Inmetro muda Regulamento Técnico Metrológico sobre verificação, selagem e ensaio de Tacógrafo

Novo Instrumento de referência para o programa de verificação Subsequente em cronotacógrafo:

Em janeiro de 2020 o Inmetro lança novo Regulamento Técnico Metrológico (RTM) para autorização de empresas que subsidiam a verificação subsequente de cronotacógrafos.

A elaboração do RTM contou com a participação dos fabricantes, empresas autorizadas, órgãos da RBMLQ-I, Inmetro e sociedade, o que tornou a linguagem do documento acessível ao público.

O RTM traz os requisitos para autorização de empresas de forma sintetizada e estruturados de acordo com os agentes envolvidos. Um dos pontos de destaque do documento é o aperfeiçoamento do Programa, com a inserção de requisitos da qualidade baseados na ABNT NBR ISO 9001. Além disso, houve a adequação da cobrança do serviço em atendimento ao Acórdão TCU 4420/2018 e mudança a respeito do Certificado Preliminar de Selagem.

O RTM pode ser consultado no link: www.inmetro.gov.br/legislacao.

Custos de Verificação subsequente de Cronotacógrafo e atividades materiais e acessórias:

Houve modificação na forma de cobrança do serviço de ensaio metrológico.

Com o novo documento que regulamenta a autorização de empresas autorizadas para verificação subsequente de cronotacógrafos, o proprietário do veículo deve emitir a GRU no valor R$207,34 diretamente no site cronotacografo.rbmlq.gov.br e realizar o pagamento em qualquer banco antes da realização do serviço.

Atenção: A partir de 02 de janeiro de 2020 a empresa autorizada deve cobrar os valores de selagem e ensaio conforme abaixo.

Selagem:
Mínimo – R$ 68,94;
Máximo – R$ 83,49.

Ensaio:
Mínimo – R$ 142,44;
Máximo – R$ 172,50.

Realização de ensaios em veículos que realizaram selagem até 31/12/2019:

Para os veículos que realizaram o serviço de selagem até 31/12/2019, para realização do ensaio, deve ser cobrada Taxa de ensaio e Tarifa de ensaio com os valores que contam no Informativo 144.

Fonte: Guia do TRC

QUER RECEBER NOSSOS CONTEÚDOS NO SEU WHATSAPP?
MANDE UMA MENSAGEM COM SEU NOME CLICANDO NO NÚMERO

042-98800-6519





RECEBA NOSSOS CONTEÚDOS NO E-MAIL

Seu e-mail (obrigatório)


8 comentários em “Inmetro muda Regulamento Técnico Metrológico sobre verificação, selagem e ensaio de Tacógrafo

  • 14/01/2020 em 13:29
    Permalink

    Todo ano eles arruma um jeito de aumentar o valor em cima dos caminhoneiros ou criam um novo emposto,totos órgão de fiscalização acham que caminhoneiro é buteco param para tomar um pouco.Caminhoneiro é a classe que sustenta todos órgão de fiscalização!

    Resposta
  • 14/01/2020 em 12:45
    Permalink

    Graças a Deus q apareceu alguém de mente honesta pra verificar q 400 reias e mto caro

    Resposta
  • 14/01/2020 em 09:41
    Permalink

    Motorista e empresas sem união só toma no Butão!!
    Não tem outro termo!!
    Temos de bancar as mordomias dessa bandidagem e de ladrão !!
    Fica dica.!!!

    Resposta
  • 14/01/2020 em 09:11
    Permalink

    Infelizmente, só tomamos na tampa. Tanta coisa pra pagar. É uma facada essa taxa de inspeção de tacógrafos, sem contar a renovação da ANTT. Difícil demais…

    Resposta
  • 14/01/2020 em 09:03
    Permalink

    Vou vender o caminhao e comecar a vender selos …onde ja se viubdois pedacinhos insignificantes de papel custar entre 68 a 83 reais …governo ladrao vagabundo

    Resposta
  • 14/01/2020 em 08:43
    Permalink

    Essa é mais uma que nos temos que pagar é aumentou é uma verdadeira bomba com fretes lá nas alturas isso é quase nada

    Resposta
  • 14/01/2020 em 07:57
    Permalink

    Que absurdo esses custos!
    Tanta cobrança, e nada de melhoria.

    Resposta
  • 14/01/2020 em 06:07
    Permalink

    Porque tão cobrado 500 reais

    Resposta

Deixe sua opinião sobre o assunto!