Caminhoneiro Repórter – Situação dos caminhoneiros‏

por Blog do Caminhoneiro

sgjk-2A quem interessar possa

Sou um profissional há 34 anos no ramo do transporte, tenho 55 anos, casado, pai de dois filhos, sendo uma garota de 12 anos e um garotão de 05 anos, estou desesperado pois nunca fui uma pessoa de fazer nada errado na minha vida, trabalhei 10 anos como autônomo,foi ai no final destes anos que minha vida mudou, comprei um caminhão numa revendedora em Belo Horizonte.
Este caminhão fundiu o motor, faltando dois dias para acabar a garantia, que é de 3 meses, para motor,cambio e diferencial, corri na revendedora, que acreditando no dono, que disse para eu comprar e fazer tudo que depois ele acertaria comigo, acreditei nele,comprei e mandei retificar este motor que mais ou menos ficou no valor de 15 mil reais montado, que dei vários cheques, que ele assumiria tudo, mas quando fui falar com ele, simplesmente ele disse: (não tenho que pagar nada, pois já passou da garantia), dai fiquei sem chão, se eu tivesse uma arma ali teria feito uma besteira, mas pensei na minha família, dai fui ao advogado que também me disse, se passou da garantia não adianta brigar, vai gastar mais com advogado e não vai dar em nada.
Para resumir fui vítima de um mal caráter, e de um negócio mal feito que acabei acreditando e depositei uma confiança nesta pessoa, que usou de má fé e me enganou, como eu não tive como recorrer, acabei sujando meu nome com mais ou menos um valor de quinze a vinte mil reais no (SERASA E SPC), tudo feito com cheques que não tive como pagar.
Tudo bem, foi eu o errado, só que deixei de ser autônomo justamente por causa disto, pois não conseguia arrumar cargas para trabalhar e saldar minhas dívidas, dai vendi o caminhão e voltei ao trabalho de motorista empregado com registro na carteira, só que é ai que quero chegar, sou um ótimo motorista, se consultarem o meu histórico verão que não estou mentindo, estou procurando emprego e já coloquei vários currículos em varias empresas da região que moro, que não são poucas, pois moro na Baixada Santista, perto do maior cais da América Latina, e as coisas não acontecem, pessoas me ligam e me dizem que devido a situação do meu nome as (SEGURADORAS DE RISCO, Bonny e pancary) e outras mais que trabalhão em conjunto com as empresas de transportes,não aprovam minha ficha de motorista por eu ter o nome sujo no (SERASA E SPC).
Eu pergunto: ( ESTA CERTO AS SEGURADORAS DE RISCO INVADIR AS INFORMAÇÕES PARTICULARES DAS PESSOAS, A NÃO SER ATRAVÉS DO GOVERNO CONSULTAR A SITUAÇÃO CRIMINAL, E ASSIM IMPEDIR QUE PESSOAS DE BEM, CONSIGA SEU OBJETIVO QUE É TRABALHAR E REGULARIZAR SUA VIDA, SALDANDO SUAS DÍVIDAS E PODER ANDAR DE CABEÇA ERGUIDA, ISTO NÃO É UMA INVASÃO DO PARTICULAR DAS PESSOAS?
ISTO NÃO É INCONSTITUCIONAL?
ISTO NÃO SERIA PERMITIDO SÓ COM AUTORIZAÇÃO JUDICIAL?
QUEREM FABRICAR BANDIDOS?
QUEM ME RESPONDE ISTO?
Concordo até que para fazer compras possa ser impedido, mas trabalhar, arrumar emprego.
Sou um pai de família,tenho uma responsabilidade com minha família, mesmo porque meus filhos são menores.
Como um pai de família vai sobreviver, se todas as portas estão fechadas?
Se o pai de família for de cabeça fraca, ele vai se desesperar e fazer um monte de coisas erradas, e assim complicar mais ainda sua vida e de seus familiares.
Tem alguém ai que possa fazer alguma coisa?
como eu sei que não vou conseguir fazer verão, faço apelo a vocês da imprensa que são os únicos que podemos contar, desde já agradeço e sei que com você as injustiças não tem vez, grato motorist23, motorista carreteiro e profissional de primeira com muito orgulho.
Obs: não sei escrever muito bem, mas tenho muita experiência de vida, e muito conhecimento.
ATENCIOSAMENTE Motorist23

Foto enviada por: Motorist23
Cidade: São Vicente SP

Seja você também um Caminhoneiro Repórter: Envie suas fotos!

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-98800-6519

Artigos relacionados

5 comentários

Sergio R. Inacio 19/04/2014 - 21:13

Nao adianta brigar com essas empresas, pois eles tem muito poder e compra tudo e todos, me disculpe mas eh assim que o nosso país funciona….
Gostaria muito de ajudar mas nao tenho poderes e nem recursos.
Fica aqui a minha solidariedade com o sr. e com a vossa familia e espero que tudo de certo pro sr daqui pra frente

sem mais

Sergio R. Inacio

Reply
João B.O. Junior 18/04/2014 - 19:00

acho o cumulo do absurdo essas regras idiotas , se fosse pra ajudar bandido os tais direitos “humanos” já estaria correndo atras , mas como é simplesmente um trabalhador pai de familia ,tem q se submeter a essa humilhação . mas não é de se espantar ,pois motorista nesse país é tratado como se fosse a escoria da sociedade , não tem valor algum !!!!nem pelos empregadores nem pelas empresas q prestam serviço e muito menos pelos governantes ,mas ñ vamos perder a fe milagres acontecem .

Reply
luis claudio oliveira 18/04/2014 - 17:07

NOS MOTORISTA TEMOS QUE NOS UNIRMOS CONTRA ESSA MAFIA DE SEGURADORAS,NOS SO QUEREMOS TRABALHAR.

Reply
ROGERIO 18/04/2014 - 12:24

existe um programa na rede recor de televisao celso mulsumano q ele é um advogado q so pega estas causas impociveis em todo brasil. vale a pena vc tentar la talves ele te ajude >> rcabreu38@hotmail.com <<

Reply
Leo Coe 18/04/2014 - 10:26

Pois é: mais uma vz gerenciadoras de risco impedem um pai de família de trabalhar. Como disse o mesmo, impedir de comprar por estar inadimplente, de ter chegues,etc; ele até concorda. Porem impedir de trabalhar no que sabe fazer é um, absurdo. Como pagar dívidas e sustentar família sem o trabalho. É o seguinte, como o sujeito deve, alegam empresas que o mesmo é risco. Pode vender carga para quitar dívidas, roubar caminhão e levar para o Paraguai, Bolívia e trocar por cocaína ..besteira pura. Um homem com mais de 30 anos de profissão, sem nada a desabonar seu profissionalismo e conduta social ( não cometeu crime algum), ser levado a penúría, miséria pelo desemprego imposto é, um verdadeiro CRIME por parte destas gerenciadoras. Sem possibilidade de saldar dívidas, não poderá nunca exercer a atividade que o mantem. Sinceramente desejo que isto possa ser revisto.

Reply

Escreva um comentário