Força tarefa de três estados investiga roubo de pneus




Uma força tarefa coordenada em três estados investiga o roubo de pneus de caminhões nas estradas brasileiras. Nas regiões Norte e Centro-Oeste tem havido uma série de sequestros de caminhoneiros, onde os caminhões são levados à estradas vicinais e depenados. Além dos pneus, acessórios e peças de alto giro, como faróis dos caminhões, também são roubados, e também os pertences dos motoristas. A investigação está sendo feita pelas polícias de Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

A polícia acredita que um dos principais quartéis do crime está no Mato Grosso, e as investigações continuam para tentar acabar com essa prática, que leva a prejuízos na casa de R$ 70 mil a R$ 120 mil por caminhão roubado. Entre os investigados estão motoristas, borracharias, postos de combustíveis, lojas de peças e transportadoras.

Em geral, os pneus roubados são vendidos pela metade do preço ou menos, em pontos de venda clandestinos, e são negociados por redes sociais e mensagens de telefone, o que dificulta o rastreio das informações. Somente neste ano, mais de 20 carretas foram depenadas nos estados do Centro-Oeste.

A estratégia dos bandidos está em usar ferramentas pesadas, pneumáticas, e até caminhões munk para facilitar os roubos. Em geral, até o crime não ser completado, o motorista fica nas mãos dos bandidos.

Blog do Caminhoneiro





11 comentários em “Força tarefa de três estados investiga roubo de pneus

Deixe sua opinião sobre o assunto!