Scania apresenta modelos 6×4 e 8×4 com suspensor de eixo

por Blog do Caminhoneiro

A Scania está apresentando o novo sistema de eixos em tandem RB662, que tem como função opcional a suspensão do último eixo. Essa tecnologia garante redução de consumo de combustível de até 6%, e redução do desgaste dos pneus, além de reduzir o raio de giro para manobras.

De acordo com a Scania, a suspensão do segundo eixo trativo acontece em menos de 25 segundos, e, com o levantamento, o cardã é desacoplado dele. O sistema recebeu o nome de liftable and disengageable tandem bogie (LDTA).

“Esta é uma função altamente desejada pelos clientes em certas aplicações e tenho o prazer de anunciar esta solução muito bacana. Sem carga, a diferença no consumo de combustível pode ser de até 6%, dependendo da operação. Isso é substancial, especialmente quando se considera um trajeto de retorno de 150 a 200 quilômetros, como costuma ser o caso com caminhões de transporte de madeira na Suécia. E, além disso, você também obtém menos desgaste dos pneus e maior capacidade de manobra”, , disse Bo Eriksson, gerente de produto da Scania Trucks.

Esses sistema só pode ser instalado em caminhões Scania com suspensão a ar, e também aumenta o peso total do veículo em 60 quilos.

A economia de combustível é potencializada pelo atrito reduzido dentro da carcaça do segundo eixo, com 5,4% do total da economia apenas pelo sistema estar desacoplado. Os outros 0,6% da economia vem da redução da resistência ao rolamento proporcionada pelo fato dos quatro pneus traseiros não tocarem a estrada.

Na cabine, o motorista desacopla e ergue o eixo com o toque de apenas um botão. Um sistema de embreagem entra em ação e afasta a conexão do cardã. Caso haja sobrecarga sobre o primeiro eixo de tração, um aviso é mostrado no painel e o eixo não será levantado.

O sistema também permite que o eixo seja levantado em qualquer velocidade. A novidade está disponível apenas para modelos com tração 6×4 e 8×4, não podendo ser instalado em modelo 8×6, por exemplo, nem em versões com redução dos cubos.

“Definitivamente esperamos que essa opção seja incluída em muitos caminhões. O custo adicionado será rapidamente compensado devido à contribuição óbvia e altamente positiva para a economia operacional total de nossos clientes”, finaliza Eriksson.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

7 comentários

Barros 15/01/2021 - 05:18

Tem sensor de carga, mongo. Não tem como levantar carregado.

Reply
Rodrigo Schneider Stubs 14/01/2021 - 07:29

Quero ver quando tiver engatado no nove eixo carregado se vai erguer?!?!?!?

Reply
Antonio Carlos de Carvalho Nascimento 13/01/2021 - 14:57

Deixou de colocar a economia de pedágio com o eixo suspenso.
A volvo já vem com esse seguimento desde 2017.

Reply
Antonio Carlos de Carvalho Nascimento 13/01/2021 - 14:53

Deixou de colocar também na matéria a economia de pedágio com o eixo suspenso.
A volvo já opera com esse sistema desde 2017.

Reply
arlindo nunes filho 13/01/2021 - 12:28

Se não me falhe a memoria , essa ” inovação ” já existe no volvo a alguns anos .

Reply
Giba 13/01/2021 - 07:50

Beleza! Agora, pra quem conhece geometria veicular outra belezura pra dar desgaste irregular nos pneus da dianteira…. uma hora 6×4, na outra 4×2….depois não reclamem!!

Reply
Toledo Ferreira 12/01/2021 - 23:13

Aleluia !!!

Reply

Deixe sua opinião sobre o assunto!