Trabalhadores rejeitam acordo para encerrar os contratos na Ford




Em assembleia interna realizada ontem, os trabalhadores da fábrica da Ford, em São Bernardo, rejeitaram proposta negociada para encerramento dos contratos de trabalho. As negociações com a montadora serão retomadas, segundo o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC.

Os trabalhadores ficarão mobilizados e poderão ocorrer paralisações, o que será decidido a cada dia. O intuito é assegurar melhores condições para a indenização, já que haverá o término dos contratos, além da manutenção dos empregos.

“Estamos atentos para que, assim que a compra da empresa for encaminhada, estarmos nessa negociação para garantir que o novo investidor mantenha o maior número de trabalhadores”, disse Wagner Santana, presidente do sindicato.

A Ford afirmou, por nota, que “segue em negociação com o sindicato.”

Fonte: Diário do Grande ABC