Acredito que caminhoneiros não vão fazer paralisação, afirma Bolsonaro




O presidente Jair Bolsonaro disse nesta sexta-feira, 19, não acreditar em uma nova paralisação dos caminhoneiros neste momento, porque teria um impacto muito alto na economia do país. Ele disse que está pronto para continuar conversando com a categoria.

Uma nova resolução sobre a política de pisos mínimos do frete rodoviário, publicada nesta quinta pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), foi criticada por alguns representantes dos caminhoneiros, que ameaçam uma nova paralisação.

“É um direito de todo mundo fazer greve no Brasil, logicamente algumas classes como a minha, das Forças Armadas, não têm direito. Os caminhoneiros são classe importantíssima para o Brasil. […] Acredito que caminhoneiros não façam paralisação porque isso atrapalha muito a economia. Reconhecemos a dificuldade na carreira e estamos prontos para continuar conversando, mas estamos em um país livre e democrático onde impera o livre mercado. Lei da oferta e da procura”, disse.

Bolsonaro afirmou ainda que cabe ao Congresso “fazer a sua parte” ao cobrar que os parlamentares aprovem o projeto de lei enviado por ele que aumenta de cinco para dez anos a validade da carteira de motorista e amplia a pontuação por infrações de 20 para 40 pontos. “Estamos fazendo o possível para atender os caminhoneiros, com o que já foi anunciado pelo ministro Tarcísio Gomes, ministro da Infraestrutura. Eu mesmo já fiz alguma coisa, falta o Parlamento fazer sua parte”, disse.

Para o presidente, os governos do PT erraram ao conceder crédito em excesso para a compra de caminhões, o que levou a uma redução do preço do frete. “Tivemos um problema lá atrás com o PT. O BNDES ofereceu crédito em excesso para a compra de caminhões, cresceu a frota de caminhões assustadoramente e o transportado permaneceu igual. Lei da oferta e da procura. Caiu o preço do frete”, disse.

A resolução, que estabelece regras gerais, metodologia e coeficientes dos pisos mínimos referentes ao quilômetro rodado na realização do serviço de transporte rodoviário de cargas, foi aprovada após estudo técnico realizado pela Esalq-Log e processo de consulta pública e entra em vigor no dia 20 de julho.

Segundo a ANTT, a elaboração da resolução teve participação de transportadores autônomos, empresas e cooperativas de transporte, contratantes de frete, embarcadores e diversos outros agentes da sociedade e foram recebidas aproximadamente 350 manifestações, que englobaram cerca de 500 contribuições específicas, analisadas individualmente pela agência.

Fonte: Estadão Conteúdo





13 comentários em “Acredito que caminhoneiros não vão fazer paralisação, afirma Bolsonaro

  • 22/07/2019 em 07:41
    Permalink

    FAZ ARMINHA QUE A TABELA AUMENTA !!!

    Resposta
  • 20/07/2019 em 21:06
    Permalink

    Não é 20 ou 40 pontos na habilitação ou 10 anos para renovação que vamos ser povo desenvolvido
    É ter um presidente que tenha olhos na economia e visão empreendedora no seu país.quando a economia condiz com a importância do Brasil aí sim nunca teremos esse fraco discurso de “oferta e procura” ter sido responsável pela crise.isso é pequenez demais.

    Resposta
  • 20/07/2019 em 20:41
    Permalink

    A petrobras nao foi criada pra gerar lucros obtantes mais pra assegurar o crescimento sustentavel do pais,o governor e indtituicao libera creditors apenas pra grandes corporacoes que dizen transporter suas proprias producao quango isso nao e verdade.o Brasil so crescera se tiver diesel baixo e simples e um governor serio asseguraria isso a qualquer custo.esse segui a cartilha do temer privatizar tudo ai f nenhum pais cresce sem energia barata

    Resposta
    • 20/07/2019 em 21:06
      Permalink

      Matéria chapa branca de cabo a rabo.
      Abre espaço para dar voz ao governo, de quebra apequena o movimento e as reivindicações dos caminhoneiros.
      Mas o que doeu foi ler que a culpa do frete barato é dos caminhoneiros que resolveram financiar caminhão próprio!!!!!

      Resposta
  • 20/07/2019 em 20:29
    Permalink

    Tão fácil resolver esse problema ,mas ninguém que tem poder pra tomar providências me escuta , em quanto as trasportadora estiver bancando o frete , os terceiros nan vao receber o preço do frete mínimo elas são os atravessador e dou razar pra elas elas bancam o frete e aguentam trinta dias pra receber e pagm o seguro e tem as cargas nas maus e ainda querem ganhar em cima do frete de terceiros , daí o autônomo nan aguenta , meu nome é munir Borba handan moro em Itapetininga SP e trabalho a 40 anos na estrada e destes 40 anos 6 foi na Europa ,tenho a solução ,tenho que explicar escrevendo nao vou ter espaço pra tanto , me dê um contato que possa me escuta e que tenha influência pra oque eu tenho pra falar chegue aus órgão competente pra resolver o nosso problema, obrigado pela oportunidade

    Resposta
  • 20/07/2019 em 20:25
    Permalink

    Bom eu acho que o governo deveria implantar no Brasil terminais de carga exemplo aqui na Dutra que liga São Paulo ao Rio de janeiro e outros estados um terminal onde teria várias transportadoras onde seria um pátio que coubesse várias carretas para quando o dono do seu cavalo chegasse no terminal o dono da transportadora mandava o cara engata na carreta carregada e ir ao seu destino chegando lá ele desengatava e engatava em outra sem compromisso com a carreta e a transportadora só com o cavalo e para entrar nas cidade ficava as vans caminhonete veículos 3/4 daria vários empregos e o frete seria km rodado pedágio pela a transportadora e todas as despesas seguro da carga escolta tudo pela a transportado o dono do cavalo ficaria só com a despesas do cavalo

    Resposta
  • 20/07/2019 em 20:01
    Permalink

    Nunca se viu no Brasil falar e ter tanto apoio para os caminhoneiros fazerem greve; são os contra o Bolsonaro que falam em greve aqueles que nunca apoiaram a classe.

    Resposta
    • 20/07/2019 em 21:08
      Permalink

      Pegue um conjunto de 5 eixos e rode a 2,74 o km e depois de três meses volte a comentar tenho certeza que a lógica de seu comentário mudará independente de quem esteja na presidência

      Resposta
  • 20/07/2019 em 19:13
    Permalink

    ea aposentadoria do caminhoneiro ninguem fala nada vamos ter que se aposentar com 65 mesmo qual empresa que contrat um motorista com 60 anos de idade .

    Resposta
  • 20/07/2019 em 16:53
    Permalink

    Aprova projeto de lei que acaba com os pontos da CNH profissional.

    Fiscalização da tabela de frete onde está?

    Vamos melhorar esta tabela de frete não somos palhaço

    Resposta
  • 20/07/2019 em 15:20
    Permalink

    Aí galera vamos tomar muito cuidado com essa gente da esquerda de não nos deixar manipular para derrubar um governo que está fazendo de tudo para mellhorar a economia do país,esses canalhas estão querendo apenas nos usar para derrubar o governo,infeslizmente não depende somente só do presidente. Se derrubarem o presidente vão dar é uma banana pra gente como sempre fizeram durante todo o tempo que estiveram no governo,e agora é que estão querendo fazer?

    Resposta
  • 20/07/2019 em 14:28
    Permalink

    Blz Bolsonaro não vamos parar mas pra isto atende as reivindicações da classe.
    Arruma está tabela de frente põe o cartão de combustível pra funcionar libera o crédito de 30 mil via BNDES arruma a malha e os ponto de parada , promessa tua que até agora nada.
    Assim não dá né Capitão.

    Resposta
  • 20/07/2019 em 12:33
    Permalink

    Tenho carreta, não viajo mais, faço apenas região de Jundiaí a São Paulo e também um raio de 100km, esse frete não pode entrar no km rodado e sim um mínimo do valor de uma diária que ainda é pouco para uma carreta.
    Risco deroubo e assalto quem faz região de São Paulo é muito grande, os seguros é o dobro de outra região do país.
    Fora normas que temos horários para passarmos nas marginais que é um absurdo ter que sair de Jundiaí 3hrs da manhã para passar uma marginal, o risco é muito grande além de chegar no destino que nunca tem um estacionamento e ter que ficar na rua esperando afirma abrir chagamos no destino antes das 5hrs da manhã onde é um perigo de assalto

    Resposta

Deixe sua opinião sobre o assunto!