Librelato fecha venda de 180 implementos para Fontanella Transportes

A Librelato fechou acordo para fornecimento de 180 implementos rodoviários para uma das maiores empresas logísticas do Brasil, a catarinense Fontanella Transportes. Foram vendidos 90 semirreboques e 90 rodotrens para movimentação de cargas secas. Os implementos serão entregues ao longo deste ano.

De acordo com Valdir Fontanella, sócio-diretor da empresa, a aquisição faz parte de um plano de ampliação de frota. “Fizemos essa compra, pois estamos nos antecipando para um aquecimento na demanda por transporte rodoviário de carga neste ano”.

O empresário explicou que preferiu implementos Librelato devido à qualidade técnica e operacional dos equipamentos. “São produtos que já conhecemos, mais leves e resistentes, que asseguram eficiência logística e satisfação de nossos clientes”.

Para Rafael Bett, diretor comercial da Librelato, “essa aquisição demonstra claramente que os empresários de transporte que estão preocupados em oferecer alta qualidade e, também, garantir rentabilidade, estão preferindo os implementos da marca”.

3 comentários

Alexandre sl 03/04/2019 - 08:56

e as grandes indústrias não são a favor da tabela mínima de frete, porem eles pagam o frete para as grandes transportadoras bem acima do piso, ou seja, eles não estão nem aí para o caminhoneiro autônomo, mas logo eles vão sentir na pele a escassez dos autônomos, pois infelizmente a maioria vai falir e aquele pouco que sobrar não vai ser suficiente junto com as transportadora para atender a demanda,mesmo que comprem milhares de caminhões novos, pois não vai ter motorista pra tanto caminhão, e tenha certeza de uma coisa, jamais um dono de caminhão que foi a falência por culpa desses mercenários do transporte irá se submeter a ter que voltar a trabalhar de empregados pra eles…..!!!Pois isso é o que eles querem para o futuro do setor de transportes!!!…o feitiço vai virar contra o feiticeiro.

Reply
Enivaldo 02/04/2019 - 17:14

Não é atoa que os frete que eles nus paga mal da pra tira a despesa com combustível

Reply
Francisco Leandro 03/04/2019 - 06:01

Num da moleza não, fala mesmo.

Reply

Deixe um comentário!

O Royal Eagle é um Scania 143 como você nunca viu T112MC – Scania desenvolveu modelo exclusivo para a Nova Zelândia Você lembra do seriado “As Aventuras de BJ” nos anos 1980? Caminhões chineses são equipados com cabine de modelo da década de 1970 Conheça o transporte Piggyback, muito usado nos Estados Unidos