Caminhão elétrico Tesla Semi tem a produção adiada mais uma vez

por Blog do Caminhoneiro

Por problemas no fornecimento de semicondutores, a Tesla anunciou que a produção inicial do modelo Semi, prevista para começar ainda neste ano, foi adiada para 2022. Essa é a terceira vez que a produção é adiada pela montadora, prevista inicialmente para 2019.

Além do atraso para o modelo Semi, a picape Cybertruck também terá atrasos para entrar em linha de montagem. Outra questão que tem atrasado a produção desses veículos é a disponibilidade de baterias. Como veículos comerciais usam muito mais baterias que os automóveis elétricos, a demanda acaba sendo muito alta e difícil de suprir pela montadora, o que poderia acarretar atrasos nas entregas.

“Para que o Cybertruck e o Semi alcancem um volume significativo para as entregas dos clientes, temos que resolver a falta de semicondutores trabalhando com nossos fornecedores”, disse o fundador e CEO da Tesla, Elon Musk, durante a ligação para investidores da empresa na segunda-feira.

Empresas como UPS, FedEx, PepsiCo, Anheuser-Busch, JB Hunt, Walmart e outras já realizaram pedidos expressivos do modelo Semi, logo após sua apresentação em 2017. A produção inicial, prevista para 2019, foi adiada para 2020 e depois para 2021, sendo agora mudada para 2022.

De acordo com Musk, se a produção começasse agora, seriam produzidas poucas unidades do Semi, a um custo cerca de cinco vezes maior que o previsto. De acordo com a Tesla, o Semi não deverá custar mais que um caminhão diesel similar, ficando na casa dos US$ 180 mil por unidade. Se a produção em pequena escala começasse agora, a montadora estima que o preço de cada unidade ficaria na casa dos US$ 1 milhão ou mais.

Apesar do atraso na produção desses modelos, a Tesla segue vendendo muito seus automóveis de passageiros, atingindo a marca de 200 mil veículos produzidos no segundo trimestre, com receita líquida de US$ 1 bilhão entre abril e junho.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

COMENTAR
CLIQUE AQUI PARA PARTICIPAR DO NOSSO CANAL DO TELEGRAM

1 comentário

Vinícius 29/07/2021 - 08:59

Tesla é um LIXO e o dinheiro que ela tem na bolsa não passa de uma bolha de especulação de acionistas que afirmam estar defendendo o meio ambiente mas não tem noção nenhuma do mal que a extração do lítio causa ao planeta. Simplesmente ridículo.
A verdadeira solução ambiental definitiva contra os gases tóxicos são motores de ciclo fechado com dispositivos de captura de carbono e outros elementos nocivos ao ar, o resto é conversa pra boi dormir, incluindo esses carrinhos e caminhoezinhos movidos a pilha de lítio.

Reply

Deixe um comentário sobre o tema!

%d blogueiros gostam disto: