Volvo faz lançamentos de caminhões e lança novas soluções na Fenatran

por Blog do Caminhoneiro

volvo fh 2015 - elevacao de eixo (2)

A Volvo traz para a Fenatran 2015 o que há de mais avançado em transporte comercial. São caminhões, soluções em transporte, novos produtos e serviços que colaboram para melhorar a eficiência do transportador brasileiro e latino-americano. “Aumentar a produtividade do caminhão e da operação de transporte é fundamental para enfrentar uma conjuntura mais restritiva”, afirma Bernardo Fedalto, diretor de caminhões Volvo no Brasil.

A mais recente inovação da Volvo em caminhões é o FH 6×4 com o eixo suspensor, que está sendo exibido no estande da marca na Fenatran. O veículo possui uma tecnologia única no mercado brasileiro que desengata e levanta o segundo eixo de tração. “É uma solução dirigida para transportadores com operações que têm trajetos com pouca ou nenhuma carga”, diz o diretor. Ele explica que é uma solução inteligente para proporcionar menor consumo de combustível e mais conforto na jornada de trabalho.

A Volvo também mostra no estande o seu sistema de gerenciamento de frota, agora com mais funcionalidades. O Dynafleet é uma ferramenta de conectividade voltada para aumentar a produtividade dos caminhões e a economizar combustível. O sistema permite acompanhar em tempo real o desempenho dos caminhões e a performance dos condutores, e também a troca de mensagens entre os motoristas e a base da operação. “A conectividade colabora para aumentar a rentabilidade do transportador”, declara Nilton Roeder, diretor de estratégia, desenvolvimento de negócios e suporte a vendas de caminhões do Grupo Volvo América Latina.

Outra importante solução mostrada na Fenatran é o Plano de Manutenção, que a cada dia ganha mais espaço no setor. Prestado pela marca em conjunto com sua rede de concessionários, este serviço já está presente em 50% de todas as vendas de caminhões. “Um em cada dois caminhões Volvo já começa rodando pelas estradas com alguma modalidade de plano de manutenção”, comemora Reinaldo Serafim, gerente de pós-venda da Volvo. Com ele, o transportador deixa a manutenção dos veículos por conta dos concessionários, e se concentra no negócio do transporte, aumentando a produtividade da operação. “O plano de manutenção transforma custos variáveis em custos fixos e elimina a preocupação com oficinas, peças, reparos e treinamento de mecânicos”, destaca.

Além disso, a Volvo exibirá 13 caminhões da marca dos modelos FH, FM, FMX e a linha VM, que também foi atualizada recentemente. O FH e o FM são os caminhões pesados rodoviários voltados para operações de longa distância e alta produtividade. O FMX é o veículo dirigido para o transporte pesado em condições severas. A linha VM é formada por caminhões pesados e semipesados e é voltada para atender uma grande variedade de segmentos de transporte. As linhas F e VM foram totalmente renovadas no Brasil, acompanhando o avanço mundial da engenharia da Volvo.

No estande da Fenatran a Volvo Financial Services também lançará novas soluções integradas em financiamentos, seguros e consórcio para os produtos da marca. Divisão do Grupo Volvo responsável pelo financiamento dos produtos da marca, a VFS oferecerá exclusivamente no período da feira um plano especial, com taxas e condições vantajosas para o transportador.

Para facilitar a aquisição dos caminhões das linhas F e VM, a instituição financiará até 100% do valor do bem por meio do Banco Volvo, com um prazo de até 60 meses.

“Somos um banco especializado em oferecer soluções integradas e sob medida para o setor de transporte”, afirma Ruy Meirelles, presidente da VFS Brasil. Ele diz que a VFS também lançará o Seguro de Cargas e um plano especial de Consórcio.

Volvo lança caminhão FH 6×4 com o revolucionário eixo suspensor

Reconhecida mundialmente por oferecer os caminhões mais produtivos e avançados do mercado, a Volvo inova mais uma vez lançando no Brasil e demais países latino-americanos o cavalo mecânico FH 6×4 com o eixo suspensor, uma revolucionária tecnologia que desengata e levanta o segundo eixo de tração. A solução é indicada para aquelas operações de transporte que têm trajetos com pouca ou nenhuma carga. “É mais uma solução inteligente e inovadora que a Volvo lança no Brasil para proporcionar menor con sumo de combustível e mais conforto nas operações de transporte”, diz Bernardo Fedalto, diretor de caminhões da Volvo no Brasil.

Com o suspensor de eixo ligado, o segundo eixo motriz do caminhão 6×4 é desativado e as rodas são elevadas, reduzindo o arrasto, as perdas mecânicas e o consumo de diesel. “Este dispositivo permite ao motorista ter dois eixos motrizes com o caminhão carregado. É uma solução que proporciona melhor capacidade de manobra e mais conforto quando o veículo está com pouca carga ou vazio”, afirma Álvaro Menoncin, gerente de engenharia de vendas do Grupo Volvo América Latina.

Ao acionar o sistema, o veículo passa de uma configuração de 6×4 para 4×2. “Conduzir com o segundo eixo motriz elevado poupa até 4% de combustível”, observa o gerente. “É uma economia muito importante se considerarmos que o diesel muitas vezes representa até 50% da planilha de custos do transporte”, complementa Fedalto.

Vantagens adicionais

A tecnologia garante diminuição no custo operacional para o transportador. “Dirigir com o segundo eixo motriz elevado reduz o raio de giro em até 15%, desgastando menos os pneus e os sistemas de suspensão”, declara Deonir Gasperin, engenheiro de vendas do Grupo Volvo América Latina. É uma solução muito útil para manobras em espaços mais restritos, proporcionando mais agilidade para o motorista e produtividade na operação. Quando está ativado, o sistema reduz também os ruídos e as vibrações.

Outra vantagem é que, em superfícies escorregadias, o motorista pode, apenas acionando uma tecla no painel, fazer uma transferência de carga para o primeiro eixo trativo, o que resulta em maior aderência, reduzindo assim riscos da operação.

Além disso, o transportador pode reduzir outros custos, quando o veículo transitar vazio naquelas praças de pedágio que não cobram a condução com eixo levantado.

Simples

Embora seja uma tecnologia inovadora e sofisticada, o funcionamento do sistema é simples. Utilizando um engate estriado entre eixos, o segundo eixo pode ser desengatado e elevado. São apenas dois botões estrategicamente localizados no painel de instrumentos. Na posição de automático, um sistema eletrônico sofisticado impede que o veículo trafegue com carga e o eixo elevado. Ao mesmo tempo, garante a elevação automática do último eixo quando o veículo está sem carga. A elevação é de 14 centímetros, a mesma altura que se eleva um caminhão 6×2 com eixo com dispositivo semelhante.

Para Fedalto, a nova tecnologia lançada pela Volvo tem um grande potencial. Atualmente, cerca de 50% das vendas da marca são para operações que, em algum momento, possuem trajetos onde o caminhão roda com pouca ou nenhuma carga. “Temos orgulho de dizer que é uma solução que contribui para melhorar a rentabilidade do transportador brasileiro”, finaliza o diretor.

O 6×4 com eixo suspensor é uma solução mais otimizada para transportes em que o fator de carga é de cerca de 50%, como aplicações tais como transportes de madeira, tanques, e inclusive graneleiros.

Dynafleet chega com mais funcionalidades para gerenciar frotas e economizar combustível

A Volvo está exibindo na Fenatran 2015 o seu sistema de gerenciamento de frota com mais funcionalidades. Uma importante ferramenta para aumentar a produtividade dos caminhões e a economizar combustível, o Dynafleet proporciona agora uma solução mais completa. Usando esse dispositivo, o motorista pode, por exemplo, trocar mensagens em tempo real com a sua base. O dispositivo permite ainda acompanhar online o desempenho dos caminhões e a performance dos condutores.

Com este avançado recurso, o transportador se comunica mais facilmente com o motorista a qualquer momento, podendo direcionar o veículo a outros destinos e a diferentes tarefas, dependendo de sua conveniência e das necessidades da operação. “O sistema de gerenciamento de frotas da Volvo está em constante evolução para aumentar a produtividade do caminhão e a rentabilidade da operação”, afirma Nilton Roeder, diretor de estratégia, desenvolvimento de negócios e suporte a vendas de caminhões do Grupo Volvo América Latina.

A comunicação entre o motorista e o Dynafleet é feita por meio de um visor no painel, usando um teclado sem fio. As funções são executadas com o teclado, o painel e os botões estrategicamente posicionados no volante. “Tudo foi feito para tornar mais fácil e rápido o contato entre o condutor e o escritório, quando essa comunicação for necessária no dia a dia da operação”, explica o diretor.

Economia de combustív el

O Driver Coaching é outra funcionalidade importante do Dynafleet. Ele fornece instruções ao motorista, sempre com foco na economia de combustível. O Driver Coaching avalia a condução do veículo em tempo real e oferece dados diretos sobre o desempenho do motorista, oferecendo dicas sobre como melhorar a condução.

Com uma série de dados provenientes do Driver Coaching, o frotista pode baixar o consumo de diesel por meio da otimização das rotas ou com treinamento contínuo e de determinados motoristas. “O diesel muitas vezes corresponde a 50% da planilha de custos da operação de transporte. O Dynafleet é um grande aliado para ele economizar combustível”, observa Reinaldo Serafim, gerente de pós-venda da Volvo.

“O Dynafleet é um dispositivo muito avançado que permite um acompanhamento online, em tempo real, de toda a telemetria do veículo, o posicionamento e o consumo de diesel e de Arla32”, destaca Deise Kindinger, gerente da área de desenvolvimento de produtos, serviços e conectividade de pós-venda do Grupo Volvo América Latina. Com os relatórios do Dynafleet é possível comparar a média de consumo de diferentes veículos, onde quer que eles estejam.

Com o Dynafleet é possível verificar os dados operacionais do veículo, tudo remotamente, por meio de um computador conectado na internet. É possível gerar relatórios que ajudam no gerenciamento da frota, tomando as melhores decisões, de forma mais ágil e rápida. O usuário pode ver as informações do veículo num computador de mesa, laptop ou até mesmo num tablet ou celular.

Mobilidade

“Essa flexibilidade de acesso aos dados dos veículos dá muita agilidade para o dono dos caminhões e/ou administrador da frota. Eles não precisam estar no seu escritório para tomar decisões. Podem fazer isso de qualquer lugar, inclusive de seu smartphone”, diz Bernardo Fedalto, diretor de caminhões da Volvo no Brasil.

O Dynafleet é oferecido em duas opções de pacotes de serviços. A primeira é a Gestão de Frota e Posicionamento, uma importante ferramenta de telemetria, que coleta dados remotamente, gera relatórios gerenciais e permite um controle dos principais fatores que influenciam no consumo de combustível.

O transportador pode também utilizar o sistema para obter os dados de posicionamento geográfico, do histórico de posições e definir as chamadas “cercas logísticas” para controle de entradas e saídas dos veículos em áreas-alvo. “O Dynafleet permite um controle de frota preciso, ajudando na redução de custos por meio do foco na condução do veículo e também proporciona um planejamento logístico mais eficiente”, destaca Serafim.

Além de todos os benefícios da telemetria e posicionamento, o segundo pacote, de Gestão de Frota, Posicionamento e Mensagem melhora a comunicação entre os motoristas e gestores de frotas por meio mensagens de texto na tela do caminhão. “O Dynafleet é muito importante para o transportador poder tomar decisões mais rápidas e acertadas na operação de transporte”, observa o gerente de pós-venda.

Os caminhões da nova linha F já saem de fábrica prontos para ativação do Dynafleet. Eles são equipados com um módulo eletrônico e uma antena, que transmitem os dados do veículo via rede de telefonia GSM/GPRS para o portal Dynafleet. O sistema pode ser acessado de qualquer computador ligado à internet, ou até mesmo ser integrado a um sistema administrativo de gestão já utilizado pelo transportador.

Estande da Volvo está repleto de novidades e é o maior da história da Fenatran

O estande da Volvo na Fenatran exibirá muitas novidades para o mercado. A começar pelo novo FH 6×4 com eixo suspensor, uma inovadora tecnologia voltada para as aplicações de caminhões que rodam um ou mais trechos com pouca ou nenhuma carga. Com uma área construída de 4 mil metros quadrados (m²), é o maior estande da marca na história da Fenatran. A feira é o maior evento de transporte rodoviário da América Latina e é realizado de 9 a 13 de novembro, no Parque Anhembi, em São Paulo.

No local estarão expostos 13 caminhões da Volvo dos modelos FH, FMX, VM e FM. “A Fenatran é a grande oportunidade para mostrarmos o que temos de melhor”, declara Bernardo Fedalto, diretor de caminhões da Volvo no Brasil. A empresa mostrará ainda o Dynafleet, seu sistema de gerenciamento de frotas e de economia de combust=Dvel, que agora tem novas funcionalidades.

Simulador

O estande terá também um avançado simulador do novo FH, uma cabine completa do caminhão que permite ao usuário uma impressionante experiência de direção. Dotado de tecnologia de última geração, a máquina permite reproduzir a condução do caminhão em diferentes situações, cenários e topografias, simulando os movimentos e solavancos do veículo. É a primeira vez que este simulador é exibido ao público. Instalado recentemente no Centro de Treinamento na fábrica da Volvo em Curitiba, o equipamento proporciona aos motoristas a sensação quase que real de conduzir o novo FH.

“Mostraremos tudo o que estamos fazendo para melhorar o transporte, como, por exemplo, o que a empresa vem oferecendo em conectividade. Esta é uma área na qual estamos na vanguarda”, diz Daniel Homem de Mello, gerente de marketing da Volvo. São diversos dispositivos que estão permitindo melhorar a gestão de transporte remotamente e contribuindo para a economia de combustível. Um caminhão dourado fará alusão ao Programa de Manutenção Ouro, chamando a atenção sobre os benefícios dos planos de manutenção da marca.

Reforçando sua posição de líder mundial em segurança veicular, a empresa leva também para o local uma cabine que simula os efeitos de um capotamento. O estande terá ainda uma série de palestras realizadas por especialistas da Volvo sobre novas tecnologias e o futuro do transporte conectado. Na Volvo Store, os admiradores da marca poderão estender sua experiência, adquirindo produtos da Volvo Collection, como miniaturas, roupas, relógios, entre outros itens.

“Independente das circunstâncias, a nossa decisão é estar sempre presente junto ao transportador brasileiro. O estande da Volvo é uma oportunidade inédita para os visitantes conhecerem o que há de mais avançado em soluções de transporte, e melhorar ainda mais a vida das pessoas”, finaliza Mello.

Volvo e a Segurança

Líder mundial em segurança veicular, a Volvo apresenta na Fenatran a sua visão de segurança – Zero Acidentes, o ideal da empresa em zerar acidentes com veículos da marca. “A segurança nas estradas e no trânsito das cidades é um elo forte para unir a sociedade na construção de um novo futuro nesta área. Zerar acidentes é um desafio ousado, mas possível de ser atingido, desde que as empresas do setor de transporte também estejam engajadas neste propósito”, diz Anaelse Oliveira, responsável pelo PVST (Programa Volvo de Segurança no Trânsito).

O objetivo do projeto, criado no ano passado, é engajar lideranças do setor de transporte comercial para reduzir os altos índices de acidentes envolvendo caminhões e ônibus.

Anaelse lembra que usar cinto de segurança continua sendo uma atitude simples, mas muito eficaz para reduzir o risco de ferimentos e mortes em todos os tipos de acidentes. “O cinto mantém o motorista em posição segura durante o acidente, impedindo que seja lançado para fora do veículo”, destaca. A gravidade das lesões sofridas pelo motorista também seria reduzida em 60% dos acidentes com o uso do cinto.

“Zero Acidentes: como torná-lo possível nas nossas empresas?” é o tema da palestra do especialista em segurança no trânsito e consultor do PVST, Jota Pedro Corrêa, que será realizada às 20 horas do dia 10, terça-feira, na Ilha do Conhecimento, espaço criado dentro do estande da Volvo para debater temas relacionados ao transporte comercial. A entrada é aberta para os visitantes da Fenatran, com inscrições gratuitas.

Volvo mostra os Planos de Manutenção da marca no estande da Fenatran 2015

A Volvo mostra na Fenatran 2015 o seu Plano de Manutenção, um serviço que vem crescendo cada vez mais no setor de transportes brasileiro. No estande da marca, um caminhão dourado faz alusão ao Plano de Manutenção Ouro e os benefícios que proporciona ao transportador. A Fenatran acontece de 9 a 13 de novembro, no Parque Anhembi, em São Paulo.

Um em cada dois caminhões Volvo vendidos no País já começa rodando pelas estradas com alguma modalidade de plano de manutenção. “Transformar custos variáveis em custos fixos e eliminar a preocupação com oficinas, peças, reparos e treinamento de mecânicos são algumas vantagens desse serviço Volvo”, diz Reinaldo Serafim, gerente de pós-venda da Volvo. “Quanto maior o tempo do caminhão na estrada transportando mercadorias e gerando receita, maior a rentabilidade da operação”, afirma.

Economia de combustível

Usando o plano de manutenção, o transportador pode se preocupar com o custo mais relevante no transporte, o combustível. Ele responde por cerca da metade da planilha de custos de operação de um caminhão rodoviário e a manutenção, por cerca de 8%. “É natural que o foco seja então justamente reduzir o gasto com diesel”, explica o gerente.

Com manutenções preventivas e corretivas, os veículos rodam em melhores condições, dando mais tempo para os transportadores se concentrarem na redução do consumo do diesel e na gestão da operação de transporte como um todo. “Ele pode se concentrar no aumento da sua produtividade”, destaca.

Para o transportador ter a certeza de obter a mais alta produtividade dos veículos da marca, é fundamental uma manutenção preventiva correta. A forma mais segura e prática é um programa de manutenção. “É nosso objetivo buscar minimizar ao máximo possíveis paradas não planejadas”, ressalta.

O cliente que contrata uma das três coberturas tem uma série de vantagens, a começar pelo fato de poder executar a manutenção em qualquer uma das 94 concessionárias Volvo distribuídas pelo território brasileiro. “Ele ganha mais flexibilidade em sua operação, podendo alterar rapidamente sua estratégia de transporte, independentemente do trajeto dos caminhões”, explica Serafim.

No caso do plano na categoria Ouro, o benefício é ainda maior. O cliente tem garantido atendimento preferencial nas concessionárias da marca em todo o País, por meio de uma central exclusiva para agendamento prévio de serviços, no telefone gratuito 0800 644 6876. “Elimina-se a necessidade de manter oficinas próprias, que demandam altos investimentos e treinamento constante de mecânicos e mecatrônicos”, diz o gerente.

Coberturas

O pós-venda da Volvo oferece três coberturas para este produto. “O plano de manutenção Azul é a forma mais prática e segura de manutenção preventiva”, destaca Serafim. Conta com mão de obra de revisões, lubrificantes e troca de filtros. É a modalidade em que o cliente sabe exatamente quanto irá pagar de manutenção preventiva no período contratado, evitando surpresas ou novos orçamentos sem necessidade.

“Já o plano de manutenção Prata é ideal para que o veículo continue rodando de maneira planejada”, lembra. Além de todos os serviços contemplados no programa Azul, ele garante manutenção para o trem de força (motor, caixa de câmbio e diferencial).

O plano Ouro compreende toda as manutenções preventivas e corretivas. Além da manutenção preventiva e dos reparos no trem de força, a ampla cobertura da categoria Ouro abrange manutenções nos sistemas de freios, suspensão e cabine, sempre com mão de obra e peças genuínas Volvo. “É a opção mais completa para proporcionar o máximo de resultado e disponibilidade do caminhão da marca”, afirma.

Maior valor de revenda

O cliente com plano de manutenção tem benefícios até mesmo na hora de vender o veículo. Um caminhão Volvo que tenha tido plano de manutenção tem um valor de revenda bem maior. “O mercado sabe que veículos que passaram somente pelas concessionárias Volvo estão em dia com as manutenções e têm disponibilidade maior”, observa Serafim.

VFS apresenta na Fenatran novas soluções integradas em financiamentos, seguros e consórcio

A Volvo Financial Services está lançando na Fenatran 2015 uma série de novidades para o setor de transportes. Divisão do Grupo Volvo responsável pelo financiamento dos produtos da marca, a VFS oferecerá exclusivamente no período da feira um plano especial, com taxas e condições vantajosas para o transportador. “Somos um banco especializado em oferecer soluções integradas e sob medida para os negócios e por isso a melhor escolha para os clientes”, afirma Ruy Meirelles, presidente da VFS Brasil.

No Brasil, a Volvo Financial Services oferece linhas de financiamento via Finame, CDC e Leasing e para facilitar a aquisição dos caminhões das linhas F e VM na feira, a instituição vai financiar até 100% do valor do bem por meio do Banco Volvo, com um prazo de até 60 meses. “Como banco da marca, estamos preparados para garantir as melhores alternativas de financiamentos que atendam os diferentes segmentos de atuação e as principais demandas dos nossos clientes”, observa Valter Viapiana, diretor comercial de caminhões da VFS Brasil.

Novos seguros

Outra novidade é o Seguro de Cargas Volvo, que possui coberturas sob medida e que proporcionam tranquilidade, segurança e menor impacto nas operações do dia a dia. “Estamos ampliando nossa oferta de produtos da Volvo Corretora, que está há 15 anos no mercado brasileiro e é uma das mais tradicionais empresas do segmento”, afirma Alexander Boni, diretor comercial da VFS para Seguros e Consórcio.

A Volvo Corretora também terá uma oferta especial durante a Fenatran, comercializando o seguro para caminhões da linha F por R$ 19.990,00 e da linha VM por R$ 9.990,00. Outra vantagem adicional para o período da feira é que o transportador que comprar um caminhão equipado com sistema Dynafleet, Plano de Manutenção Volvo ou Certificação de Motorista Profissional, terá um desconto adicional de 10% no preço do Seguro. “São soluções integradas com a segurança que só um seguro da marca pode oferecer”, destaca o diretor.

Mais de 20 anos de experiência

O Consórcio Volvo, que possui mais de 20 anos de experiência no mercado, também está apresentando um novo grupo de Consórcio, que conta com 500 participantes, prazo de 100 meses para pagamento e parcelas mensais reduzidas de 0,5% até a data da contemplação ou assembleia de número 50. “É uma oportunidade única”, diz Boni, ao lembrar que o consórcio é uma excelente modalidade de aquisição para o transportador planejar investimentos e renovar a sua frota”. Em 21 anos o Consórcio Volvo já vendeu mais de 45 mil contas, realizou 24 mil contemplações e possibilitou a entrega de mais de 17 mil veículos.

Presente em 42 países, a Volvo Financial Services é uma empresa global do Grupo Volvo, criada em 2001 para apoiar os clientes na aquisição dos produtos da marca. No Brasil, suas operações contam com financiamentos, seguros e consórcio. Atualmente é responsável por cerca de 40% das vendas dos produtos do Grupo Volvo no mercado brasileiro.

Volvo mostra na Fenatran sua linha totalmente atualizada de caminhões pesados e semipesados

Um dos maiores fabricantes mundiais de veículos comerciais, a Volvo mostra na Fenatran 2015 sua linha de caminhões pesados e semipesados atualizada recentemente. Foi a maior renovação de veículos feita pela empresa desde que começou a produzir no País. O já lendário FH exposto no estande da Volvo é um caminhão totalmente novo, com uma cabine 1 metro cúbico maior que seu antecessor. Os VMs também são muito recentes, lançados com novas opções de configuração e novos visuais externo e interno.

O FH é um caminhão conectado, pois tem as mais avançadas tecnologias de telemetria já criadas para o transporte. Ele sai de fábrica preparado para receber, por exemplo, o I-See, um espetacular sistema que reconhece as estradas por onde o caminhão já passou, tornando a troca de marchas mais eficiente e proporcionado melhor desempenho e menor consumo de combustível.

Com um novo design, muito mais aerodinâmico, o FH proporciona mais conforto e segurança, tanto durante a jornada de trabalho como durante as horas de descanso do motorista. “É a melhor escolha para operações rodoviárias de alta produtividade”, afirma Bernardo Fedalto, diretor de caminhões Volvo no Brasil.

Outro caminhão exibido na Fenatran é o FMX, desenvolvido para o transporte pesado em condições severas. Ele é oferecido com um potente motor de 540cv, além das potências de 370cv, 380cv, 420cv, 460cv e 500cv. O modelo pode sair de fábrica com as novas configurações de tração integral 4×4 ou 6×6. O FMX tem ainda uma opção de eixo para 150 toneladas de PBTC (Peso Bruto Total Combinado) e uma caixa de câmbio eletrônica

I-Shift configurada para operações off-road. “É veículo vocacionado para aplicações em construção, mineração e cana-de-açúcar”, afirma Francisco Mendonça, gerente de caminhões Volvo.

O estande terá também o FM, caminhão que recentemente foi inteiramente renovado, com novo interior, nova arquitetura eletrônica e outras soluções. O FM pode sair da linha de produção com um motor de 380cv de potência, ou com o já consagrado motor de 370cv, com configurações 4×2, 6×2 e 8×2 e um novo eixo traseiro que eleva sua capacidade de carga para 65 toneladas de PBTC, garantindo maior robustez.

Linha VM

A linha VM também foi completamente renovada há pouco tempo. São modelos 4×2, 6×2 e 6×4, 8×2 e 8×4, com grandes mudanças externas e visual muito próximo ao dos caminhões FH. A parte frontal da cabine foi totalmente redesenhada, com faróis e luzes diurnas (day running light) de LED em forma de “V”. Todo o módulo do para-choque que envolve os faróis foi renovado com uma estrutura em termoplástico, uma grade e uma tampa para engates de reboque. O caminhão também tem um avançado painel frontal superior, que toma boa parte da frente do veículo, dando ao conjunto uma impressão de continuidade. Internamente, a Volvo manteve a excelente ergonomia do VM, reconhecido como o melhor ambiente de trabalho dos veículos de carga nesta categoria.

Tecnologias de conectividade ajudam caminhões Volvo serem ainda mais produtivos e econômicos

Líder mundial em segurança veicular e no respeito ao meio ambiente no setor de transporte comercial, a Volvo está também na vanguarda em conectividade nos caminhões. Os dispositivos que equipam os veículos da marca estão presentes nos caminhões expostos na Fenatan. Eles contribuem cada vez mais para melhorar a gestão de frotas e aumentar a produtividade do transportador.

“As novas tecnologias são importantes para tornar a operação de transporte mais eficaz e com custos menores”, declara Nilton Roeder, diretor de estratégia, desenvolvimento de negócios e suporte a vendas de caminhões do Grupo Volvo América Latina.

Os caminhões podem vir equipados com dispositivos que melhoram a rentabilidade do transporte: desde sistemas de gestão de frota e da manutenção dos caminhões, passando por dispositivos para aumentar a produtividade até o entretenimento do motorista nas horas de descanso.

Os caminhões Volvo possuem uma plataforma eletrônica, mais inteligente e que proporciona um melhor nível de interatividade homem-máquina. A linha F, por exemplo, tem I-See, um sistema que lê a topografia da estrada e a memoriza. Numa viagem futura pela mesma rodovia, o dispositivo utiliza esses dados para, automaticamente, tornar mais eficiente a troca de marchas e o uso do freio motor, contribuindo para melhora do desempenho do caminhão para redução do consumo de diesel.

O sistema de gerenciamento de frotas Dynafleet está mais completo e com novas funcionalidades. Sua utilização contribui na busca por um estilo de direção mais econômico, com relatórios de desempenho, do perfil de condução e do consumo de combustível. O motorista pode agora trocar mensagens em tempo real com a sua base, facilitando a comunicação e a tomada de decisões enquanto o caminhão está na estrada.

Os veículos da marca trazem também como opcionais de conectividade um navegador GPS integrado ao sistema Volvo Multimídia. A linha atual também vem preparada para interagir com ferramentas de gestão da manutenção e diagnóstico remoto que serão lançadas em breve.

Linha de caminhões VM presente no estande da Volvo na Fenatran

A Volvo está apresentando na Fenatran os novos caminhões VM, recentemente lançados no Brasil e demais países latino-americanos. Os veículos conquistaram o transportador e vêm ganhando cada vez mais espaço no mercado desde que o primeiro modelo foi lançado em 2003. “Temos atualmente uma grande variedade de modelos e configurações que atendem completamente as demandas do transporte”, afirma Francisco Mendonça, gerente de caminhões VM da Volvo no Brasil.

Os VMs possuem agora um visual completamente diferente da geração anterior. A cabine tem sua aparência muito próxima à dos caminhões FH lançados também recentemente. É o chamado “family look” da linha Volvo, uma vez que todos modelos de caminhões da marca estão cada vez mais parecidos.

A linha VM tem novos faróis, com luzes diurnas (day running light) em forma de ”L”, que garantem ainda melhor visibilidade. Todo o módulo do para-choque envolvendo os faróis foi renovado. A cabine ganhou um aspecto ainda mais moderno e ao mesmo tempo de maior robustez. O caminhão também ganhou um novo painel superior, que ficou maior e toma boa parte da porção superior da frente do veículo, dando ao conjunto uma impressão de continuidade.

Ergonomia

A Volvo manteve ergonomia interna da cabine, já amplamente aprovada pelos motoristas que dirigem o caminhão e que reconhecem no VM o melhor ambi ente de trabalho entre os veículos de carga em sua categoria. “Mantivemos o que já estava consolidado como o melhor da categoria e que o transportador já aprovava e considerava importante para a operação de transporte”, declara Álvaro Menoncin, gerente de engenharia de vendas da Volvo no Brasil. “O VM ganhou mercado no Brasil e em toda a América Latina justamente por seu baixo consumo de combustível e grande disponibilidade”, finaliza Mendonça.

Motores industriais Volvo Penta, energia que garante produtividade

A Volvo Penta expõe na Fenatran os motores industriais de 13 e 16 litros da marca para geração de energia. O modelo de 13 litros será produzido no Brasil a partir do primeiro semestre de 2016, no complexo fabril do Grupo Volvo na América Latina, em Curitiba, no Paraná.

A nacionalização dos motores industriais faz parte de uma estratégia de crescimento da marca no segmento de motores industriais na América do Sul. Líder no segmento de motores marítimos de lazer no Brasil, desde 2012 a Volvo Penta está trabalhando na estruturação de sua área de motores industriais de grande porte no país.

“O Brasil é um mercado de grande potencial. A demanda por maior automatização nos segmentos agrícola, industrial e de infraestrutura gera um aumento da necessidade de geração de energia”, explica Gabriel Barsalini, vice-presidente da Volvo Penta South America. De acordo com o executivo, a vantagem da produção nacional é o acesso as linhas de financiamento mais competitivos para clientes finais e parceiros.

O mercado brasileiro de motores industriais de grande porte é de cerca de 28 mil unidades por ano. “Nossa meta é ser o parceiro profissional preferido de empresas que atuam nos segmentos de energia, construção, agrícola, portos e mineração”, afirma João Zarpelão diretor de motores industriais da Volvo Penta South America. Para isso, a Volvo Penta aposta em relações comerciais com os principais fabricantes de equipamentos destes segmentos de mercados.

Os modelos da marca são indicados para geradores de energia, irrigadores, bombas de incêndio e picadores, entre outros.

Estrutra de atendimento

A Volvo Penta já tem uma estrutura de comercialização e atendimento aos clientes da marca no país. A empresa possui 84 centros de atendimento autorizados na América do Sul. Deste total, 45 estão no Brasil, incluindo os distribuidores da Volvo Construction Equipment: Tracbel, Entreposto e Linck.

“Antes de iniciar a produção dos motores industriais no Brasil, fizemos um trabalho para formar uma rede de suporte aos nossos clientes, fundamental para oferecer um atendimento de qualidade e para o sucesso do negócio. E as distribuidoras da Volvo CE, possuem similaridade com negócios da Volvo Penta, o que nos dará ganho de escala”, afirma Barsalini.

Qualidade

Os motores industriais da Volvo Penta são fabricados de acordo com os padrões de qualidade dos produtos do Grupo Volvo. Oferecem alta performance, alta disponibilidade e baixo consumo de combustível, características que aumentam a produtividade da operação e reduzem os impactos ambientais. O motor é 76% menos poluente que os modelos similares disponíveis no mercado.

Pela robustez e baixo consumo de combustível, os motores Volvo Penta são indicados, especialmente, para aplicações que exigem alta disponibilidade e uso contínuo, como grandes eventos, atividades em lugares, e operações de construção e mineração.

“Nossos motores são ideais para geradores de energia e operações severas, que demandam trabalho contínuo, 24 horas por dia”, reforça Zarpelão.

COMENTAR

Artigos relacionados