PRF realiza 76ª edição da Operação Serra Segura

por Blog do Caminhoneiro

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) realiza na tarde desta quinta-feira (15) a 76ª edição da Operação Serra Segura na região de Curitiba.

A operação, que fiscaliza as condições mecânicas dos caminhões, será realizada a partir das 14 horas, no quilômetro 59 da BR-277, em São José dos Pinhais, na Unidade Operacional da PRF, logo após a praça de pedágio.

Lançada em dezembro de 2014 e promovida em parceria com as concessionárias de rodovias, a Operação Serra Segura da PRF já fiscalizou 4.788 caminhões. Desse total, 1.240 veículos apresentaram ao menos uma irregularidade que motivou a retenção de documentos. O número equivale a 25,9% do total de caminhões abordados.

Pneus em mau estado de conservação, problemas no sistema de freios, irregularidades relacionadas ao tacógrafo e suspensão alterada estão entre as principais causas dos 2.317 autos de infração emitidos durante as edições Serra Segura.

Durante as ações de fiscalização, os policiais rodoviários federais têm o apoio técnico de mecânicos contratados pelas concessionárias.

Os caminhões com problemas têm os seus documentos retidos até que os motoristas ou proprietários providenciem a regularização.

Os motoristas abordados também são submetidos ao exame do bafômetro. Eles assistem ainda a palestras e vídeos de educação para o trânsito. Alguns desses vídeos são tombamentos de veículos de carga ocorridos justamente em trechos de serra.

Trechos sinuosos e em declive

Na região da capital paranaense, a maioria das operações acontece nas BRs 376 e 277.

No caso da BR-376, o trecho da rodovia na Serra do Mar tem 19 quilômetros de extensão. A redução de altitude ao longo desse trecho é de aproximadamente 710 metros.

Na BR-277, o desnível é de 819 metros em um trecho de Serra do Mar de cerca de 17 quilômetros.

Operação Serra Segura – Histórico

– 75 operações realizadas pela PRF desde dezembro de 2014 apenas na região de Curitiba;

– 4.788 caminhões fiscalizados;

– 1.240 veículos com pelo menos uma irregularidade que motivou a retenção de documentos (25,9% do total);

– 2.317 multas aplicadas.

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

Escreva um comentário