CaminhõesMontadorasNotíciasNotícias

Iveco comemora o melhor resultado em vendas dos últimos dez anos

A Iveco está passando por um momento histórico no Brasil. Esse é o melhor ano em vendas da montadora desde que chegou ao Brasil, em 1997. Os resultados chegam após o anúncio de um grande investimento no país e América Latina, de R$ 1 bilhão, feito no ano passado.

Antes mesmo do fechamento do mês de setembro, a Iveco já contabiliza dez mil unidades emplacadas nesse ano, que celebra também a expansão na participação no mercado nacional para a casa dos 10%. Esse é o maior volume já alcançado pela montadora nos últimos 10 anos nesse período de tempo.

A Iveco ressalta que esse crescimento sustentável da marca, que ganhou força nos últimos dois anos, acontece após investimentos no aprimoramento do portfólio de produtos e serviços. A gama diversificada ofertada pela montadora tem o cliente como o seu principal foco.

“Esse é um momento muito especial e é fruto de um trabalho de uma equipe que, não canso de dizer, faz, dia a dia, a Iveco conquistar cada vez mais espaço no mercado. Celebramos as conquistas não só pelos números, mas, também pelo que eles representam. O nosso crescimento se dá de forma sustentável porque não esquecemos que a rentabilidade, a satisfação e o bem-estar dos clientes são fundamentais. Eles são o foco de tudo que fazemos e essa priorização reflete no nosso sucesso”, destaca o presidente da Iveco para a América Latina, Marcio Querichelli.

Marcio ressalta que além da expansão em diversas frentes – desenvolvimento de novos produtos e serviços e contratações – o crescimento significativo das vendas também é fruto da alta capilaridade no atendimento ao cliente.

“No Brasil, estamos presentes em 100% do território, de norte a sul do país. Nossos clientes também contam com esse suporte na América Latina, onde teremos 175 pontos de atendimento até o final do ano”, completa Querichelli.

Rafael Brusque - Blog do Caminhoneiro

Nascido e criado na margem de uma importante rodovia paranaense, apaixonado por caminhões e por tudo movido a diesel.

Deixe um comentário!