Melhores a se comprar! [90 a 150 mil reais]

1901231_376742029134057_831966178_n




Nesta faixa de preço a brincadeira começa a ficar meio séria, nela se encontram trucks de altíssima qualidade bem novos, caminhões leves zero Km, e na categoria dos extrapesados os últimos dos moicanos, caminhões equipados com bombas injetoras e os primeiros eletrônicos que não emplacaram bem no mercado.

É uma faixa de valor muito complicada, pois uma faixa de valor entre 90 e 150 mil reais hoje no ramo dos transportes é um valor onde se você tem em mãos (a vista), compensa dar de entrada em um caminhão novo, mas se você não tem, os caminhões que se encaixam nesta lista são de uma idade onde os melhores financiamentos não se encaixam e são caminhões que exigem uma atenção especial na hora da escolha.
Mas falando dos caminhões em si, vamos a lista escolhida pelos seguidores e leitores do Blog:

Scania 113h

675d28c04794e3c683f4419536c4c15f_XL

Sem duvida o caminhão mais escolhido, até no tópico anterior alguns leitores (muitos) sugeriram o 113 como o caminhão a ser comprado de 50 a 80 mil, mas neste valor não se encontra um 113 de qualidade a venda. Lançado no final de 1991 com uma bela mudança no final de 1994 (chegada do top line) o 113 é o sonho de muitos motoristas que rodam hoje nas estradas. De mecânica fácil e barata, economia que deixa muito zero Km pra trás o 113 é dito como “o caminhão para se ganhar dinheiro”. Bons exemplares são encontrados na faixa de 110 mil os primeiros até 135 os últimos, lembrando que a atenção na procedência mecânica do caminhão é muito importante, pois são caminhões que com certeza já passaram por retificas. Apesar de ser um caminhão muito cobiçado e de excelente qualidade, sua idade não ajuda, muitas empresas já não carregam 113 porque sua idade avançada não permite. Mas para quem tem um serviço certo, e quer um caminhão de confiança, com certeza é a melhor compra!

Volvo EDC.

1 (1)

Para quem torce o nariz pro 113 a escolha mais sensata seria o EDC, fabricado entre 1996 e 1999 é uma versão “melhorada” do NL12 faixa roxa, com design renovado e um sistema de injeção “semi-eletronico”, que no caso seria uma bomba comandada eletronicamente, diferente de um sistema 100% eletrônico como um Common Rail. É um caminhão muito robusto, nada diferente dos caminhões da linha volvo. Caminhão um pouco raro de se encontrar em boas condições, mas quando se encontra é negócio bom na certa. Modelos variam de 100 a 120 mil, podendo chegar a 130 em certos modelos. Sofre mesmo problema do 113, idade, mas pra quem gosta de volvo e quer um caminhão bom, é uma boa escolha!

LEIA MAIS  Iveco vence a última prova do Rally Dakar

MB 1935.

1935gode

Como disse anteriormente, nessa faixa de preço se encontram os últimos dos moicanos com injeção eletrônica, e um deles que com certeza não poderia faltar é o 1935, famosa “mula”, resposta da mercedes ao 113 e ao EDC, foi fabricado até meados de 1999. Considerado para alguns como “tanque de guerra” é o de manutenção mais simples e barata dos 3, mas com um conforto não muito “aceitável” digamos assim. Bons exemplares são encontrados por pouco mais de 90 mil (chassis vermelho, primeiros) e até 120 (chassis preto, últimos). Sofre com a idade, mas a mecânica simples e o preço baixo comparado aos outros compensa.

Constellation (s) 6×2:

VW Constellation 24.250 verdureiro loko

Entra nessa faixa de preço os trucks da VW que já eram consagrados anteriormente e com a chegada da linha constellation firmaram esta consagração em praticamente todos os modelos, destaque para os de 220 cv! Bons “bob esponja” são encontrados na faixa de 140 a 150 mil, com sorte e paciência pode-se encontrar até modelos com 4° eixo e cabine leito anos de 2008 a 2010!

Linha P da Scania (de 1995 a 2003)

scania-p-94-260-com-bau-frigorifico-unico-dono-r-135000_MLB-F-3748693994_012013

Se você é um motorista de truck e não quer sair da categoria, nesta faixa de preço com certeza se encontra seu sonho, ou ele um pouco usado (kkk). O sonho de todo “muriçoqueiro” com certeza é um Scaninha da linha P, devido a sua qualidade, agilidade e renome. Alguns modelos da linha 3 (p93) são encontrados na faixa de preço de 90 a 110 mil reais, e da linha 4 (94d) são dai pra cima. Com paciência se encontra bons exemplares, lembrando que é sempre bom checar a quilometragem e procedência do caminhão, pois por ter fama de caminhão “andador” com certeza alguém o usou como tal!

Caminhões leves zero Km!

iveco-daily-04

Nessa faixa se encontram vários caminhões leves como o iveco Daily, MB Accelo, entre outros pequenos de boa qualidade. A questão da escolha ai vai do gosto, proposta de venda, entre outros. No meu caso eu optaria por uma marca de mais tradição, e claro, boa assistência técnica!

 

Sinotruk Howo.

1384445613_566353907_1-Fotos-de--Sinotruk-howo-380-6x4-2011-branco

Não, isso não é uma brincadeira, apesar de todos torcerem o nariz para esse chinês, é um caminhão que se encaixa aquele caminhoneiro que precisa de um caminhão novo, traçado, com potencia considerável para agregar em alguma empresa. Escolha sensata quando você começa a observar que existem exemplares ano/modelo 2010 sendo vendidos a 110 mil reais, mesmo sendo um caminhão de comercio péssimo (se não fosse isso não valeria 110 mil reais), olhe para tras e veja que se você fosse comprar os de “marca famosa” você compraria no máximo um do ano 1998, são mais de 10 anos de diferença, em um caminhão que já teve 90% de sua depreciação em 2 anos de uso. Mesmo que perder valor, não será algo gritante, não tao distante do valor residual. E lembrando que alguma das peças de mecânica são compartilhadas com a Volvo.

LEIA MAIS  Novo caminhão Iveco é flagrado em testes na Europa

 

Bônus: Fuja Loko!

VOLVO-FH-12-380-4X2-98-99-5

Como disse essa é uma faixa de preço complicada, mas mais complicada ainda é quando você começa a se atrair por “falsas barganhas” como os primeiros eletrônicos dos anos 2000. Um 124 420 ano 2002 custa 135 mil (mais barato q um 113 as vezes) por vários motivos, mas menos porque ele é bom, assim como um FH12 farol quadrado que as vezes é achado por menos de 100 mil (sim eu já vi) ou até um 1944. São todos caminhões com mais de 400 cv, com uma idade considerável, mas essa “safra” de eletrônicos é a safra de caminhões mais “mancos” do mercado nacional. A tecnologia ainda não estava totalmente aprovada no brasil, poucos mecânicos especializados, baixa adaptação ao nosso diesel super pesado, entre outros fatores que deixaram esses caminhões como verdadeiros pesadelos ambulantes para quem os comprou. Defeitos que nunca são encontrados, alto consumo de combustível, entre outros fatores, então se achar algo parecido, um 124 por 120 mil, um FH por menos de 100, Fuja, pois com certeza é uma bomba ambulante, pronta pra estourar na mão de qualquer um!

 

Aqui fica o texto na faixa de preço de 90 a 150 mil reais. O próximo tratará da faixa de 150 a 250 mil reais, onde se encontram vários semi-novos de excelente qualidade. Caminhões que rodaram muito pouco e ainda tem toda uma vida de trabalho garantida!
Deixe seu comentário, opinião, algum caminhão que possamos ter esquecido!

Abraço!




36 comentários em “Melhores a se comprar! [90 a 150 mil reais]

  • 08/06/2017 em 14:50
    Permalink

    Por favor quero comprar um MB 1938 e quero saber se é um bom caminhão

    Resposta
  • 09/05/2017 em 20:49
    Permalink

    meu nome e ze costa estou querendo comprar um caminhao 3/4 gostaria de saber qual e melhor mb vw ou ford cargo

    Resposta
  • 08/04/2017 em 13:43
    Permalink

    Lembraram até do Sinotruck que teve uma passagem desastrosa pelo país…E esqueceram do 1° caminhão nacional e sempre esteve entre as 3 maiores! Mais de 140 distribuidores, mais de 30 opções de modelos… Sinceramente, ou são muito bairristas ou não entendem nada de veículos de carga !!!! Reflitam que marca eu to falando, pois eu não consigo entender como um blog que se diz `do caminhoneiro` possa dar essa mancada!!! Boa sorte com os EDC….Bicudinhos, Cavalinhos,. Etc Vão precisar!!! Hahaha

    Resposta
  • 07/03/2017 em 18:33
    Permalink

    Boa noite a todos, estou tentando ver qual melhor caminhão pra comprar, estou em duvidas do mb 1620, do vm260, e do vw 24250, sempre ouço falar de caminhão volvo, acho o vm muito bonito e confortável, mais tenho que ver qual melhor custo e beneficio, se bem que se tudo der certo penso em futuramente colocar o 4 eixo, me ajudem ai por favor sou novato na área.

    Resposta
    • 08/04/2017 em 13:46
      Permalink

      Cadê os Ford? E os proprietários satisfeitos ? Tão no trecho ?

      Resposta
  • 20/02/2017 em 23:27
    Permalink

    NÃO LI ANTES EO 1938 TANTO FRONTAL QUANDO BICUDO O QUE ME DIZEM

    Resposta
    • 08/06/2017 em 14:44
      Permalink

      Ninguem sabe nada do mb 1938, eu até queria comprar um mas ninguem conhece!

      Resposta
  • 27/12/2016 em 08:03
    Permalink

    Olá amigo ,tenho um Sinotruk 4×2 380 2012 e o que acontece nele fui passar na vistoria do tacógrafo e quando passei no rolo ele alterava a velocidade e não passa dos 44kmh e do nada libera e torna bloquear novamente o que poderia estar acontecendo caminhão novo nunca trabalhou.

    Resposta
    • 20/12/2018 em 19:41
      Permalink

      Repare que o hodômetro do sinotruck marca 140 e não 125 como os outros caminhoes isso pode estar dando conflito no tacogrtac

      Resposta
  • 02/11/2016 em 08:36
    Permalink

    Bom dia, qual o bi truck usado ou semi novo mais econômico do mercado atualmente? E sera que compensa transformar um 1632,1634 ou 1933 em bi truck?

    Resposta
  • 30/06/2014 em 11:31
    Permalink

    Hélio, qual o melhor caminhão para o transporte, por exemplo, de cimento? Qual a melhor marca, melhor custo de manutenção, o que menos quebra etc… Abraço!

    Resposta
  • 29/06/2014 em 21:56
    Permalink

    boa noite ! A TODOS ,O HELIO VIE UM SCANIA 124 BICUDA 1998 IMPECAVEL RODAS DE ALUMINIO TUDO NOVO COM MECANICA REVISADA E COM GARANTIA DA CC. CARROC. MADEIRA ZERADA , AR COND. BANCOS DE COURO , SÓ NAO SEI SE O 4°EIXO É ORIGINAL OU COLOCADO , NEM SEI SUA POTENCIA POIS NAO FALEI COM PROPRIENTARIO , ELE TA PEDINDO NA FAIXA DE 110MIL , OU ATE FINANCIADO 17MIL E RESTANTE FIXA EM 53 VEZES .! SERÁ QUE VALE A PENA POIS ESTOU APAIXONADO PELO CAMINHAO ,POIS ELE TA MUITO CONSERVADO UMA RELIQUIA ! NAO SEI SE JA É ELETRONICO OU BOMBA ,PESSO OPNIAO DE TODOS PARA DECIDIR ,OBRIGADO A TODOS

    Resposta
  • 24/05/2014 em 19:33
    Permalink

    A cabine Topline, 22,5 cm mais alta foi lançada em set/93 e ganhou prestígio, nesta faixa de preço, creio que o 113 é a melhor opção, depois vem a 1935 que tem um bom conforto e peças robustas, aí vem o EDC, lembrando que os primeiros deram cada tipo de defeito, que o mecânico ficava mais perdido que cego em tiroteio, os FH12 também, tenho um colega ex-Vocal que trocou inúmeros módulos, era assim: o motorista parava para tomar um café por exemplo, quando ia dar a partida, nem sinal, o módulo queimava do nada. Outros defeitos eram MAP, variação da marcha lenta, etc.

    Resposta
  • 21/05/2014 em 10:16
    Permalink

    Sobre o LS1634 o que você acha Hélio? Seria uma boa opção para esta categoria? abraço

    Resposta
    • 21/05/2014 em 13:10
      Permalink

      Bom SuperMario, é um caminhao de um nicho bem especifico. Se for um serviço que não exija muito da potencia é uma boa escolha sim!
      Por ser um caminhao relativamente barato, e com manutenção barato tambem. E não se esquecendo que é um mercedes neh?
      Espero ter ajudado

      Abraço, continue nos acompanhando!

      Resposta
  • 21/04/2014 em 11:23
    Permalink

    Pra quem for comprar um deVolvo tomem cuidado com as pontas do cubo redutor, eita m*rda bem feita, isso sim é uma bomba relogio…

    Resposta
  • 19/04/2014 em 19:11
    Permalink

    Carlos.. Esta ai um bom caminhão e pouco falado.

    Resposta
    • 05/05/2014 em 18:14
      Permalink

      Leo Coe, acredito que esse caminhão , assim como os International Navistar não venderam bem devido as caixas Eaton Fuller serem secas e de inicio dificil para o trabalho do dia a dia , também existia o problema da cabine serem pequenas e desconfortáveis , os Navistar que também usavam as caixas Fuller , tinham cabines gigantes (principalmente o 9200) mas alegavam a dificuldade de manutenção dos motores Caterpillar , que realmente procede , mas eles tinham a opção de motor Cummins , mesmo assim não vendiam e encerraram as vendas no Brasil voltando recentemente com versões eletrônicas e mais sofisticadas . Hoje por incrível que pareça tenho visto um comércio um tanto ativo desses caminhões , eu por exemplo tenho recebido propostas interessantes pelo meu exemplar e também tenho visto muitos Navistar rodando por aí ,mas poucos a venda , os caminhões que temos aí são ótimos sem duvida , mas quando se tem pouco recurso para o início temos que acertar muito na escolha ! Abraços .

      Resposta
  • 19/04/2014 em 15:09
    Permalink

    ~Quando comprei o meu primeiro corrí muito atrás disso tudo que está aí exposto , porém por um acaso do destino me caiu um F4532E com Cabine Topline (fabricada em São Marcos/Rs que hoje não troco tão facilmente , econômico , de fácil e barata manutenção , tem me surpreendido no decorrer do dia a dia , onde rodo tem Volvos 420 , Scania 112/113/124/e tantos outros modelos Mercedoes isso mercedes aquilo , etc,etc , porém todos os meses o premio de produtividade ou é meu ou do outro Fordeco , estou satisfeito !

    Resposta
    • 21/04/2014 em 19:10
      Permalink

      Interessante Carlos!
      Mas com toda certeza seu caminhao ganha na produtividade devido ao ano de fabricação, e ainda nao ter começado a dar manutenção. Isso ocorre bastante, como por exemplo um 113 tem a msma produção, ou até maior, do que um 124 ano 2005…10 anos mais novo!
      Obrigado pela opinião e relato!
      Continue participando!

      Resposta
      • 05/05/2014 em 17:43
        Permalink

        Pois é Hélio , logo após a minha postagem tive problemas com a embreagem e gelei , pois esse é um item meio dispendioso , mas o bicho não foi tão feio como eu pensava , o custo foi tão satisfatório (para mim) que aproveitei o tempo parado e revisei a caixa (Fuller) que na realidade só foi trocado um pequeno rolamento macarrão que fica abaixo da alavanca e faz o balanço da mesma , porém esses caminhões tem um sério defeito que acho que já vem de fabrica que é o lado direito do cavalo sempre estar mais baixo que o esquerdo , pensei que era chassis empenado , mas o próprio profissional da área me disse para observar os outros e me convencer que essa doença está em quase todos ! Abraços a todos .

  • 19/04/2014 em 10:37
    Permalink

    No caso de truck, faltou comentar o MB 1620, excelente caminhão em tudo.

    Resposta
  • 19/04/2014 em 10:36
    Permalink

    Quanto ao HOWO.. Conheço empresario aqui da região, Canoas RS que, adquiriu 3 peças destas, ano 2010.. Se arrependimento mata-se , já teria morrido o velho. Caminhões bonitos, espaçosos, etc.. Mas de baixa qualidade, cheios de problemas estes importados na primeira leva. Pagou uma fortuna por cada um e se desfez a troco de nada um ano depois, saiu mais barato que ficar perdendo e se incomodando atoa com estas tralhas importadas, Produtos chineses feitos lá, montado aqui, são de alto risco. Baixa qualidade no controle de produção.

    Resposta
    • 21/04/2014 em 19:08
      Permalink

      São casos e casos Leo!
      Conheço um pessoal q adquiriu de quem nao gostou e se deu bem…
      Alias, é um caminhao facil de da uma “cabritada” taca um motor de mercedes la e boa kkkkk
      Quanto ao 1620, esqueci mesmo =/!
      Obrigado!
      Continuem participando!

      Resposta
    • 21/04/2014 em 19:06
      Permalink

      Esse eu admito que faltei falar Paulo, nosso amigo Leo tambem lembrou!
      Desculpem!
      Mas obrigado por lembrar e participar!
      Continuem participando, o Blog agradece!

      Resposta
  • 18/04/2014 em 20:08
    Permalink

    também acho que fez falta nesta lista a Scania 112, o mb 2428 e até bem procurado vc consegue achar uma Scania G 470 6×2 por 150 mil certinho e uma 6×4 por 160 mil, bem conversadinho vc tira as duas por 300 mil, ambas na cidade de Ponta Grossa – Pr, essas seriam uma ótima opção como primeiro caminhão tanto para autônomo quanto para quem quiser começar a fazer uma frota.
    #fica-a-dica

    Resposta
    • 21/04/2014 em 19:03
      Permalink

      Ray obrigado pela opinião
      A 112 a gente colocou no post anterior da série de 50 a 80 mil reais!
      O 2428 realmente faltou, sao tantos que a gente esquece, procurei falar dos principais e mais conhecidos!
      Esse caso ai do G470 é um caso isolado, vou falar desses casos no ultimo post “renegados pelo mercado, verdadeiras barganhas”…
      Obrigado pela opinião!
      Continue lendo!

      Resposta
  • 18/04/2014 em 19:16
    Permalink

    Realmente todos são boms, mas o scania 113 1994 top laine é o melhor de manutenção, economico e bom na hora de vender, tenho um destes, mas renho medo de me desfazer e entrar num financiamento, diesel, e manutenção cara e fretes muito baratos, alem disso os financiamentos para autonomos é muito complicado.

    Resposta

Deixe sua opinião sobre o assunto!