Os Estados Unidos praticamente não usam mais caminhões cara-chata

Em boa parte por causa do conforto para o caminhoneiro. Mas também por causa de uma legislação mais permissiva para o tamanho dos veículos

Outro ponto é que o desenvolvimento do projeto de um caminhão convencional é mais fácil do que o de modelos COE, já que os modelos com o motor em baixo da cabine precisam ser construídos com os mesmos componentes em menos espaço, o que exige mais trabalho.

Graças ao conforto, os caminhões convencionais também passaram a ser adquiridos pelas transportadoras para atrair novos motoristas, e alimentaram massivamente o mercado de usados ao longo dos anos.

Com vários pontos contrários, os caminhões cara-chata foram desaparecendo das concessionárias, e poucas montadoras ainda ofereciam esse tipo de caminhão nos Estados Unidos nos anos 2000 para operações de longas distâncias. Atualmente, eles ainda são vendidos novos, mas especialmente para operações dentro das cidades, como coleta de lixo e distribuição urbana.

SAIBA MAIS SOBRE OS MODELOS CARA-CHATA NORTE-AMERICANOS NO LINK ABAIXO