:31
      Permalink

      Acredito em você. Mas estamos falando de gigantes, e não de micro empreendedor. Essas empresas tem todo um planejamento a longo prazo. Eles fazem esse investimento pensando no retorno daquia 10 ou 20 anos. Para o autônomo é difícil, mas essas empresas tem receita pra isso, inclusive se não sair como eles querem também tem uma estratégia para reverter o problema. Comparar uma multinacional com um autônomo é meio contraditório, uma vez que a multinacional gera o produto que transporta e o autônomo tem que correr atrás de fretes.

  • 12/01/2019 em 09:45
    Permalink

    Tá faltando motorista profissional neste trabalho, ninguém quer mais sofrer neste serviço escravo,queremos ver onde vcs,vao arranjar motorista profissional,tem aí um monte feitos nas cochas, más profissional de verdade vcs não vão contratar porque sem motorista o caminhão não traféga ,hoje tamos todos únidos com o zaap,kkkkkkkkkkk,uma simples msg,os grupos ja sabem o que fazer em pequenos tempos pelo YouTube.kkkkk

  • 12/01/2019 em 09:38
    Permalink

    Grupo magi ce vender tudo oque tem sobra muito poco de tanto que deve .

  • 12/01/2019 em 09:34
    Permalink

    Gigantes do agro … maiores ladrõens do pais

  • 12/01/2019 em 09:17
    Permalink

    Essas empresas e outras formaram um cartel para sempre manter fretes baixos para o seu maior lucro !!
    A escravização de caminhoneiros principalmente autônomos e sempre terceirizados para a mercadoria ser distribuída nas metrópoles e não existe órgão competente que regule essas operações !!

    • 26/02/2019 em 00:52
      Permalink

      Na verdade moramos em um país onde subsidiam tudo aos grandes ,isentam de impostos,facilitam a compra…acreditem vcs o BNDES para essas empresas chega a um tempo de carência para pagamento de até 12 meses no emplemento completo, a cada 10 comprados um sai praticamente de graca, fora as garantias e manutenções que não são cobradas por um longo período,digo longo mesmo… Dependendo do contrato e negociação…já cuidei de frota algum tempo atraz …tenho meu conjunto graneleiro 2001, não sei até quando vou aguentar, ficar longe de casa 20,30 dias e voltar devendo mais do que quando sai… Enquanto o nosso país não acordar para a realidade que vivemos, seremos apenas história na mão de um grupo seleto que dá as cartas,manipula e de alguma forma anula nossa força, se não foi feito até agora nada pela classe das estradas tão cedo não não se fará …Deus abençoe os amigos do trecho 🚛🚛🚛

  • 12/01/2019 em 09:03
    Permalink

    Isso é uma vergonha e ainda esses caminhoes adquidos deve ser tudo financiados através de incentivos do governo qui vergonha brasillllllllllll e nos terceiros nao temos direito a um financiamento digno se eles têm tudo que tem e graças a nos que transportamos a vida toda de graça pra eles agoraaaa chegaaaaaa tabela jaaaaa se não vamos parar o transporte de novooooooooooooooo

  • 12/01/2019 em 09:03
    Permalink

    A Cargill tem engatilhada a compra de 1000 caminhoes, para o caso da tabela de frete ser considerada constitucional. A amaggi fechou a compra de 300 unidades e a jbs, 150 unidades para renovar a frota.
    Viva o capitalismo, porque quem gosta de tabela, que vá para Cuba, lá tudo é tabelado!

    • 12/01/2019 em 09:07
      Permalink

      Vc deve ser um idiota que mama na teta do governo por isso fala isso podem comprar 1000000 de caminhoes mais sem pilota e nois entendeu seu idiotaaaaaaa ese dom eles não comprammmmm tabela já ou paramos o Brasil de novoooooooooooo

    • 12/01/2019 em 09:08
      Permalink

      Na verdade o certo era meter trem e pronto! So no Brasil e essa zona de caminhão para tudo! Grandes volumes e a granel o mais viável é trem!

      • 12/01/2019 em 12:40
        Permalink

        Inconsequente!!!, a menos que você vá morar às márgens da rodovia férrea e garantir que seu alimento chegue até você… Inconsequente!!!, ou você não tem capacidade de conduzir uma carreta, pura dor de cotuvelo.

      • 13/01/2019 em 20:18
        Permalink

        Cara vc deveria conhecer um pouco sobre caminhão e como funciona a logistica no nosso país. Chego a ter pena do seu comentário sem fundamento

    • 12/01/2019 em 09:42
      Permalink

      Nao ce esquesa que o arroz o feijao a carne que vc come nao é amaggi nem cargil nem jbs que transporta pra chegar na prateleira do supermercado onde vc compra

    • 12/01/2019 em 13:23
      Permalink

      David você deve um desses vagabundos que mama nas tetas do governo federal ou estadual gasolina baixa 17% diesel 0% no Amazonas diesel 3.79 gasolina 3.49 isso é um abuso

  • 12/01/2019 em 08:46
    Permalink

    Fake o anucio fala em milhares , mas na realidade é 300 da coamo . as empresas interna cionais não vão entrar nesta barca furada, ta faltando motoristas.

    • 12/01/2019 em 08:51
      Permalink

      Eu acho que essa pagina é contra o pequeno transportador
      Fala-se em milhares
      E efetivamente foram 300 caminhões.

      Ate parece que e fácil arrumar milhares de motoristas profissionais

  • 12/01/2019 em 08:24
    Permalink

    Anúncio falso, frota própria só geraria uma díspesa à emprera maior que se pagando o frete baseado ao tabelamento píso mínimo ao transportador, que na verdade já o pagam, o problema são as empresas atravessadoras que já recebem o sulficiente para o pagamento da tabela e não a repassão, para o fornecedor nada muda.

  • 12/01/2019 em 08:21
    Permalink

    Brasileiro boicote as empresas vamos nos caminhoneiros e familiares não comprem produtos desses calhordas beijos kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk(k

  • 12/01/2019 em 08:16
    Permalink

    Um caminhão paga frete do ano todo os outros vão apodrecer o resto do ano quando acabar a safra kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Brasil da da arrogancia parabéns empresas

  • 12/01/2019 em 08:13
    Permalink

    O ideal é que se as grandes empresas não querem pagar o frete de tabela e estão partindo para aquisição de frota própria, então que paguem um salário digno para nós motoristas autônomos, assim venderemos nossos caminhões e vamos trabalhar pra eles no regime CLT, nos deem benefício como plano de saúde entre outras coisas. Digo isso porque quem é motorista estradeiro sabe da vida sofrida e solitária nas estradas, locais precários onde ficamos dias aguardando carregar e descarregar, empresas nos tratam como escória da sociedade, somos humilhados sem ao menos ter uma refeição, muitas das vezes um chuveiro e um banheiro apenas para dezenas de motoristas usarem um descaso total…
    Pra finalizar ainda digo que esse plano B não dará certo pelo fato de não se ter incentivo e alvo para formação de novos estradeiros, ou seja, o adolescente hoje pensa em estudar e ser alguém, trabalhar sua carga horária ir pra sua casa, trabalhar no conforto do ar refrigerado, esse adolescente não vai querer bater alavanca o dia todo e ficar meses sem ir pra sua casa, ou seja não haverá renovação para atender a demanda já decadente de mão de obra.

  • 12/01/2019 em 07:41
    Permalink

    ISSO É FAKE! PQ ELES SABEM QUE MESMO OS FRETES SENDO PROPRIOS (PLACABRANCA) O CONHECIMENTO TEM QUE SAIR NA TABELA, TEM QUE PAGAR IMPOSTOS SOBRE A TABELA. E TAMBEM LEVAR EM CONTA DESPESAS COM MANUTENÇAO E CUSTAS TRABALHISTAS ISSO NAO PASSA DE AMEAÇAS E MENTIRAS PARA PRESSIONAR GOVERNO!

  • 12/01/2019 em 07:36
    Permalink

    Isso é fake pq eles sabem que o frete medo próprios tem q sair na tabela e pagar imposto sobre a tabela! Não muda nada pra eles até ficar pior pq tem custas de manutenção e trabalhistas!

  • 12/01/2019 em 07:33
    Permalink

    Bom dia isto tudo nan se passa de uma jogada forçando o presidente a da para estes marajás todo o poder de mandar no frete e estorqui q camioneiros como nós para levarem as safras destes bando de magnatas enguanto nos carregamos as safras deles de graça eles a cada ano trocam de carros enguanto nos camioneiros na podemos nem dar uma manutenção perfeita nos caminhao mais digo to pagando pra ver conseguirem mão de obra especializada e profissionais porgue ninguém mais esta querendo ser camioneiro porque hoje todos querem humilhar a nossa classe temos q esperar em filas pra tudo quero deixar aqui o meu desabafo camionhehca para do nosso Brasil nos levamos este país nos nosdno braços nao vai ser meia dúzia de magnatas q vai tirar nossa força somos mais Brasil

  • 12/01/2019 em 07:28
    Permalink

    sou do Amazonas coisa fora de lógica a gasolina baixou r$ 1.50 no litro o diesel não baixou nada custa r$3.799 o litro ,tem alguma armação nisso ,povo burro !!! quanto custa o KM rodado no caminhão que só faz 1.80 com litro de diesel

  • 12/01/2019 em 07:17
    Permalink

    Bom dia bom dia.sera que compraram motorista rambem.sei não.vamos ver o que vai dar.

  • 12/01/2019 em 07:14
    Permalink

    Para essas empresas comprarem caminhões e fácil,quero ver arrumar motorista,pois tem muitos que perderam as CNH por causa do toxilogico.

  • 12/01/2019 em 06:57
    Permalink

    Bom já está difícil de ser trabalhar e agora com esse vernese comprar esse montante de caminhão.lascou.
    Tenho 12 anos de estrada vó arrumar outro serviço pois não vale apena mas ninguem olha por nós entra governo e sai governo e nós pobres pai de família continua na mesma ….

    • 12/01/2019 em 07:33
      Permalink

      compra caminhões e fácil para transportar soja milho ,quero ver ver cruzar o Brasil levando os produtos acabados !!!!???

  • 12/01/2019 em 06:35
    Permalink

    Quero ver eles conseguir mão de obra para os equipamento. Motorista experiente já não esta tento motorista na praça. Vão ter wue formar os motorista. Ou eles compra o caminhão e vem o motorista de brinde?

  • 12/01/2019 em 06:29
    Permalink

    Muito bem assim vcs gerao empregos agora fabriqui os mototistas seus cornos

  • 12/01/2019 em 06:16
    Permalink

    Muito bom. Vai gerar empregos, nas fábricas de caminhões, pneus, peças, acessórios. Na receita do INSS, planos de saúde, odontológico,advogados, vai movimentar a cadeia produtiva.

  • 12/01/2019 em 03:31
    Permalink

    Acho meio estranho o Blairo Maggi a pouco tempo atrás também estava sendo investigado e agora compra vários caminhoec..

  • 12/01/2019 em 01:37
    Permalink

    o custo e muito auto pneus combustivel e manutenção ta dificio e muito mais .
    o custo e muito auto. nao dá

  • 12/01/2019 em 01:34
    Permalink

    essas cargas são sazonais, eu pergunto na entre safra vão concorrer com os autônomos? quero ver a derrocada.

  • 12/01/2019 em 00:15
    Permalink

    ai eles vão ver que essa tabela e.muito baixa,pra nos da porque a maioria não pg seguro nossos carros são velhos e não pagamos motorista

  • 12/01/2019 em 00:01
    Permalink

    duvido reduzir custos com o alto custo operacional dessas frotas.o frete mínimo por pior que seja.e um custo fixo,há a frota própria não

  • 11/01/2019 em 22:50
    Permalink

    Bobagem, se as grandes empresas querem um melhor preço do frete deviam na verdade era pressionar o governo para explicar como os combustíveis triplicam de valor de refinaria até a bomba .

    • 12/01/2019 em 00:02
      Permalink

      verdade falou tudo!!

  • 11/01/2019 em 22:03
    Permalink

    Boa noite, muito bom acharem que a saída e comprar milhares de caminhões…gostaria de deixar uma pergunta pra esses empresários, serão vocês os motoristas?

    • 12/01/2019 em 00:08
      Permalink

      kkkkkkkkkkkkkk falou tudo.

  • 11/01/2019 em 21:31
    Permalink

    Tem que comprar caminhões sim,e quanto mais melhor…assim vão saber quanto custa o litro de OLEO DIESEL,valor de um PNEU,valor do PEDAGIO,custo de um MOTOR,de um ROLAMENTO,MANUTENÇÃO,M.OBRA ETC..Quanto vai lhe custar uma ACÃO TRABALHISTA…vai troxas,fábricas de caminhões está comemorando tanta burrice,partindo de quem se achava INTELIGENTE….boa sorte!!

    • 12/01/2019 em 00:04
      Permalink

      e bem assim!! querem nos obrigar a este serviço escravo.

    • 12/01/2019 em 06:09
      Permalink

      Amigo as grandes empresas tem subzidios eles esam os caminhos e depois simplesmente devolvam na Auta demanda nan ficam esperando em filas tem uma agilidade que nan chega pra nós simplesmente já embarca e desembarque com tempo certo cimpram o seu combustível a preços de custo diretamente nas refinarias aí os custos que chegam pra nós não chegam pra eles, exemplo

  • 11/01/2019 em 20:35
    Permalink

    Boa noite esse colega falou comprar caminhão pra eles é fácil mas quero os profissionais do volante pra tudo isso outra coisa que essas companhias desconhecem chama se manutenção que é o que leva o dinheiro do caminhoneiro autônomo . Se hoje o trânsito está um caus aguardem depois dessas grandes frotas nas estradas…

  • 11/01/2019 em 20:30
    Permalink

    Nunca duvidei deles comprarem.
    Mas continuo duvidando que eles consigam manter…

  • 11/01/2019 em 20:18
    Permalink

    Não vai ser facil derrubar a tabela quem vai cai vai ser essas empresas não vai conseguir motorista capacitado com esperirncia essas empresas só pensa no bolso deles os caminhoneiros está fazendo ma le ma pra come esses ganancioso so pensa neles essas empresas lavagem de dinheiro

  • 11/01/2019 em 18:33
    Permalink

    Bom grandes empresas.grandes frotas e agora faltou o principal motoristas provisional p conduzir esses grandes caminhões.pos já existe empresas com 100 caminhões e não tem provisional vão formar aprendiz e colocar nas rodovias com um caminhão carregado de grão sem conhecimento e pagar uma merreca que tão pagando aí no estado do MT GROSSO.motoristas que matam muitas famílias as vezes por falta de experiência e conhecimento do tal transporte.

    • 12/01/2019 em 02:04
      Permalink

      Vai é duplicar o índice de acidentes!

    • 12/01/2019 em 11:33
      Permalink

      Comprar caminhão fácil compŕo tudo fácil pagar daqui 12 meses primeira parcela presidente perdoando dívida grandes fazendeiro quando coitado do autônomo vai comprar caminhão tem dar metade entrada juro absurdo parabéns pra este país que só ajuda grandes este Brasil povo queria

  • 11/01/2019 em 15:37
    Permalink

    Quero ver onde vão encontrar motoristas pra tantos caminhões!!!!!

    • 12/01/2019 em 01:28
      Permalink

      Está certo ,a compra de caminhões, é muito bom é uma economia que se propaga ,sou camioneiro e filho de camioneiro,sei o que eu falo, caminhão é a maior maquina de dinheiro do mundo,,, mas o que se passa neste pais é uma vergonha o frete é bem pago não precisamos de tabelamento de frete esim o tabelamento de combustível , que sobe toda semana hoje o custo .básico pra manter o caminhão é de 70% só sobra 30%pra pagar pneu motorista, pedágio, casa, saúde,e tentar guardar alguma coisa pra um dia renová o próprio caminhão. Duvido que multi nacional vai manter frota mais tempo que eu to mantendo meu caminhão, mesmo eles comprando pneu mais barato e diesel com menos impostos, sim porque quem paga os impostos do pais, é a porcaria do CAMIONEIRO autonomo
      não é martelo ,g10 ,transoeste, bom futuro,ou qualquer outra a mente paga e paga caro sem dó e mesmo assim temo se mantendo mal e porcamente, o pais e rico sustenta o mundo se preciso for ,estados unidos não chega nem aos pés do nosso pais.mas com essa administração porca, e pior que a Venezuela,Mas comprem frota nova ,assim sei que quando voceis falirem,vai ter caminhão barato pra nós pequenos autônomos … Obrigado me chamo Hugo e todo o dia reso pra termos um país melhor para nossos filhos.

      • 12/01/2019 em 12:53
        Permalink

        Só quero ver onde vAo achar motoristas qualificados para dirigir!!!

    • 12/01/2019 em 15:53
      Permalink

      Nem caminhão pra vender a não ser os caminhões velhos das garagens, se não tem caminhão, motoristas muito menos , só nas redes sociais estão pedindo mais de 150 profissionais e não tem e essa notícia é fria esse blog deveria ver e não noticiar matérias repitidas .

      • 11/02/2019 em 08:51
        Permalink

        Alguem poderia me dizer porque e tão dificil a gente conseguir apoio para comprar um caminhaozinho .e grandes empresas conseguem vários e até sao beneficiados pelos bancos .teria q voltar o pró caminhoneiro.eu não tinha idade aquela época não consegui comprar o meu

Fechado para comentários.