Scania para produção em fábricas na Europa por falta de componentes

por Blog do Caminhoneiro

Duas fábricas da Scania, nas cidade de Zwolle e Meppel, na Holanda, tiveram a produção parada completamente por causa da falta de componentes, principalmente semicondutores, que afetam linhas de montagem em todo o mundo. De acordo com um porta-voz da montadora, as fábricas ficarão paradas até o início de agosto.

Esses sistemas eletrônicos integram dezenas de componentes dos veículos, especialmente os sistemas de controle do motor e da caixa de câmbio. A falta de componentes do tipo começou logo após a retomada da produção de veículos com maior força, após a interrupção causada nos meses de abril e maio de 2020. por causa da pandemia. Os fabricantes desse tipo de tecnologia voltaram sua atenção à produção de componentes mais voltados ao lar, como chips para TV e videogames, por exemplo.

Além das duas fábricas da Holanda, a Scania está enfrentando paradas pontuais em outras instalações na Europa, como na França e Suécia. De acordo com a Scania, os funcionários dessas fábricas são colocados em férias coletivas, até que o fornecimento dos componentes esteja normalizado.

Além dos componentes eletrônicos, fábricas de todo o planeta enfrentam escassez de borracha, metais, como o aço, e diversos outros, o que tem causado prejuízos bilionários para as empresas e encarecido significativamente os produtos para os consumidores.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

COMENTAR
CLIQUE AQUI PARA PARTICIPAR DO NOSSO CANAL DO TELEGRAM

Deixe um comentário sobre o tema!