CNH poderá contar com informações sobre interesse do motorista na doação de órgãos

por Blog do Caminhoneiro

Um projeto de lei apresentado na Câmara dos Deputados pelo Deputado Federal Capitão Alberto Neto (Republicanos-AM), pede que a Carteira Nacional de Habilitação tenha, entre outras informações, as informações relativas sobre a doação de órgãos em caso de morte do condutor.

O texto diz que a CNH dos motoristas deverá indicar se ele é ou não doador de órgãos, tecidos e partes do corpo em caso de morte. A colocação das informações na CNH vai depender da vontade do motorista, não sendo obrigatória.

Atualmente, em caso de morte sem que haja manifestação da vontade de doar os órgãos, é a família que autoriza ou não a doação.

Para o deputado, o sentimento de respeito ao falecido, o apego sentimental ao corpo e até mesmo superstições tornam-se obstáculos à doação post mortem.

“Propomos que se estabeleça um momento de reflexão a respeito do assunto, propiciando a cada pessoa a possibilidade de se manifestar na emissão da Carteira Nacional de Habilitação. A declaração da pessoa merece ter preferência sobre considerações dos familiares, que ainda terá relevância na hipótese de se preferir guardar o silêncio acerca da questão, decidindo-a em outro momento”, acrescenta.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

COMENTAR

Artigos relacionados

1 comentário

Victor Hugo Guidoni 29/03/2021 - 11:39

Eu acho que devemos doar sim, as vezes vc pode salvar a vida de outra pessoa sou a favor sim.

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: