O som que surge no silêncio da mobilidade elétrica

por Blog do Caminhoneiro

Dialoge ? das Audi-Technologiemagazin 1/2013O ronco de funcionamento de um motor para muitos é o melhor sinal de performance que um veículo pode oferecer mesmo estando parado. E quando colocamos o mesmo veículo na estrada a sensação da velocidade é completada pelo “ruído” que ecoa pela cabine.

Vamos mais além quando consideramos uma motorização equivalente a 313 cavalos de potência e que leva um veículo de 0 a 100 km/h em apenas 4,8 segundos, com velocidade final de 240 km/h e nada se ouve. Mas como assim? Silêncio total? Apenas o rodar dos pneus pela estrada.

Assim é o funcionamento do R8 E-tron, um veículo de funcionamento elétrico onde o “barulho” emitido pela máquina é inversamente proporcional à sua potência. Uma experiência silenciosa que surge como principal desafio para a aplicação da mobilidade elétrica nas ruas das cidades: desenvolvimento de um “barulho” sintético que simule o ronco da combustão do motor nos modelos que utilizam unicamente essa forma de energia.

Dialoge ? das Audi-Technologiemagazin 1/2013Na sede da Audi AG, em Ingolstadt, Alemanha, a área de engenharia vem testando, desde 2009, diferentes ruídos e frequências para dar vida audível aos modelos e-tron. A missão tem mais um desafio, pois estamos falando de modelos superesportivos, que normalmente ao passar nas ruas conseguem fazer as pessoas virarem a cabeça e pensarem: uau, o que é isso? Que barulho incrível!

Como combinar o virtual som do carro elétrico para que o mesmo possa soar realista, o menos artificial possível? O desenvolvimento também considera que o mesmo som sintético dos veículos e-tron precisa ecoar pela cabine, para deleite dos seus ocupantes e também na área externa por questões de segurança.

Capa - O som que surge no silêncio da mobilidade elétrica -  (2)Ainda assim, é preciso o desenvolvimento de um ruído combinado com a identidade própria de cada modelo, equalizada às diferentes condições de aceleração e estrada. Os primeiros modelos-conceito em versão e-tron foram o Audi R8 e o Audi A1, além do Audi A3 Sportback, que deve ser lançado nos Estados Unidos e na Europa no segundo semestre de 2014.

A solução mais direta consiste na produção do ruído sintético produzido por um software instalado na interface de áudio do veículo, ecoando tanto nos falantes internos quanto nos externos, instalados sob os para-lamas.

Dialoge ? das Audi-Technologiemagazin 1/2013Quando consideramos os tradicionais motores de combustão interna, apesar de um departamento inteiro trabalhar no desenvolvimento de um som sintético para utilização nos veículos e-tron, a Audi sabe da importância do isolamento acústico da cabine com a área externa do veículo, realizando dessa forma a aplicação de chapas de aço formado a quente ou de alumínio que integram a carroceria e também possuem a finalidade de proteger o carro dos ruídos externos.

Tarcisio Dias

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

Deixe sua opinião sobre o assunto!