Ameaça de greve de caminhoneiros não se concretiza e rodovias tem fluxo normal

por Blog do Caminhoneiro

Informações obtidas nos sites de concessionárias de rodovias e nos canais de informação das regionais da Polícia Rodoviária Federal (PRF) pelo país indicam que não há paralisação de caminhoneiros nas vias sob administração federal e também em vias concedidas.

Alguns líderes de caminhoneiros chamaram uma paralisação nesta segunda-feira, a partir das 6 horas. O movimento da categoria, contudo, estava dividido. Ontem, Marconi França, transportador autônomo de Pernambuco que estava liderando uma convocação de greve reafirmou que o movimento estava mantido.

A proximidade entre França e a CUT fez com que outros líderes de caminhoneiros o acusassem de estar politizando o movimento numa hora em que a greve não é bem vista por muitos de seus colegas, com a proximidade do Natal e uma ainda frágil retomada da economia.

Em Pernambuco, contudo, não há informações de manifestações, piquetes ou obstrução de rodovias federais.

Os caminhoneiros demandam a publicação do novo Código Identificador da Operação de Transportes (Ciot), ferramenta que ajuda a fiscalizar e punir empresas que têm contratado caminhoneiros com preços abaixo do mínimo estabelecido na tabela do frete. De acordo com a categoria, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) se comprometeu a publicar o Ciot na terça-feira. Outra reivindicação é o reajuste do piso mínimo do frete.

Fonte: Valor Econômico

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

8 comentários

Ezequiel Neto 16/12/2019 - 19:14

Em País de Quarto Mundo até pouco tempo governado por corruptos e ainda sofrendo a ação de políticos safados e pilantras, camioneiro não tem vez…motorista profissional está com a profissão em risco diante da chegada dos caminhões guiados a controle remoto…Durma-se com um barulho desse…

Reply
Luiz Mário 16/12/2019 - 18:34

Eu já sabia que este boato de greve não passava de um comentário sem fundamento, porque não tem representantes de capacidade para enfrentar a cúpula dos transportes. Já teve com tudo nas mãos, mas jogaram fora,agora, tem que comer do que eles derem.

Reply
joão cavalheiro vavalheiro 16/12/2019 - 17:20

A HORA QUE O FRETE CHEGA A FICA BOM PÓBRE NÃO CARREGA MAIS É O QUE O GOVERNO E O AGRONEGOÇIO QUÉR

Reply
Manoelito Pereira dos Santos 16/12/2019 - 15:57

Eita classe desunida quero ver quando esse diesel estiver custando 10 reais o litro quero ver essa turma de camioneiro desunido trabalhar .

Reply
João Falador de Besteira 16/12/2019 - 15:57

Caminhão é negócio como outro qualquer que obedece lei de oferta e procura, infelizmente ainda tem gente pensando que o problema ta no preço do combustível. Tem muita coisa envolvida, não é a toa que economista estuda centenas de livros e no final das contas erra tanto quanto metereologista. Já tive caminhão e graças a Deus vendi, antes de me deixar liso. Boa sorte.

Reply
Tatuado 16/12/2019 - 15:42

Cada dia pior por isso que não vai pra frente

Reply
Rodrigo Nunes pinto 16/12/2019 - 13:54

Boa tarde
Essa classe é a mais dessunida que existe
Da caixinha p carregar carga
Agenciado ranca o couro do caminhoneiro tb
Banho 10 reais
É por aí vai….
Até borracharia ganha mais..

Reply
Rodrigo 16/12/2019 - 12:46

A única maneira de combater essa maldita crise dos aumentos dos combustíveis é com INOVAÇÃO.

Em outras palavras, se a Petrobras só pensa em ferrar com os transportes e a mobilidade automotiva em geral, a única solução é investir em outros tipos de combustíveis que sejam limpos, mais baratos e com a mesma capacidade de queima ou até melhor.

A Scania já está fazendo isso. Lançou um caminhão movido à gás natural e possui opções de motores que funcionam com 100% de biodiesel hidrotratado, um biodiesel que não aglutina em clima frio, por ter aditivos específicos, e não entope filtros e nem dutos do sistema de circulação do biocombustível. O biometano também já está aí para caminhões e tratores.

Para os carros e motos ficaremos com o Isobutanol, o chamado super álcool, e com o etanol.

Na Europa o GNL já está dando certo, e está pra chegar aqui. Claro que vale citar que o GNV e o GNL são de origem fóssil, porém, são muito mais limpos que o diesel e a gasolina e ainda estão baratos, sendo os únicos combustíveis que a indústria que extrai e refina petróleo vão conseguir vender, mas não os mais caros e poluentes diesel e gasolina.

A indústria do petróleo que se prepare para passar por uma grande reestruturação, ou seja, que vá colocando pesquisadores a estudarem alguns novos tipos de produtos que precisarão de petróleo em sua composição, por que eles vão ter que sair do ramo do diesel e gasolina fósseis.

Reply

Escreva um comentário