Vendas de caminhões novos seguem em alta em julho

por Blog do Caminhoneiro

O segmento de caminhões está se recuperando muito bem dos efeitos da pandemia do coronavírus, que causaram grandes impactos nas vendas de veículos novos no ano passado. De acordo com dados da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (FENABRAVE), foram emplacados 11.488 caminhões novos em julho, totalizando 69.535 unidades emplacadas nos primeiros sete meses do ano.

Graças a esses números, as vendas cresceram 47,66% em relação aos primeiros sete meses de 2020, quando haviam sido vendidas 47.090 unidades; 20,85% em relação à julho de 2020, quando foram emplacados 9.506 unidades, em um mês que já mostrava a recuperação que estava por vir; e 3,48% em relação a junho deste ano, quando foram emplacados 11.102 unidades.

Para a entidade, o crescimento nas vendas se deve ao mercado agrícola aquecido e à economia registrando crescimento nos primeiros meses do ano, o que pode garantir um dos melhores resultados para o segmento na história.

“Temos modelos com programação de entrega agendada já para janeiro de 2022. São veículos já negociados, mas que, em virtude da demanda, só poderão ser entregues no próximo ano”, destaca Alarico Assumpção Júnior, Presidente da FENABRAVE.

Além desses fatores, existe uma boa oferta de crédito com aprovação para a maioria dos interessados na compra dos veículos.

“Hoje, cerca de oito a cada dez fichas de financiamento são aprovadas”, ressalta o presidente da FENABRAVE.

Montadoras

Entre as montadoras, a Volkswagen dominou as vendas em julho, entregando 3.506 unidades durante os 31 dias do mês, à frente da Mercedes-Benz, que entregou 3.479 unidades. Volvo é a terceira colocada nas vendas mensais, com 1.946 unidades, e Scania segue em quarta, com 1.180 unidades emplacadas.

No acumulado do ano, a Mercedes-Benz segue em primeiro lugar, com 21.251 unidades emplacadas. A Volkswagen vendeu 20.133 unidades entre janeiro e julho, sendo a segunda colocada. Volvo é a terceira, com 11.355 unidades, Scania é a quarta, com 8.971 caminhões vendidos, com a Iveco em quinta, com 4.358 unidades emplacadas.

MARCAS MAIS VENDIDAS

POSIÇÃO MARCA JULHO

ACUMULADO

M.BENZ 3479 21.251
VW/MAN 3506 20.133
VOLVO 1946 11.355
SCANIA 1180 8.971
IVECO 836 4.358
DAF 449 3.030
HYUNDAI 59 251
FORD 9 75
JAC 14 41
10º AGRALE 1 19
11º FOTON 2 18
12º JBC 0 8
13º BYD 0 2
14º INTERNATIONAL 0 2
15º JMC 1 2
16º GM 0 1
17º SINOTRUK 1 1
18º SPARTAN 0 1

Modelos mais vendidos

Entre os modelos, o Volvo FH 540 segue como modelo mais vendido no ano, com quase 700 unidades à frente do segundo colocado. São 4.741 unidades do modelo vendidas neste ano.

O Scania R 450 é o segundo colocado, com 4.064 unidades emplacadas, seguido pelo Volkswagen Delivery 11.180, que vendeu 3.269 unidades entre janeiro e julho.

Veja a lista completa abaixo:

MODELOS MAIS VENDIDOS DE 2021

POSIÇÃO MODELO JUNHO JULHO

ACUMULADO

VOLVO/FH 540 875 759 4.741
SCANIA/R450 688 572 4.064
VW/MAN/11.180 484 659 3.269
DAF/XF 373 437 2.982
VW/MAN/24.280 373 441 2.374
VOLVO/FH 460 301 450 2.225
M.BENZ/ACTROS 2651 411 356 2.216
VW/MAN/9.170 331 368 2.088
M.BENZ/ACCELO 1016 279 308 1.983
10º SCANIA/R540 280 227 1.825
11º M.BENZ/SPRINTER 416 256 257 1.727
12º M.BENZ/ATEGO 2426 244 256 1.617
13º VOLVO/VM 270 308 259 1.516
14º M.BENZ/ACCELO 815 210 218 1.427
15º M.BENZ/ATEGO 1719 169 207 1.238
16º M.BENZ/AXOR 2544 213 247 1.226
17º VW/MAN/24.260 159 186 1.173
18º SCANIA/R500 133 128 1.074
19º VW/MAN/29.520 136 144 1.004
20º M.BENZ/AXOR 3344 164 138 963

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

COMENTAR
CLIQUE AQUI PARA PARTICIPAR DO NOSSO CANAL DO TELEGRAM

Deixe um comentário sobre o tema!