Petrobras sobe preço do diesel em 3% a partir de hoje

por Blog do Caminhoneiro

A Petrobras vai elevar em 3% o preço do diesel em suas refinarias a partir deste sábado (21). É o terceiro aumento em pouco mais de um mês. A empresa informou que não haverá mudanças no preço da gasolina, que foi reajustado pela última vez no fim de novembro.

O reajuste no preço do diesel acompanha a alta das cotações internacionais do petróleo: em um mês, o barril do Brent, negociado em Londres e referência de preços internacionais, subiu da casa dos US$ 62 (cerca de R$ 254, pela cotação atual) para a casa dos US$ 66 (R$ 270).

Com a alta, o litro do diesel sairá das refinarias da Petrobras, em média, a R$ 2,34. O repasse ao consumidor depende da política comercial das distribuidoras e postos. O valor cobrado pela estatal representa 54% do preço final do produto — o resto são margens de lucro, impostos e biodiesel.

A Petrobras já havia elevado o diesel em 1,2% no fim de novembro e em 2% no início de dezembro. Considerando os três reajustes, a alta acumulada nas refinarias é de 6,3%. Nas bombas, porém, o combustível vem tendo comportamento estável: nas últimas quatro semanas, a alta é de apenas 0,3%.

De acordo com projeção do CBIE (Centro Brasileiro de Infraestrutura) o preço do diesel nas refinarias da estatal está R$ 0,06 por litro acima das cotações internacionais. Com o reajuste, a margem da companhia deve aumentar.

A política de preços dos combustíveis da Petrobras prevê o acompanhamento de um conceito chamado paridade de importação, que considera as cotações internacionais, a taxa de câmbio e custos para trazer o produto ao país.

A Petrobras alega, porém, que o valor da paridade internacional varia de empresa para empresa, dependendo do acesso aos vendedores e à infraestrutura de transporte do produto.

O reajuste ocorre após uma semana de ameaças de greve de caminhoneiros. Lideranças da categoria chegaram a convocar manifestações para a última segunda (16), mas o movimento não teve grande adesão.

Na quarta (18), em um esforço para acalmar os ânimos, o governo anunciou novas medidas de fiscalização do cumprimento da tabela do frete criada após a greve que paralisou o país por duas semanas em maio de 2018.

Em entrevista na semana passada, o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, voltou a defender a liberdade de preços no país. ““Combustíveis têm que ser tratados como qualquer outro produto”, afirmou. “Não se justifica nenhum controle sobre o preço”.

Fonte: Folha de São Paulo

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

20 comentários
0

Artigos relacionados

20 comentários

ricardo 23/12/2019 - 08:12

eu mesmo estou parando e vou vender o caminhão não to conseguindo pagar minhas contas, vou trabalhar pros outros e investir o dinheiro do caminhão em outra coisa, me sinto traído por bolsonaro, disse que ia nos ajudar e não fez nada por nós, infelizmente.

Reply
André José Luiz da Costa 22/12/2019 - 16:25

Uma hipocrisia sem precedentes, governo mentiroso.
Eu pagava 01/01/19 R$ 3,39
Eu pago hj 22/12/19 R$ 3,76, isso sem contar o aumento de ontem.

Reply
José Bendo 22/12/2019 - 12:43

Faz arminha que abaixa…

Reply
Roberto Carlos da Silva 22/12/2019 - 12:19

Já passou da hora de pararmos este país. É diesel que sobe; privatização de empresas, da água, da energia…
Como já disse Enéas Carneiro ” há de se privatizar até o ar atmosférico “. Mas é o país do futebol e do carnaval.

Reply
jadir de menezes 22/12/2019 - 11:39

É bonito ver os caminhoneiros passando pano para o governo Bolsonaro que só mete no rabicó deles KKKKKK. Daqui uns meses estarão pagando R$ 4,50 no litro do Diesel e R$ 5,00 no da gasolina, escrevem aí.

Reply
RODOLFO 22/12/2019 - 20:39

Se não fosse os seus governantes ladrões que roubaram e quebraram a Petrobrás, talvez não precisasse estar neste valor, ou vocês acham que em menos de um ano o governo atual faria um milagre?? Acorda pra vida, cidadão!!

Reply
RODOLFO 22/12/2019 - 20:42

Além do mais, o presidente queria brecar o valor do diesel. Sabe o que aconteceu? Quase bateram nele. Sem contar que ele pretende colocar concorrência frente à Petrobrás. Acorda!!

Reply
Vinícius 22/12/2019 - 09:54

A Petrobras está começando a perder mercado para outras energias mais baratas.

É uma questão de tempo até a indústria do petróleo passar por uma grande reestruturação e ficar NAS MÃOS dos donos das indústrias químicas.

Reply
Ezequiel Neto 22/12/2019 - 08:24

É a orgia da Petrobrás que detém o monopólio da distribuição de combustíveis no País. Em lugar nenhum do mundo monopólio deu bons resultados. Onde não há competição e concorrência ocorrem os abusos como os que a Petrobrás pratica no País massacrando o transporte rodoviário. Vejam outro monopólio inescrupuloso: os serviços postais; Os Correios no Brasil são um primor de ineficiência e serviços mal prestados ao consumidor. País de Quarto Mundo.

Reply
Thiago lima 22/12/2019 - 12:39

40% dos combustíveis do país são importados por distribuidoras independentes.

Reply
Anderson 22/12/2019 - 20:09

Muito bem lembrado, o que o povo precisa é de informações reais, antes de sair falando merda! Que governo independente de qual seja passa as informações que lhe convém!

Reply
Carlos José de Souza 21/12/2019 - 18:44

Esse aumento foi bom pra esses otarios parar de ficarem acreditando num governo enganador e mentiroso,agora quero ver esses frouxos falar em greve

Reply
Ezequiel Neto 22/12/2019 - 08:28

E os desinformados, ignorantes, acham que o governo tem diretamente alguma coisa a ver com a política de preços da Petrobrás. O governo é apenas acionista da empresa. O presidente Bolsonaro tentou intervir nos preços dos combustiveis e deu em nada. O que precisa mesmo é a quebra do monopólio da distribuição de combustíveis para incentivar a concorrência e a competição.

Reply
André José Luiz da Costa 22/12/2019 - 16:21

Justo …

Reply
RODOLFO 22/12/2019 - 20:43

Procure se informar ao invés de vomitar merda por aí

Reply
Edivaldo Alves da Costa 21/12/2019 - 16:09

É um absurdo isso que o faz,o aumento de combustíveis os caminhoneiros tem que fazer greve Urgente.!??

Reply
josé clodover ferreira dos santos 21/12/2019 - 18:43

Greve? Eles já fazem greve desde 2015. Conseguiram dividir a categoria. O trabalhador que tem um caminhão, dois ou três que seja, tem que entender que seus interesses diferem muito dos grandes empresários, donos de frotas enormes. Amigos, procurem se informar sobre tudo que acontece no país e tirem suas próprias conclusões. Não aceitem informações prontas e tendenciosas. Não se deixem manipular.

Reply
Vinícius 21/12/2019 - 15:40

Digo, repito e vou continuar repetindo: a única maneira de driblar e até mesmo vencer uma crise é com INOVAÇÃO.

Essa última palavra parece ter pouco interesse por parte dessas elites empresariais deste país. Gostaria de ver surgir um Eneas Carneiro entre esses executivos que tenha $$$$ o suficiente para investir em outras alternativas energéticas para mover os motores dos carros e caminhões e mandar a Petrobras pra Phulta que os pariu!

O mundo de hoje avançou MUITO em tecnologias para mobilidade. Descobriram na Europa como criar células em laboratório, se investirem nisso pode-se aumentar exponencialmente a produção dos óleos vegetais e gorduras animais, que são as matérias primas do biodiesel puro!

A própria Scania já investe em biodiesel hidrotratado puro, e em caminhões movidos à biometano, GNV e GNL. A Volvo também faz isso.

Nos Estados Unidos já tem o Isobutanol, um verdadeiro super álcool, testado e aprovado na Fórmula Indy, com desempenho igual ou superior ao da gasolina. É só investir mais um pouco e essa nova energia entra com tudo no mercado.

Não vai adiantar nos apegarmos ao petróleo. Ele é controlado pela OPEP, e eles estão pouco se lixando se o combustível chegar a 10 reais o litro por aqui, querem vender o que resta do petróleo e que se lasque quem comprar.

É uma questão de tempo até a indústria do petróleo parar de produzir gasolina e diesel. Só vai sobrar o gás natural, mais abundante e barato, e só. No demais, vão ter que vender quase todo o óleo negro para a indústria química no futuro.

Se eu tivesse $$$$ já estaria investindo para inundar o mercado com biocombustíveis limpos e sem mistura com diesel ou gasolina. Só não fiz ainda por que preciso de mais fundos, mas quando chegar lá vou começar a me livrar da velha mobilidade.

Reply
Rodrigo 21/12/2019 - 15:20

Onde vamos parar?

Reply
João Falador de Besteira 21/12/2019 - 13:33

Quem mais ganha com combustíveis, são os governos estaduais e suas aliquotas de 25, 27, 28%, dinheiro limpo, sem custo nenhum para eles. Mas a sociedade insiste em condenar a Petrobras. De nada adiantará a privatização, o problema ta nos impostos.

Reply

Escreva um comentário