Bolsonaro irá realizar reunião para estudar redução do preço do diesel

por Blog do Caminhoneiro

O Presidente da República, Jair Bolsonaro, vai se reunir com os ministros da Economia, Paulo Guedes, de Minas e Energia, Bento Albuquerque, e da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, e também com o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, para estudar formas de mudanças nos preços dos combustíveis, com maior previsibilidade.

O presidente disse ontem, em sua live semanal, que baixar impostos no Brasil é complicado, por conta da Lei de Responsabilidade Fiscal.

“Para eu baixar imposto de qualquer coisa, […] eu tenho que compensar criando um outro imposto ou aumentando um imposto já existente. Então eu não tenho essa liberdade para diminuir a carga tributária como alguns querem”, disse.

Durante a reunião que será realizada hoje, serão tratados assuntos referentes à composição do preço dos combustíveis. Bolsonaro também destacou que o governo zerou a Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide-combustíveis).

O presidente também demonstrou que o PIS/COFINS (Programas de Integração Social e de Formação do Patrimônio do Servidor Público/Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social) que incide sobre o diesel é de R$ 0,33 por litro, e exemplificou dizendo que 500 litros de diesel tem R$ 165,00 reais de PIS/COFINS embutido no valor.

Quanto ao ICMS ( Imposto sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual, Intermunicipal e de Comunicação), o presidente disse que espera que o Poder Legislativo crie e aprove uma lei para que o imposto seja cobrado sobre o valor dos combustíveis na refinaria ou que tenha um valor fixo.

Ele afirmou também que o governo trabalha em uma forma de zerar a cobrança do PIS/COFINS sobre o diesel, mas que precisará compensar a redução de arrecadação, na ordem de R$ 26 bilhões, com majoração de imposto de outra fonte.

Com a reunião, o presidente quer colocar o assunto “em pratos limpos”. Acompanhe todo o assunto no vídeo acima.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

2 comentários

Vinícius 06/02/2021 - 12:29

Tem toda a razão, Francisco! Foi o Temer assumir pra Petrobras começar a ser desmontada, e esse desmonte foi feito pra beneficiar importadores de combustíveis, tirando a capacidade de refino da Petrobras e fazendo-a ser dependente de importações! Não tenho nada contra ela seguir preços de acordo com o mercado internacional mas essa de vender suas refinarias e depender de terceirizados de fora do país para beneficiar o nosso petróleo lá e trazer pra nós os combustíveis já com uma conta a ser cobrada pelo (de)serviço, É TIRO NO PÉ, e adivinha quem paga tudo isso? NÓS, consumidores finais!!!

Reply
Francisco 05/02/2021 - 18:28

Para eu baixar imposto de qualquer coisa, […] eu tenho que compensar criando um outro imposto ou aumentando um imposto já existente. Então eu não tenho essa liberdade para diminuir a carga tributária como alguns querem”, disse.

É Presidente o furo é mais embaixo….Não esqueça as promessas de campanha… Quer uma sugestão, pare de mandar petroleo cru pra fora e refina aqui no país. Governos anteriores produziam 70 % de refinados aqui e enviavam 30% pra fora, seu amigo TEMER, passou a fazer ao contrario e hoje 30% refina aqui e importa 70%, como é uma commodys e se baseia no Dolar…ja sabe né, o Sr. sabe o que esta acontecendo, tenta não enrolar, outra coisa, vc sabe que milhoes de Brasileiros depende do modal Rodoviario, agora o Sr. que fazer a BR DO MAR, coincidentemente foi vinculado em noticias que um de seus ministro Militar, momento antes de assumir a pasta, passou a ser sócio de uma empresa de construção de navio e de trasnportes de cabotagem…acho que isso não pode ser verdade ne?

Reply

Deixe sua opinião sobre o assunto!