Luft Logistics aponta perspectivas para o mercado logístico em 2018




Apesar de ter apresentado um crescimento econômico relativamente tímido em 2017, o setor logístico brasileiro traz perspectivas positivas para 2018. Esses fatores são influenciados por novos mercados, oportunidades estratégicas e necessidades sazonais e, em parte, também têm relação com o panorama de recuperação financeira ainda tendo início no país.

De acordo com a Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), autoridade no segmento de portos, o porto de Santos encerrou o ano passado com a expectativa de movimentar mais de 129 milhões de toneladas em cargas, um volume 13,5% maior do que em 2016, e ainda espera ultrapassar 133 milhões de toneladas este ano, aumentando em 3,2% a movimentação de 2017.

“Temos muito a crescer, e também a comemorar, principalmente depois da incorporação das tecnologias de ponta em nosso cotidiano”, afirma o Vice-Presidente da Luft Healthcare, o empresário Fernando Luft.

LEIA MAIS  Copa Truck encerra temporada 2018 com Roberval Andrade campeão

Com mais de quatro décadas de atuação, a Luft acompanhou vários movimentos do país e acredita que ainda existem vários obstáculos a serem conquistados neste novo ano, como as condições das estradas. Porém, apesar de todos os percalços, as estradas brasileiras, com mais de 1,8 milhão de quilômetros, têm papel fundamental no futuro do setor e, por consequência, das empresas.

Deixe sua opinião sobre o assunto!