Fabricadas no Brasil, máquinas de construção ganham espaço no mercado russo




A CASE Construction Equipment, marca da CNH Industrial, tem cada vez mais atraído o interesse dos russos no mercado brasileiro de máquinas de construção.

Em fevereiro, um grupo de clientes e distribuidores da CASE Rússia esteve na fábrica da montadora em Contagem, MG, para conhecer a produção, os testes e a tecnologia embarcada nas motoniveladoras e tratores de esteiras, equipamentos mais exportados ao país pela marca, conhecidos internacionalmente como graders e dozers.

Para Maurício Moraes, gerente de marketing da CASE América Latina, é crescente o interesse de países como a Rússia em máquinas pesadas produzidas no Brasil. “Percebemos um aumento de clientes russos na busca de nossos equipamentos, e isso mostra que estamos no caminho certo, pois a marca se destaca pela produtividade e desempenho que entrega em suas soluções”, afirma.

Entre as máquinas mais procuradas está a motoniveladora CASE 865B, muito utilizada pelos russos para terraplenagem e movimentação de neve. O modelo tem motor CASE/FPT 6.7L com certificação MAR 1 /Tier 3, curvas de potência de 193, 205 e 220 hp, lâmina central de alta capacidade de corte com 13” e peso operacional de 16,6 toneladas.

O trator de esteiras CASE 2050M, também entre os favoritos, garante a movimentação de neve, terraplenagem e supressão vegetal. O modelo integra força e robustez com motor eletrônico CASE Common Rail, potência de 232 hp e peso operacional de 24,3 toneladas.

Exportações

Cerca de 30% da produção nacional da CASE é destinada à exportação. Entre as máquinas mais exportadas, a motoniveladora, com 60% do volume total. Equipamentos como retroescavadeiras, tratores de esteiras, pás carregadeiras e escavadeiras também ficam entre os mais requeridos internacionalmente.





Deixe sua opinião sobre o assunto!