O maior caminhão rodoviário do mundo está a venda na Europa

por Blog do Caminhoneiro

A empresa holandesa Bas Trucks, especializada na negociação de caminhões, vans e outros equipamentos, tem em seu estoque um dos únicos caminhões Nicolas do planeta. O Tractomas 8×8 tem motor Caterpillar C27, com 27 litros de cilindrada, 1.150 cavalos de potência, tração 8×8 nesse modelo, e é indicado para transporte de cargas superdimensionadas com até 500 toneladas de peso.

A Bas Trucks está com uma unidade fabricada em 2017, uma das últimas do modelo, que teve a produção encerrada, e o valor pedido é de € 394.000, cerca de R$ 2,622 milhões de reais em conversão direta. Apesar de ter quatro anos de fabricação, o caminhão é novo, sem uso pesado, com apenas 55 km marcados no hodômetro.

Para ver o anúncio do gigante, que usa a mesma cabine que equipa o Volvo VM no Brasil, só que é do modelo Renault Kerax da Europa, você pode acessar o link https://www.bastrucks.com/pt/vehicles/usado/tractor-nicolas-2017-8×8-euro-3-70137715.

Conheça o monstro

Um gigante de tração 8×8 ou 10×10 e motor de 27 litros de cilindrada, com 1.150 cavalos de potência e 40 toneladas de tara. Esse é o Nicolas Tractomas, que era fabricado na França, pela Nicolas, empresa especializada em construção de veículos especiais de grande porte.

Utilizado para transporte de cargas indivisíveis e trabalhos em áreas de mineração, o caminhão pesa cerca de 40 toneladas vazio, por ter uma estrutura extremamente reforçada para operações em condições extremas, e tem 10 metros de comprimento, 3,5 metros de largura e 4,6 metros de altura.

O Tractomas pode ser utilizado como cavalo-mecânico único, tracionando carretas ou linha de eixos, ou em combinações, formando carretas de mais de 100 metros de comprimento, para pesos superiores às 500 toneladas.

O caminhão carregado com até 535 toneladas pode atingir velocidades superiores a 50 km/h, e vazio chega a velocidade máxima de 65 km/h. O motor é um Caterpillar, produzido no Estados Unidos, e geralmente usado em caminhões gigantes de mineração. Tem 27 litros de cilindrada, 4.000 Nm de torque e 1.150 cavalos de potência, em um bloco V-12. Há duas versão de transmissão: Allison automática de 6 marchas ou Allison automática de apenas 2 marchas, ambas com retarder e freio a disco em todas as rodas.

O modelo usa a cabine padrão do Renault Kerax, o único ponto em que ele se parece com um caminhão rodoviário normal. O acesso à cabine se dá por uma escada com cinco degraus, e é preciso escalar cerca de 1,85 metros até a cabine. O volante pode ser a direita ou esquerda, com altura ajustável e outros itens de conforto, além de tecnologia, como controle central do implemento e outros.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

COMENTAR

Artigos relacionados

2 comentários

oseas cavalcante mota 08/04/2021 - 06:04

no meu sonho caminhão e automóvel e renault

Reply
Gato Preto 06/04/2021 - 15:48

Teria grande dificuldades para rodar no Brasil onde existem pontes e viadutos com altura menor que 4,6 metros e em São Paulo então nem pensar!
Mas que seria interessante ver esse possante sozinho puxando uma linha de eixo bem grande isso seria”

Reply

Deixe sua opinião sobre o assunto!