BYD lança o maior veículo elétrico movido a bateria do mundo

por Blog do Caminhoneiro

BDY-busBYD Motors deu ponta pé inicial da EXPO American Public Transportation Association (APTA) 2014, em Houston com uma cerimônia de inauguração de um produto inovador para 300 convidados. A cerimônia começou com um convite aos participantes para “jogar fora os grilhões” de um sistema a combustão – e definiu que uma plataforma elétrica é” adaptável “- e torna-se mais limpa continuamente, através do uso de energia eólica renovável, água e geração de energia renovável solar, “, afirmou o vice-presidente Micheal Austin como ele desafiou o status quo daqueles que promovem combustíveis fósseis como uma alternativa limpa. “As consequências de nossas escolhas de hoje deixarão um legado ambiental e econômico que os nossos filhos vão viver, por décadas no futuro.”

Com toda sofisticação esperada em um salão do automóvel internacional, a BYD abriu a cerimônia com uma impressionante exibição de luzes, música e uma multidão de centenas querendo testemunhar o primeiro ônibus elétrico articulado dos EUA, devidamente chamado “The Lancaster”, o mesmo nome da cidade na Califórnia onde ele foi projetado e fabricado. O vice-Prefeito Marvin Crist de Lancaster proclamou: “BYD Motors é uma empresa de fabricação americana estabelecida em uma zona industrial na cidade de Lancaster – que já contratou mais de 60 norte-americanos naturais de Lancaster, Califórnia, para construir com uma tecnologia limpa, ônibus elétricos e módulos de energia.” O Lancaster eBus, quebra de paradigmas, sendo o primeiro ônibus elétrico articulado de 18,9 metros movido à bateria com uma autonomia de mais 170 quilômetros com uma carga única e a capacidade de acomodar até 120 passageiros. O Lancaster estava em desenvolvimento há quase dois anos, e é um exemplo de quão comprometida BYD é para os mercados americano de Rapid Transit. “A missão da BYD é criar tecnologias de bateria ambientalmente mais eficientes e seguras. Isso resultou na bateria BYD de Fosfato de Ferro-lítio, uma bateria à prova de fogo, totalmente reciclável, e incrivelmente inovadora com um ciclo de vida o longo, que é a fundação dos ônibus elétricos da BYD.

Estes os ônibus funcionam inteiramente à bateria com duração de até 24 horas com uma única carga, com um carregamento de 2-4 horas “, disse o vice-presidente de vendas da BYD, Brendan Riley. “Não há necessidade de construir nova capacidade de geração de energia para carregar nossos ônibus, já que durante a noite a rede é utilizada somente 40% do potencial disponível”.

No stand da BYD também estava a amostra um ônibus de 12 metros movido bateria elétrica da Antelope Valley Transit Authority (AVTA). O presidente do conselho da AVTA Norm Hickling se gabou de que o ônibus de 12 metros foi o único do salão que ” que dirigiu mais de 2400km com emissão zero, saindo de Los Angeles até a Houston para a Expo pelos seus próprios meios.” O ônibus BYD foi testado pela AVTA em agosto, período mais quente do verão Lancaster, com pleno ar condicionado funcionando e com 2382kg de sacos de areia para simular uma carga completa de passageiros. Ele afirmou ainda: “Nós dirigimos cerca de 160 km a mais do que BYD anuncia” – que tem uma autonomia de até 400km por carga, e ao todo abrangeu cerca de 1200km em 24 horas! Estamos muito impressionados com a tecnologia e qualidade da BYD “A notícia mais interessante sobre esta viagem de 2400Km para o Texas é que foi concluído com apenas “US$ 200 gastos em energia elétrica. De todos os ônibus da feira, essa foi a viagem de menor custo”

“BYD está liderando o Renascimento do Trânsito – um renascimento do transporte elétrico … mas desta vez sem quilômetros de trilhos, ou fios feios acima do veículo ou estações de carregamento”, disse o vice-presidente BYD Micheal Austin. “Se você olhar em volta no salão, há ônibus eléctricos em todos os maiores fornecedores de mobilidade urbana! Esta é uma inversão completa da Expo, há três anos atrás, nós erámos os únicos expondo um ônibus elétrico de 12 metros movido à bateria, com um longo alcance – temos o orgulho de dizer que fomos os primeiros e hoje estamos levando a mobilidade urbana a um novo patamar de novo” A Expo APTA continua até quarta – feira 15 de outubro no Centro de Convenções George R. Brown, em Houston, TX.

Sobre a BYD e o seu modelo de negócios no Brasil

Especialista em veículos elétricos e baterias recarregáveis, a BYD tem 180 mil funcionários em 13 parques industriais em todo o mundo. A BYD tem plantas industriais e escritórios nos Estados Unidos, Europa, Japão, Coréia do Sul, Índia, Taiwan, Hong Kong e São Paulo. A fábrica de ônibus elétrico de Campinas será a terceira fora da China, após a pioneira unidade na Califórnia nos EUA.

Na área de novas energias, a BYD desenvolve produtos sustentáveis e inovadores, como painéis fotovoltaicos, sistemas de armazenagem de energia, veículos híbridos e elétricos, lâmpadas e componentes de LED, entre outros produtos associados à economia verde. Nessas áreas, a BYD também figura entre as maiores produtoras mundiais de painéis solares, LED e sistemas de armazenamento de energia. E também a segunda maior produtora de componentes eletrônicos para celulares, tablets e computadores portáteis do mundo. Considerada como a marca mais inovadora da China e oitava marca mais inovadora do mundo (Bloomberg Bussiness, 2010) a BYD Auto é também o maior fabricante de ônibus elétricos no mundo, e maior montadora local de veículos da China.

Como a maior fabricante mundial de baterias recarregáveis, sua busca por criar uma bateria mais segura e sustentável gerou a revolucionária tecnologia da bateria de ferro. Essa bateria não pega fogo e pode ser reciclada por completo. Com vida útil por toda a vida dos veículos, a bateria de ferro se transformou no centro da nova tecnologia que se expandiu para carros, ônibus, caminhões e sistemas de armazenamento de energia. Atualmente, milhares de ônibus e carros elétricos já rodam pelo mundo todo.

Testes com ônibus elétricos da BYD no Brasil foram feitos em São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Palmas, Brasília e Campinas. E, segundo metodologia e programa de testes liderados pela C40 Cities & Fundação Clinton, com financiamento do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento), das 16 diferentes tecnologias de ônibus avaliadas em 4 cidades da América Latina (Rio de Janeiro, São Paulo, Santiago e Bogotá), o ônibus elétrico da BYD teve o melhor desempenho dos testes, apresentando redução de 81% no consumo energético e redução de 75% no custo operacional (Fonte BID/ISSRC 2013) além de menor custo manutenção e poucas adaptações nas garagens.

O modelo de negócios adotado pela BYD para introdução dos ônibus elétricos no mercado nacional será vendê-los pelo mesmo preço do similar a diesel, com o contrato de leasing da bateria a ser pago pela economia do combustível. Modelo similar será oferecido para táxis. Sem entrada e sem pagamento pelo veículo, o taxista pagará o custo do combustível para a BYD, via contrato de leasing do veículo com bateria e energia inclusas. Assim, a Empresa espera poder viabilizar a troca de amplas frotas de veículos poluentes para veículos de emissão zero, sem aumento nos custos dos sistemas de transporte público.

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-98800-6519

Artigos relacionados

Escreva um comentário