TRF1 mantém decisão que determina volta dos radares móveis às estradas

por Blog do Caminhoneiro

O Tribunal Regional Federal (TRF) da 1ª Região, sediado em Brasília, negou recurso da União para anular a decisão que determinou a volta dos radares móveis às rodovias. A decisão foi assinada na quarta-feira (18).

Na decisão, o juiz convocado Caio Castagine Marinho entendeu que não há motivos para anular a decisão da primeira instância da Justiça Federal em Brasília, que determinou a retomada do uso de medidores de velocidade móveis e portáteis. “Não se verifica qualquer risco à administração em razão da retomada da utilização dos radares para fiscalização das rodovias”, entendeu o magistrado.

Na segunda-feira (16), o juiz Marcelo Gentil Monteiro, da 1ª Vara Federal Cível do Distrito Federal, deu 10 dias para a Polícia Rodoviária Federal (PRF) voltar a usar radares móveis nas rodovias do país. O prazo, que termina na segunda-feira (23), foi alterado após a PRF alegar que é necessário “um conjunto complexo de medidas do ponto de vista logístico, contratual, administrativo e de orientações, a serem deflagradas em caráter nacional” para dar cumprimento ao despacho.

No dia 11 de dezembro, o juiz atendeu a um pedido de liminar feito pelo Ministério Público Federal (MPF) e entendeu que a falta dos radares pode causar danos à sociedade.

Os equipamentos móveis foram recolhidos em agosto após a publicação de um despacho do presidente Jair Bolsonaro. Na ocasião, foram revogados atos administrativos sobre a atividade de fiscalização eletrônica de velocidade em rodovias e estradas federais.

Fonte: Agência Brasil

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

6 comentários

LUIZ CLAUDIO DE OLIVEIRA 23/12/2019 - 09:38

O governo petista implantou leis ao país de terceiro mundo que são usadas em países de primeiro mundo a começar por caminhões bitrens rodotrens etc não temos estradas de países de primeiro mundo ao Contrário nossas estradas carecem de mais atenção pois os danos causados não são repassados ao governo parecendo sim de um país sério como vem fazer o Jair Messias bolsonaro e vamos erradicar de vez esses pilantras safado de colarinho branco

Reply
Jose Carlos Da Conceicao 22/12/2019 - 15:58

É necessário que tire todas as hienas do poder e deixe só o leão agindo no nosso país nas próximas eleições para Presidente o leão está esperto criou seu Novo partido assim afastar emos o grupo de hienas

Reply
Ezequiel Neto 22/12/2019 - 08:15

Quem é profissional de verdade, prudente, responsável e cumpre a lei, não teme radar móvel, imóvel, barreira eletrônica, etc…etc…Que voltem os radares móveis e em maior quantidade para pegar no flagra os criminosos do volante que matam impunemente estradas afora.

Reply
Thiago lima 22/12/2019 - 07:21

Só leva multa quem descumpre os limites de velocidade.

Reply
Nelson Cruz Santana 22/12/2019 - 07:00

Tudo ladrão, único interesse dessa corja é arrancar dinheiro da população,vivemos num país de ladrões.

Reply
Celso Cantilio 21/12/2019 - 21:36

Kkkkk a falta dos radares pode causar danos a sociedade bando de safados filhos da puta a verdade é a falta dos radares está causando danos para o bolso desses ladrões safados e bandidos.

Reply

Escreva um comentário