Polícia de Santa Catarina alerta motoristas sobre golpe do falso frete

A Polícia Civil de Santa Catarina fez um alerta aos caminhoneiros para ficarem atentos com ofertas de fretes com valores muito atrativos. Bandidos estão usando dessa tática para sequestrar caminhoneiros, exigindo resgate em dinheiro para libertação das vítimas.

Dois motoristas de caminhão de Santa Catarina foram vítimas do crime no estado de São Paulo, que chegaram ao local indicado pelos criminosos atraídos por ofertas de fretes com valores bem acima dos praticados no mercado.

Os crimes ocorreram nas proximidades de Osasco-SP, em frente à empresas de logística. Os motoristas foram abordados pelos bandidos ou por alguém se passando por funcionário das empresas, pedindo para manobrar o caminhão.

Assim que o caminhoneiro é sequestrado, são feitos saques nas suas contas bancárias, e os bandidos o mantém em cativeiro, passando a exigir o pagamento de resgate aos familiares.

“Sugerimos alerta sobre essa modalidade criminosa e orientamos os motoristas a terem cautela”, ressalta o Delegado de Polícia Anselmo Cruz, da Delegacia de Roubos e Antissequestro da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC).

Nas duas situações as vítimas foram libertadas após os familiares procurarem a Polícia Civil, sem o pagamento de resgate.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

Rafael Brusque - Blog do Caminhoneiro

Nascido e criado na margem de uma importante rodovia paranaense, apaixonado por caminhões e por tudo movido a diesel.

2 thoughts on “Polícia de Santa Catarina alerta motoristas sobre golpe do falso frete

  • 03/10/2020 em 10:41
    Permalink

    Seria bom o informar qual foi o canal de comunicação que OS bandidos ofereceram este frete.

    Resposta
    • 03/10/2020 em 16:12
      Permalink

      A polícia não informou

      Resposta

Deixe um comentário!

Caminhões comemorativos viram febre entre transportadoras Centenas de vagas de emprego para caminhoneiros Conheça o super caminhão futurista da Peterbilt 300 vagas para caminhoneiros brasileiros em Portugal CAMINHONEIRO SEGUE TRABALHANDO AOS 90 ANOS DE IDADE