Empresa do Uruguai compra 102 ônibus Mercedes-Benz com carrocerias Marcopolo

por Blog do Caminhoneiro

A Mercedes-Benz e a Marcopolo enviaram 102 ônibus para a empresa C.U.T.C.S.A. (Compañía Uruguaya de Transporte Colectivo S.A.). O lote é composto por 87 ônibus urbanos e 15 intermunicipais, que serão usados em Montevidéu e regiões próximas.

“Por meio de nossa consultoria de ônibus para a América Latina, a Mercedes-Benz busca sempre entregar a melhor solução de transporte para cada país com produtos inovadores, que oferecem segurança e o melhor custo benefício, além de conforto aos passageiros. A cidade de Montevidéu, por exemplo, visando melhorar a acessibilidade de toda a população, solicitou veículos mais acessíveis, e nós prontamente atendemos”, afirma Jens Burger, diretor geral do centro regional Daimler na América Latina.

87 chassis OH 1721/62 Low Entry tem piso baixo e rampa na porta central para acesso de cadeira de rodas. Essa foi uma das exigêncas do órgão gestor da região que visa trazer mais acessibilidade para os usuários do transporte coletivo da cidade.

Esses ônibus tem capacidade para 63 passageiros, com suspensão pneumática traseira e dianteira e são equipados com carroceria Marcopolo Torino, medindo 11.800 mm de comprimento. Em sua composição, apresentam ar condicionado, seis unidades USB instaladas ao longo do ônibus, faróis de neblina dianteiros e preparação para instalação de sistema de monitoramento com cinco câmeras.

As outras 15 unidades são do modelo OH 1622 L/52 têm capacidade total para 41 passageiros e também contam com a suspensão pneumática traseira e dianteira. Além disso, os ônibus foram equipados com “kneeling”, sistema de rebaixamento da suspensão do lado direito, a fim de facilitar o embarque e desembarque dos passageiros, atendendo à solicitação do cliente para que, assim como os demais chassis, os veículos possam promover mais acessibilidade. Com carroceria Marcopolo Audace 800 e comprimento total de 11.100mm, apresentam as mesmas características das outras carrocerias, mas com elevadores para acessibilidade no lugar das rampas.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

COMENTAR
CLIQUE AQUI PARA PARTICIPAR DO NOSSO CANAL DO TELEGRAM

Deixe um comentário sobre o tema!