5.134 toneladas – A carga mais pesada já transportada sobre rodas em uma única operação

por Blog do Caminhoneiro

Não é incomum vermos cargas de centenas de toneladas serem transportadas em operações especiais por rodovias de todo o mundo. Geralmente, esse tipo de carga não pode ser fabricada fora de sua fábrica, devido aos complexos sistemas de produção, e, depois de pronta, precisa ser transportada até o local onde será usada.

Algumas viagens tem centenas de quilômetros, mas uma em especial, circulou por apenas 1 quilômetro em rodovia. Trata-se de uma evaporador para uma estação de dessalinização de água do mar, que viajou de navio do local de fabricação até próximo à sua localização final, em 2018.

A Usina de Dessalinização de Shoaiba, 100 km ao sul da cidade portuária de Jeddah, na Arábia Saudita recebeu a carga, que foi movimentada pela empresa ALE, que atualmente faz parte do Grupo Mammoet.

O peso total da gigantesca instalação é de 5.134 toneladas, que saiu do navio onde estava sobre nove linhas de eixos, cada uma com 62 eixos e 372 rodas, viajando por apenas 1 quilômetro até a instalação definitiva. Apesar da curta distância, a operação levou diversas horas para ser concluída.

A ALE afirmou que precisou manipular a carga com extremo cuidado, principalmente sobre a embarcação, e superar alguns desafios até a fábrica.

Além do evaporador gigante, que tem o tamanho de um prédio, também foram transportados, na mesma operação, diversos filtros menores, geradores de vapor e coletores de salmoura, com outras linhas de eixo menores.

A Usina de Dessalinização de Shoaiba é responsável pela produção diária de cerca de 384 milhões de litros de água potável, que são enviados para a cidade de Jeddah.

Outras gigantes

Apesar da carga citada acima ser a maior já movimentada sobre rodas, a Mammoet é responsável por outros feitos difíceis de imaginar, como a movimentação de uma estrutura de refino de petróleo, com o peso total de 42.780 toneladas, para a Exxon Neftegaz Limited.

A gigante estrutura foi construída em um estaleiro, e elevada por um sistema chamado de Mega Jack, desenvolvido pela Mammoet. Em cerca de onze horas, a estrutura estava carregada em uma barcaça, com destino a Arkutun Dagi, na costa leste da Rússia, onde passou a fazer parte da maior estrutura de refino de petróleo e gás da Rússia.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

COMENTAR
CLIQUE AQUI PARA PARTICIPAR DO NOSSO CANAL DO TELEGRAM

Deixe um comentário sobre o tema!