Bolsonaro reafirma que vai desativar todos os radares de rodovias

O presidente Jair Bolsonaro disse que vai desativar todos os radares de velocidade instalados em rodovias e que já engavetou 8 mil pedidos de instalação, nos últimos meses, após ter uma conversa com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes.

“Fiquei acertado com ele que todo e qualquer radar ou pardal, uma vez vencendo o seu prazo [de licitação], nós não revalidaremos isso daí”.

De acordo com Bolsonaro, no feriado da semana santa, o número de acidentes caiu 15%. Ele diz não ver relação entre o uso de radares de velocidade e um trânsito mais seguro. Para o presidente, a sinuosidade das rodovias é a questão mais importante.

“Você tem que estar preocupado com a sinuosidade das estrada e não se tem um pardal escondido atrás da árvore. Estou agora conversando com o [ministro da Justiça] Sergio Moro, porque a PRF [Polícia Rodoviária Federal] está sob o comando dele, nós queremos acabar com os radares móveis também, que é uma armadilha para pegar os motoristas”, disse.

CNH

O presidente Jair Bolsonaro conversou rapidamente hoje (23) com algumas pessoas, em Cascavel (PR), e reforçou o envio de projeto de lei ou medida provisória para alterar as regras da Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Em um vídeo divulgado pelo Palácio do Planalto, Bolsonaro aparece respondendo algumas perguntas de uma pessoa que reclama da burocracia exigida para a profissão de caminhoneiro.

“Vou te dar uma boa notícia. Eu devo, na semana que vem, depende do presidente da Câmara, se será projeto de lei ou medida provisória, mexer no Código Nacional de Trânsito, onde a gente passa para 40 o número de pontos. O ideal era passar para 60, mas a gente teria dificuldade. E, também, a validade da carteira de motorista, de cinco para 10 anos”, disse o presidente.

O número de pontos a que Bolsonaro se refere é o limite máximo que cada condutor habilitado pode acumular ao longo de um ano, por infrações cometidas. Atualmente, o máximo é 19 pontos. A partir de 20 pontos na carteira, um processo de suspensão do direito de dirigir já pode ser instalado pelo órgão de trânsito.

“Pretendemos acabar com os simuladores para diminuir o preço da carteira de motorista, que está quase R$ 2 mil. É um absurdo gastar quase R$ 2 mil para uma carteira de motorista”, acrescentou Bolsonaro. Os simuladores de direção são utilizados em auto-escolas para treinamento de futuros condutores.

Jair Bolsonaro esteve no Paraná para participar da inauguração da usina hidrelétrica do Baixo Iguaçu, no município de Capanema, mas o mau-tempo na região impediu que o presidente conseguisse decolar de Cascavel até o destino.

Fonte: Exame




12 comentários em “Bolsonaro reafirma que vai desativar todos os radares de rodovias

  • 25/05/2019 em 12:53
    Permalink

    VAI ACABAR A ROBALHEIRA DA CORRUPÇÃO DA PROPINA MAS VAMOS TER JUIZO GENTE NÃO ABUZEM

  • 25/05/2019 em 03:49
    Permalink

    Agora os importados vão andar à 200 direto.

  • 25/05/2019 em 03:49
    Permalink

    Agora os importados vão andar à 200 direto.

  • 25/05/2019 em 03:48
    Permalink

    Agora os importados vão andar à 200 direto.

    • 25/05/2019 em 17:59
      Permalink

      realmente concordo com a afirmação do presidente, você tem que se concentrar na sinuosidade da pista, eu sei até que velocidade me sinto seguro, e geralmente e maior que a velocidade estabelecida nos radares, nunca levei multa por velocidade, mas acho uma pura sacanagem o cara andando a 80km/h com total seguranca, ter que frear com tudo, em Cima do radar e passar há 40km/h, isso sim causa acidentes, na real radar não serve pra nada, ninguém anda na velocidade dos radares, só servem pra nos roubar e encher o bolso dos mala

  • 25/05/2019 em 03:46
    Permalink

    Desativando o radar pessoal dos importados vai andar à 200kmh direto.

  • 24/05/2019 em 17:14
    Permalink

    Também tem que acabar com essa cetsb

  • 24/05/2019 em 16:52
    Permalink

    Parabéns Presidente,eles não estão preocupados com a segurança dos motoristas e sim em arrecadar dinheiro que só vai pro bolso de alguns ladrões que ainda estão solto por aí ,quando na realidade deveria usar para o bem do povo,sem contar que são verdadeiras armadilhas em lugares em que o motorista tem que diminuir tanto correndo o risco de assaltos com na serra de Teresopolis,até que a justiça mandou desligar.

  • 24/05/2019 em 16:13
    Permalink

    Vai ser uma carnificina nas estradas.
    Irresponsável…

    • 24/05/2019 em 16:36
      Permalink

      Irresponsável é quem anda em alta velocidade e mata.

  • 24/05/2019 em 15:07
    Permalink

    Desativa logo essas porcaria de radar,que tanto arrecada e o dinheiro vai pra quem?

  • 24/05/2019 em 14:58
    Permalink

    Gostei da ideia presidente, espero que não joguei fora meu voto

Fechado para comentários.