Pesquisa da CNT traz alerta sobre situação das estradas da Região Norte

por Blog do Caminhoneiro

Falta de sinalização e estrutura precária. Duas condições que colocam a vida em risco nas estradas da Região Norte. Um levantamento da CNT, Confederação Nacional do Transporte, mostra que, enquanto no Brasil a média é de 9,8 mortes a cada 100 acidentes, na Região Norte esse índice chega a 12 mortes a cada 100 acidentes.

Os dados são de 2018. De acordo com o estudo, Maranhão, Amazonas e Tocantins estão entre os cinco estados com o maior número de acidentes com morte.

Bruno Batista, diretor-executivo da CNT, destaca a necessidade de providências por parte dos gestores públicos, especialmente nas áreas mais turísticas e com elevada movimentação nas estradas.

A pesquisa ainda chama a atenção para o alto grau de letalidade dos acidentes envolvendo caminhões. Entre 2007 e 2018, apenas na Região Norte, 82% dos acidentes com essa característica resultaram em vítimas fatais. Pará, Tocantins e Rondônia estão entre os estados com o maior número de registros. Colisão, capotamento e saída da pista são os tipos de acidente mais frequentes.

Fonte: Rádio Nacional

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

Escreva um comentário