Tabelamento do frete contribui para a ruína dos caminhoneiros, diz presidente da Petrobras

O presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, afirmou nesta quinta-feira (25) que o tabelamento do frete “contribui para aprofundar os problemas” dos caminhoneiros e que a estatal já fez o que estava ao seu alcance para melhorar a situação.

“Ao contrário do que acontecia no passado, a empresa não faz reajustes diários [no preço dos combustíveis], espaça os reajustes, e sugeriu à BR Distribuidora que desenvolvesse o cartão do caminhoneiro para que seja garantido o preço [mais baixo] na sua viagem”, disse em evento na B3 que celebrava a oferta pública de ações da BR.

Para ele, o problema dos motoristas não é o preço do diesel. “Mesmo se a Petrobras cobrasse preços venezuelanos, isso não adicionaria em nada aos caminhoneiros [porque] lhes falta carga. O tabelamento do frete contribui para a ruína dos caminhoneiros.”

O executivo citou o processo de verticalização do transporte feito por setores como o do agronegócio para reduzir custos impostos com o tabelamento como exemplo de ação que agrava a oferta já saturada de caminhões.

“Os caminhoneiros têm sérios problemas motivados pelo excesso de oferta gerado por uma expansão irresponsável de crédito subsidiado no passado pelo BNDES”, afirmou Castello Branco.

No mesmo evento, o secretário especial de Desestatização do Ministério da Economia, Salim Mattar, afirmou que greve de caminhoneiro “só acontece em país que tem estatal de petróleo”.

Fonte: Folhapress




29 comentários em “Tabelamento do frete contribui para a ruína dos caminhoneiros, diz presidente da Petrobras

  • 28/07/2019 em 00:14
    Permalink

    Qual classe assalariada não é prejudicada o tempo todo nesse país ???????

    Resposta
  • 26/07/2019 em 23:35
    Permalink

    Tabela de frete não vai dar em nada, pode chorar, tem caminhoneiro que desde maio 2018 ta pagando dívidas acumuladas por causa da greve ate hoje, fazer mais uma greve é o fim. Não tem carga, vai ficar pior. O mercado tem que ser livre. Vá procurar o caminho. “Ahh, mas tem atravessador, tem transportadoras, tem governo, tem agronegócio” , vá buscar, para de chorar. Se escutar todas as categorias com dificuldades ai sim. Mercado livre para todos!

    Resposta
    • 27/07/2019 em 20:50
      Permalink

      Castelo Branco ignorante
      Não é tabelamento é tabela mínima do frete.
      Ignorante VC não sabe nada do é ser caminhoneiro pra dizer o que vai ser a ruína ou não da classe.
      Ignorante deixa alguém colocar um valor para o seu trabalho pra ver se VC vai gostar.
      A tabela de preço mínimo do frete é a única forma dos caminhoneiros terem dignidade no seu trabalho.

      Resposta
  • 26/07/2019 em 21:04
    Permalink

    Tem que acabar com o atravesado só assim a coisa menhora ex transportadora poderia carregar só o carro dela ,quem não tiver caminhão no nome não poderia ser trasportadora não assim o outonimo tenha vez

    Resposta
  • 26/07/2019 em 20:53
    Permalink

    Boa noite sou camioneiro sou contra a tabela de preços isso e muito ruim para a classe

    Resposta
  • 26/07/2019 em 20:01
    Permalink

    perdão pela sinceridade mas o autonomo vai desaparecer em pouco tempo.quem viver verá

    Resposta
  • 26/07/2019 em 18:58
    Permalink

    Esse senhor não entende nada de transporte, não disse nada com nada , hj eu trabalho na tabela de frete e faço meu salário com me as viagens pois o frete é bom…. Tem q ter sim uma tabela e justa, não essa conversinha de tabela que cobre os custos… E se o diesel baixasse certamente o frete tbm baixaria e ficaria bom pra tds, mas eles pensam apenas em lucrar e taxar o povo que banca a boa vida dessa raça!

    Resposta
  • 26/07/2019 em 17:37
    Permalink

    Nosso país é dirigido por pessoas com condutas egoístas e individuais, se empresas como a Petrobras passar a pensar no povo brasileiro ao invés de pensar em acúmulo de riqueza com certeza parte desse problema estaria resolvido ..

    Resposta
    • 26/07/2019 em 17:42
      Permalink

      Só Deus poderia conseguir resolver egoísmo na humanidade.

      Resposta
    • 26/07/2019 em 20:34
      Permalink

      Se a Petrobrás é do Brasil (povo brasileiro) porque não dividir essa riqueza com o seu povo em vez de vender o nosso combustível mais barato para países vizinhos. E deixar ladrões ficarem milionários com dinheiro da estatal e o povo pagar a conta ? Esse presidente não tem que questionar a tabela tem que reduzir tributos pra chegar a nós motoristas.

      Resposta
  • 26/07/2019 em 17:26
    Permalink

    O problema do frete é somente excesso de atravessadores

    Resposta
    • 26/07/2019 em 19:05
      Permalink

      O grande problema dos fretes todo mundo sabe que são os atravessadores e o preço do diesel e dos pedágios é só resolver isso acabam se os problemas

      Resposta
  • 26/07/2019 em 15:41
    Permalink

    Minha opinião a categoria tinham q manter o pulsso firme na hora de retornar c mesmo valor q subiu não enfraquecer e retornar por valor de frete menor.Tem muitos disem frete de retorno…Nao existe o gasto é o mesmo q foi até o primeiro destino.Só assim melhoraria os fretes..
    Mas a classe é desunida piu não cria o a visão de batalhar por preços melhores se um caminhoneiro luta o outro não faz e leva carga só pelo motivo de ir embora….
    Aí culpado as transportadoras etc.etc.
    Acho q temos q se unir e trabalhar só assim vai melhorar
    Greve agora seria a falência de muitos q nem se recuperaram da última q ocorreu prestações e dívidas q se atrasaram.
    Obrigado

    Resposta
  • 26/07/2019 em 15:15
    Permalink

    Grandes Produtores quem realmente manda no Transporte Brasileiro, Políticos, alguém acha que eles vão fazer algo para prejudicar a eles mesmo? (Toda a Bancada Ruralista)

    Resposta
  • 26/07/2019 em 14:46
    Permalink

    Concordo plenamente! 2011 começou a ruina do setor de transportes quando deram dinheiro a 2,5% de juro ao ano para quem quisesse, se em 2011 o juro de 2,5 % ao ano fosse destinado somente ao setor de transportes estávamos bem melhores hoje em dia!!!

    Resposta
  • 26/07/2019 em 13:52
    Permalink

    Fii de rapariga desse,falar q se baixar o preço do Diseel igual da Venezuela não vai resolver porque falta frete é muito corno.sendo q o dinheiro do frete fica quase todo em dispesa de combustível é cada uma q a gente escuta,mas é melhor ouvir do q ser surdo

    Resposta
    • 26/07/2019 em 17:40
      Permalink

      Não existe tabelar preço, é mesma ideia de tabelamento feito antes do Real. Pra melhorar para os caminhoneiros o Brasil tem que crescer, aumentar produção industrial e agro negócio. A economia escolheu nos últimos anos e agora sobra caminhão no mercado.

      Resposta
  • 26/07/2019 em 13:49
    Permalink

    Sobra caminhão se vc não vai tem 100 que vai,excesso devido a facilidade de crédito para comprar caminhão novo

    Resposta
  • 26/07/2019 em 13:31
    Permalink

    O que que esse bosta entenda de caminhão

    Resposta
  • 26/07/2019 em 13:14
    Permalink

    Pq q a JSL então tem 13000 caminhões se tá faltando carga?

    Resposta
    • 26/07/2019 em 17:34
      Permalink

      Simplesmente porque JSL usam os caminhões para lavagem de dinheiro

      Resposta
  • 26/07/2019 em 12:57
    Permalink

    Excesso de oferta e o que grandes empresas fazem ao renovar sua frota a cada 5 anos jogando milhares de caminhões usados no mercado para autônomo que não tem a mesma linha de crédito que as empresas tem compre usado e não novo .
    Linhas de crédito para os grandes 100% do valor financiado e carência de 6meses a 1 ano para pagar
    Para o autônomo linha de crédito de 30 mil para comprar pneus e manutenção
    Um frete de 10000 reais para uma distância de 1000 km para as transportadoras que repassa para o autônomo 70% abaixo desse valor para fazer a mesma viagem .
    Não é excesso de oferta é desigualdade mesmo exploram os autônomos para que os grandes aumentem seus lucros
    Tabela sim pelo fim da desigualdade para autônomo e fim da exploração .
    PS todo direito não vem de graça e conquistado a força

    Resposta
  • 26/07/2019 em 11:31
    Permalink

    É um fala fala. E aí alguém tem competência de resolver o problema?

    Resposta
    • 26/07/2019 em 15:23
      Permalink

      Uma Boa na minha opinião esses representante dos caminhoneiros tem que apresentar projeto de lei . que reduza os custos da nossa categoria . Nao e so o óleo diesel que consome o frete dos caminhoneiros cabe a eles buscar a solução. Tenho comentado e muito entristecido por não ter uma resposta daqueles que se diz líder dos caminhoneiros, os PEDÁGIOS são de graça pros caminhoneiros né responda sim ou não???? Tem uma lei quem vigor 2481 de 31 dezembro 1953 que nos concede 50% de desconto no pedágio. Caminhões que trafegar vasil nas rodovias Paulista tem o direito 50% de desconto no pedágio vocês tão sabendo ??? INSTITUTO NACIONAL DOS NEGÓCIOS DE TRASPORTE Porto de Santos. INNT sem mais comentário??

      Resposta
  • 26/07/2019 em 11:19
    Permalink

    Bom dia, ele está certo, o tabelamento não resolve o problema. Vejam o que está acontecendo atualmente o frete está sendo gerido pelas transportadoras, elas via de regra não tem mais caminhões e somente carretas (reduziram os custos de manutenção) e controlam a oferta de carga . Na verdade a solução de tudo passa pelo retorno da economia.

    Resposta
  • 26/07/2019 em 11:19
    Permalink

    A ruína dos brasileiros, não só dos caminhoneiros, é a gestão ineficiente da Petrobras.

    Resposta
    • 26/07/2019 em 13:55
      Permalink

      Tem e mesmo que privatizar essa porra

      Resposta
    • 06/08/2019 em 08:47
      Permalink

      Quem acredita na demagogia dessa matéria???
      Nem tabelamento, nem cartão combustível. É o preço do combustível de fato que achata as projeções de crescimento do Brasil e levará a falência os caminhoneiros autônomos do Brasil.

      Resposta

Deixe sua opinião sobre o assunto!