WABCO e Baidu passam a colaborar em soluções de condução autônoma para veículos comerciais




A WABCO, fornecedora global líder em sistemas de controle de frenagem e em tecnologias avançadas que melhoram a segurança, a eficiência e a conectividade de veículos comerciais, assinou Memorando de Entendimento (MoU) com a Baidu, gigante chinesa de tecnologia e internet, para colaborar no desenvolvimento de um conjunto de soluções altamente padronizadas e eficientes para o nível 4 de condução autônoma em aplicações rodoviárias “hub-to-hub” para veículos comerciais. Este será o pilar fundamental de uma plataforma aberta que permitirá que os fabricantes de equipamentos originais (Original Equipment Manufacturer – OEM) e frotas utilizem as principais tecnologias de segurança e inteligência artificial da WABCO e da Baidu, e tenham a oportunidade de desenvolver soluções personalizadas e diferenciadas.

Com base nesse acordo de cooperação estratégica, a Baidu trará o poder da Apollo, plataforma aberta de software de condução autônoma, comprovada no segmento de carros de passeio, enquanto a WABCO fornecerá acesso ao ecossistema ADOPT™ (Autonomous Driving Open Platform Technology) para simplificar a entrada no mundo de tecnologias avançadas da WABCO para a indústria de veículos comerciais.

A intenção é trabalhar em conjunto para combinar o conteúdo necessário da plataforma de software Apollo, da Baidu, integrando todos os protocolos de segurança e de redundância necessários para a liberação de rodovias, dando o próximo passo a fim de desenvolver soluções rodoviárias completas, “hub-to-hub”, de nível 4, para o mundo de veículos comerciais. O objetivo é conseguir comercializar essas soluções nos próximos três anos.

WABCO e Baidu irão ainda alavancar o desenvolvimento entre as plataformas comercializadas e torná-las abertas aos clientes da WABCO (frotas e fabricantes de equipamentos originais), permitindo que desenvolvam suas próprias soluções, alinhadas às suas metas específicas de condução autônoma. Para alavancar esses aplicativos de condução autônoma de nível 4, os clientes podem aproveitar o conjunto completo de softwares existente ou selecionar módulos e funcionalidades específicos.

“Com promissoras perspectivas de comercialização, os veículos comerciais serão os primeiros a adotar a condução autônoma. A plataforma Baidu Apollo também está se esforçando para avançar a operação piloto e a adoção final na aplicação de veículos comerciais. Como líder global em tecnologia de sistemas de segurança e de controle para veículos comerciais, a WABCO oferece um ecossistema único no mundo dos veículos comerciais, com parcerias abrangentes”, diz Zhenyu Li, vice-presidente do grupo de condução inteligente da Baidu. “A Baidu acredita que a cooperação entre a plataforma Apollo e a WABCO, combinando os respectivos pontos fortes de ambas as partes, ajudará nossos parceiros a minimizar esforços repetitivos e básicos de desenvolvimento e, eventualmente, a acelerar a condução autônoma de veículos comerciais”, acrescenta.

“Estamos entusiasmados em trazer nossa experiência em veículos comerciais para essa parceria com a Baidu, que já é uma forte plataforma aberta líder no segmento de condução autônoma para carros de passageiros”, disse dr. Christian Brenneke, diretor de tecnologia e chefe de engenharia da WABCO. “Ao conectar o ecossistema ADOPT, da WABCO, às tecnologias da Baidu, ajudaremos a simplificar e otimizar as necessidades dos clientes de veículos comerciais dentro do mundo da condução autônoma, empoderando-os a desenvolver soluções customizadas de maneira rápida e eficiente”, acrescenta Brenneke.

Juntar o ADOPT, da WABCO, e a plataforma aberta Apollo, da Baidu, ao mundo dos veículos comerciais, ajudará a acelerar a adoção da condução autônoma de nível 4. Adicionalmente, para os clientes da WABCO de hoje e do amanhã, abrirá um mundo de escolhas e benefícios – velocidade para chegar ao mercado, menores investimentos em pesquisa e desenvolvimento, flexibilidade e acesso ao domínio de verdadeiros especialistas – alinhados ao ritmo de jornada de cada um rumo à condução autônoma.




Deixe sua opinião sobre o assunto!