Operação flagra dezenas de toneladas de excesso de peso em Santa Catarina

A concessionária Arteris Litoral Sul, Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) realizaram uma operação conjunta de fiscalização de excesso de peso, na BR-101/SC, na cidade de Garuva.

Pelo menos quatro veículos apresentaram excesso de peso nas cargas transportadas, somando 35,7 toneladas de excesso.

Os primeiros três veículos foram abordados pela Polícia Rodoviária Federal na unidade da PRF do km 25 da BR-101/SC, em Joinville, na madrugada de segunda-feira, 19 de setembro. Após constatar irregularidades, os três caminhões foram escoltados até a balança de Garuva – onde foi constatado o sobrepeso.

Um dos caminhões transportava arroz – com pesagem de 7,4 toneladas acima do permitido. O outro transitava com 4,3 toneladas de sobrepeso. O terceiro veículo transportava madeira com 04 toneladas de excesso. Todos os três ficaram retidos – até a realização do transbordo para liberação. Os responsáveis também foram autuados.

Já na madrugada de quinta-feira, 22 de setembro, uma carreta também foi abordada pela PRF, e conduzida até a balança de Garuva. No local, foi constatado o excesso de 20 toneladas no veículo, que transportava madeira.

“O excesso de peso traz dois problemas graves para a rodovia. O primeiro deles é o risco iminente de acidentes, pois o veículo está operando muito acima de sua capacidade – colocando todos em perigo no trânsito. O segundo é o dano para o pavimento. O sobrepeso dos veículos reduz a vida útil das pistas – essa deterioração prematura causa deformações e buracos no pavimento, exigindo mais manutenção e prejuízos para os usuários da concessão da rodovia”, avalia Marcos Dutra, gerente técnico da Arteris Litoral Sul.

A concessionária prestou apoio nessas ocorrências – a partir do trabalho de gestão, monitoramento e operação da BR-101/SC.

Deixe um comentário!

Conheça os caminhões mais vendidos do Brasil em novembro Caterpillar apresenta caminhão gigante totalmente elétrico Caminhoneiros estão cada vez mais procurados pelas transportadoras Caminhoneiro recém contratado depena caminhão nos EUA Eficiência dos motores diesel chega a um novo patamar