Tatu x Peixe: o clássico entre caminhoneiros do futebol sergipano

por Blog do Caminhoneiro

É natural que apostadores do mundo inteiro utilizem sites como o apostasesportivasbonus.com para darem palpites em grandes clássicos do futebol mundial. Barcelona e Real Madrid na Espanha; Inter de Milão e Milan na Itália; Boca Junior e River Plate na Argentina; Palmeiras e Corinthians no Brasil. São jogos históricos e duelos memoráveis.

As grandes rivalidades do futebol mundial são construídas com o tempo e o número de partidas que envolve cada uma das duas equipes. Quanto mais os times envolvidos realizem jogos decisivos, como finais de campeonato, mais a rivalidade cresce.

Algo muito importante nesse processo é também a participação da torcida, responsável por “inflamar” os confrontos e alimentar o clima de rivalidade. Uma disputa nesse nível depende, sem dúvida, do poder que os adeptos podem ter ao mobilizar seus aficionados contra uma determinada equipe.

Mas as rivalidades não dependem dos grandes centros para surgirem. Nem dependem apenas de jogadores como Lionel Messi ou Cristiano Ronaldo para ganharem magnitude. As grandes rivalidades podem surgir dos aspectos mais desconhecidos, das situações menos favoráveis.

Esse é o caso da rivalidade entre os times Tatu e Peixe, que movimenta há décadas o futebol sergipano. Mas não se trata do futebol institucionalizado, com regras claras, amparado por federações e pela burocracia. Aqui, estamos falando do futebol raiz, criado nos campos de terra, com o público torcendo no alambrado.

Essa rivalidade já dura 35 anos em Sergipe. De um lado está o time dos caminhoneiros que moram ao sul da igreja matriz da cidade, comandado por Gedivaldo Alves de Jesus, 57 anos, vulgo Tatu. Do outro, sob a batuta de Edvaldo Santos de Almeida, 53 anos, vulgo Peixe, o time dos caminhoneiros que habitam ao norte da pequena catedral.

Toda essa rivalidade acontece em Itabaiana, que fica a 57 quilômetros de Aracaju, capital sergipana. A cidade é conhecida pelo seu amor aos caminhões. Daí que os dois times surgiram dessa paixão. Itabaiana é a Capital Nacional do Caminhão, reconhecimento determinado por lei federal.

 

 

 

 

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

Deixe sua opinião sobre o assunto!