COLUNA MECÂNICA ONLINE – A tecnologia híbrida como alternativa para o automóvel brasileiro




Chegamos ao final da 30ª edição do Salão do Automóvel de São Paulo e a pergunta que sempre fazemos é sobre o que vai ficar marcado dessa edição quando o assunto é o futuro do automóvel? Aliás, o futuro que já está presente entre nós.

Foi isso que acompanhamos nas apresentações de imprensa e também nas tecnologias que os fabricantes apresentaram.

O Salão do Automóvel é muito mais que um laboratório para entender como o cliente deseja seu próximo veículo, mas principalmente para os fabricantes revelarem o que querem vender e sentirem o interesse na compra.

Será mesmo que o cliente brasileiro vai querer comprar um carro elétrico? A conta da energia já anda tão alta que basta falar em ligar uma lâmpada que todo mundo reclama.

Muitas vezes o Brasil é um país que procura viver a realidade que não é a sua, mas que já acontece no vizinho. Eu explico. A razão de uma tecnologia ser tendência num mercado externo, não nos obriga a ter que seguir o mesmo caminho, ou pior, ultrapassando suas etapas de evolução.

Nós temos o etanol. Dito isso, precisamos valorizar nossa fonte renovável de energia. Ainda temos o apelo do meio ambiente, que nos ajuda positivamente. E o que precisamos então? Precisamos aumentar a eficiência energética, a autonomia. É isso o que ainda falta no carro elétrico? Então vamos combinar os dois mundos!

Líder e pioneira no desenvolvimento e disseminação da tecnologia híbrida em todo o mundo, a Toyota apresentou no Salão do Automóvel de São Paulo, por meio de um display técnico detalhes do Prius, primeiro modelo híbrido produzido em larga escala em todo o mundo e o primeiro da marca comercializado no Brasil.

O Prius é hoje o automóvel híbrido mais acessível à venda no mercado nacional. O veículo oferece, entre outras inúmeras vantagens em termos de conforto e dirigibilidade, alto índice de eficiência de combustível no ciclo urbano, chegando a 18,9 km/l (segundo dados INMETRO), o que faz dele um dos modelos mais econômicos no território brasileiro.

A tecnologia híbrida flex já surge como conceito e tão logo estará sendo ofertada no mercado nacional.

Do mesmo grupo da Toyota, a Lexus, líder mundial em veículos híbridos de luxo, reforça sua estratégia de oferecer toda sua linha unicamente com sistemas híbridos para o Brasil.

No mais recente lançamento, a marca usou sua experiência em engenharia no UX 250h 2019, com um novo motor híbrido. Com 181 cavalos de potência, o UX 250h possui sistema híbrido que combina o novo motor a gasolina de quatro cilindros 2.0 litros a um motor elétrico em um transeixo híbrido de nova geração, mais compacto, mais leve e com menos atrito interno que os sistemas híbridos anteriores da marca.

Comparado ao híbrido Lexus de tamanho similar, a unidade de controle de potência do UX é mais poderosa, mas 20% menor e 10% mais leve.

A aplicação de veículos híbridos em nossa região já era prevista por alguns estudos, é o caminho lógico de combinar duas fontes de energia para conseguir eficiência energética e autonomia, com baixo custo. Com certeza uma forte alternativa no primeiro momento ao veículo elétrico.

Em todos os países do mundo a inserção do veículo elétrico só acontece devido incentivos governamentais.

Não há dúvidas que o brasileiro gosta de carros. Apesar de ouvirmos de alguns “especialistas” do setor automotivo que os salões estão com os dias contados, talvez essa seja a realidade lá de fora, mas não a nossa.

Ainda temos muito que evoluir para entender melhor o consumidor, seus desejos e ambições, e o Salão do Automóvel permite esse rápido amadurecimento.

O mesmo jovem que dizem não querer mais um carro, lotou o Salão do Automóvel para conhecer de perto as novidades, tendências e criar seus sonhos.

Coluna Mecânica Online® – Aborda aspectos de manutenção, tecnologias e inovações mecânicas nos transportes em geral. Menção honrosa na categoria internet do 7º Prêmio SAE Brasil de Jornalismo, promovido pela Sociedade de Engenheiros da Mobilidade. Distribuída gratuitamente todos os dias 10, 20 e 30 do mês.
http://mecanicaonline.com.br/wordpress/category/colunistas/tarcisio_dias/




Deixe sua opinião sobre o assunto!