Bolsonaro diz que apoia suspensão da tabela do frete

por Blog do Caminhoneiro

O presidente Jair Bolsonaro disse ontem (22) que apoia a decisão do ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, de suspender a nova tabela do frete. O ministério solicitou à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) que delibere sobre a suspensão cautelar das novas regras para o cálculo do frete mínimo de transporte de cargas, em vigor desde o dia 20.

“Se ele [Tarcísio] revogou a nova tabela, a decisão é dele. Todo o nosso governo apoia a decisão tomada nos limites dado ao ministro Tarcísio”, afirmou o presidente, após almoço com oficiais-generais da Aeronáutica.

Por meio de nota, o ministério disse que as novas regras causaram “insatisfação em parcela significativa dos agentes de transporte”, e que “diferenças conceituais” quanto ao valor do frete e do piso mínimo devem ser discutidas novamente com a categoria.

No ofício encaminhado à ANTT, o ministro Tarcísio Gomes de Freitas diz que “o diálogo segue sendo o principal mecanismo com o qual vamos buscar o consenso no setor de transportes de cargas. Por isso a importância em dar continuidade às reuniões. Estamos desde o início do ano com as portas abertas no ministério e esta tem sido a melhor forma de dar transparências às decisões que estão sendo tomadas em conjunto”.

Fonte: Agência Brasil

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-98800-6519

Artigos relacionados

7 comentários

A.Lima 24/07/2019 - 09:29

Esse governo é um basta n’ água, fala uma coisa pela manhã a tarde tem outra opinião, um retardado, esquizofrênico e farinha do mesmo saco, não está e não faz nada a não ser lascar o pobre que já vive lascado.

Reply
João Carlos Ros Martinez 23/07/2019 - 22:01

Parabéns ao ministro , presidente ,tenho certeza que ele quer acabar com a corrupção no país tem que as empresas já pagão o frete certo . Só não chega às mãos de quem tem o maior gasto que é o transportador , motorista hoje se o Brazil parar com o transporte de caminhão não chega alimentos na mesa do cidadão . 80% do abastecimento é feito por motoristas e uma mão de obra indispensável no crescimento do país .essa tabela não tem dificuldades para ser adequada notas fiscais já trás a tipo de veículo , km a ser rodado do ponto A ao B entre A e B tem gasto qual e a dificuldade por favor estudar tanto para não saber somar e subtrair esse é o ponto . Meus sentimentos a essas pessoas obrigado

Reply
Janilson da Silva Santos 23/07/2019 - 21:36

Pessoal boa noite sou o jiló de Recife só acho que se o governo limita o ganho das transportadoras e cooperativas em vinte por cento do valor do frete ajuda e talvez não precisa dessa tabela que ninguém sabe fazer esse cálculo nas outras situações o preço fica livre como sempre foi, obg

Reply
Janilson da Silva Santos 23/07/2019 - 21:46

Muita gente que quer o governo fasa uma tabela fiscalize a tabela mais não faz nada a não ser recrama na primeira oportunidade ele mesmo baixar o preço e vai embora perso as pessoas de sindicatos que mostre uma tabela ou um projeto só saber falar mau do governo

Reply
Jonathas 23/07/2019 - 20:57

Tabela de frete é tiro no pé. Basta tirar os atravessadores que tá tudo ok.

Reply
Wlademir Fernandes de Souza 24/07/2019 - 14:28

Concordo plenamente com você meu nobre.

Reply
Kleber N O Franca 23/07/2019 - 20:28

NÃO TEM NEGOCIAÇÃO COM ESTE GOVERNO DE MENTIRAS, O QUE ELE TEM A FAZER É PÔR EM EM ATUAÇÃO A TABELA DE FRETE QUE FOI RESTABELECIDA E QUE NENHUMA TRANSPORTADORA ESTA OBEDECENDO, TEM QUE FISCALIZAR VIA CIOT COMO TAMBÉM CORRIGIR A DISCREPÂNCIA DO VALOR DO FRETE DE CARGA FRIGORIFICADA E PERIGOSAS QUE ESTAVAM COM VALORES ABAIXO DAS CARGAS SECA E FRIGORIFICADA.

OBS. A ESALP QUE CONFECCIONOU A TABELA DO BOZO JA SABIA O QUANTO OS EMPRESÁRIOS QUERIAM PAGAR, O QUE FOI O QUE ELES COLOCARAM NA TABELA, VALORES INFERIOR AO QUE SE PAGAVA ANTES DA GREVE DE 2018. A ESALP REPRESENTA INTERESSES DO AGRONEGÓCIO PORTANTO JAMAIS PODERIA SER CONTRATADA,.

Reply

Escreva um comentário