Reino Unido terá rodovia elétrica até 2024

por Blog do Caminhoneiro

O Governo do Reino Unido irá financiar a construção de uma rodovia elétrica, na região de Scunthorpe, como parte de um amplo estudo para emissão da emissão de poluentes no setor de transportes rodoviários. As e-Highways são rodovias convencionais com uma rede elétrica aérea, de onde os caminhões tiram energia por meio de um pantógrafo instalado sobre a cabine.

Além do motor elétrico, o veículo possuí um motor a diesel ou baterias, para poder ser operado longe da área onde a rede elétrica está instalada.

O investimento total no trajeto será de £ 2 milhões, cerca de R$ 14 milhões, para eletrificação de um trecho de 20 km da rodovia M180. A espectativa é que tudo esteja funcionando até 2024.

O Reino Unido pretende acabar com a venda de veículos movidos à gasolina ou diesel até 2040, por isso, está investindo em outras formas de mobilidade, como alternativa para a emissão zero de poluentes no setor de transportes até 2050.

O uso da rede elétrica aérea é mais viável pelo uso reduzido de baterias, que permitem que o caminhão leve mais carga em trajetos longos. Atualmente, o peso das baterias é o maior impedimento para o uso rodoviário de caminhões elétricos.

Scania e Siemens já possuem projetos do tipo em funcionamento, na Alemanha, Suécia e também nos Estados Unidos, com caminhões de outras marcas, usando a tecnologia da Siemens.

Além disso, outras iniciativas estão sendo testadas. O governo também vai financiar a Leyland Trucks, de propriedade da Paccar, para testar 20 caminhões elétricos a bateria produzidos pela DAF.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

COMENTAR
CLIQUE AQUI PARA PARTICIPAR DO NOSSO CANAL DO TELEGRAM

Deixe um comentário sobre o tema!