Coronavírus: governo estuda prorrogar prazo da CNH e auxílio a caminhoneiros

por Blog do Caminhoneiro

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, afirmou nesta quarta-feira (18) que o governo estuda prorrogar o prazo da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e de passes livres, além de medidas para ajudar os caminhoneiros autônomos.

Tarcísio Freitas não chegou a detalhar as medidas, mas disse que o objetivo é evitar filas e atendimentos em balcão em meio à pandemia do novo coronavírus.

“Vamos evitar atendimentos em balcão. Estamos a extensão de prazo da CNH e de passe livre de maneira que as pessoas não tenham que comparecer em postos para fazerem a extensão da carteira”, afirmou.

O ministro participou de uma entrevista coletiva no Palácio do Planalto, ao lado do presidente Jair Bolsonaro e de outros ministros do governo, entre os quais Luiz Henrique Mandetta (Saúde), Paulo Guedes (Economia) e Sergio Moro (Justiça).

Auxílio para caminhoneiros

Sem detalhar que tipo de ajuda será dada, o ministro afirmou que o governo avalia como beneficiar o trabalhador do transporte rodoviário.

“Foco no caminhoneiro autônomo que não tem a proteção social e que eventualmente se tiver um problema, se tiver doente, não tem como trabalhar e levar o sustento para dentro de casa”.

A negociação é para que seja fixada uma espécie de renda mínima para os caminhoneiros autônomos que estiverem no grupo de risco ou afastados do trabalho por estarem em quarentena.

Fonte: G1

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

3 comentários

ale 21/03/2020 - 21:01

Lógico que não detalhou o tipo de ajuda, porque simplesmente não vai dar nenhuma!. Governo lixo, autoriza empresarios reduzirem salarios pela metade, isenta de impostos e pra gente que trabalha nada! O governo poderia por exemplo obrigar os bancos a não cobrarem as parcelas de financiamentos ou cartoes de credito de caminhoneiros nos proximos meses, poderia isentar de pagar pedagios como a Argentina está fazendo, liberar emprestimo de capital de giro pelo BNDES com juros bem baixos para passarmos por esta fase de baixa na economia devido a pandemia, poderia mandar cancelar contas de agua e luz assim comio fez a Franca. Enfim , não precisa ser nenhum gênio para criar medidas que de fato ajudem nós caminhoneiros. Ms esse desgoverno enganou muita gente e está aí pra ferrar com pobre e com quem trabalha.

Reply
Angelo 20/03/2020 - 07:32

Precisa ter um auxílio pois logo estaremos sem serviço e consequentemente sem dinheiro.

Reply
Paulo Edmilson de Oliveira 19/03/2020 - 13:16

Somos o grupo de risco muito exposto no momento,pois estamos em constante mudança de lugar como cidades e estados e contato com diferente grupo de pessoas como portarias de empresa, pedágios, sala de espera , carga e descarga etc…PRECISAMOS DE ATENÇÃO E RESPALDO…

Reply

Escreva um comentário