Quem inventou o Bitrem? [Resposta Definitiva]

Digitalizar0054 - anos 80

O transporte rodoviário de cargas brasileiro tem, ao longo do tempo, passado por constantes mudanças, sejam elas no preço dos combustíveis, fretes e custos operacionais em geral. Atrelado a essas mudanças e ao crescimento do setor os transportadores buscaram e buscam tornar seus conjuntos mais eficientes, com isso na história do transporte vemos o surgimento de novas combinações, como a passagem dos caminhões toco para os truck, dos truck para as carretas simples, das simples para a LS e assim por diante, chegando nos dias de hoje onde as estradas são dominadas por rodotrens de 25 a 30 metros e combinações de carretas LS com cavalo mecânico com 4° Eixo.

Mas nem uma dessas mudanças foi tão marcante quanto o surgimento do Bi-Trem no transporte nacional. Esta combinação que garantia o transporte de 40 toneladas de carga liquida, totalizando 57 ton de peso bruto, que transportava cerca de 8 toneladas a mais do que um conjunto convencional da época fez com que o bitrem caísse no gosto do transportador brasileiro, fazendo suas vendas decolarem. Com tamanho acontecimento, os boatos sobre quem inventou o bi-trem, quem foi o pioneiro na aquisição, entre outras duvidas sobre o assunto geraram muitas fofocas, discussões e conversas de pátio de posto. Mas sempre conversas sobre fatos sem fundamentos e histórias de um “conhecido de um conhecido meu que contou”.

Scania 143h 450 atrelado a um bitrem Guerra em meados de 1995.
Scania 143h 450 atrelado a um bitrem Guerra em meados de 1995.

Depois de muito tempo de pesquisa nas horas vagas, entrando em sites relacionados, conversando com pessoas com algum fundamento prático na área de implementos entre outras pesquisas, finalmente consegui encontrar fontes confiáveis do surgimento do tal implemento que para muitos era chamado de “estraga-frete”.

A grande invenção surgiu em meados de 1988, em Caxias do Sul – RS, pelas mãos do genial Sr. Dirceo Sironi dono da transportadora Sobre Rodas.  Como afirma o texto retirado da própria pagina da transportadora:

LEIA MAIS  PRF flagra uso de AET irregular em Osório-RS

“Iniciaram os testes do primeiro e famoso BITREM de 7 eixos de 40 toneladas de carga, 57 toneladas total e 19,80 metros de comprimento, rodando diuturnamente, a GRANDE INVENÇÂO DE DIRCEO SIRONI, onde se conseguiu a liberação das primeiras AET´s – Autorização Especial de Trânsito, com acompanhamento do CONTRAN, do DEST (Rio de Janeiro) vinculado ao antigo DNER e Polícia Rodoviária Federal e Estaduais. Estes testes foram liberados para a Transportadora Sobre Rodas Ltda e A. Guerra S/A.” ( http://transsobrerodas.com.br/1980.html ).

No site também existe um grande acervo de imagens da época que provam o pioneirismo nos testes destas combinações, mostrando bi-trens com apenas 4 tampas (2 em cada carreta) atrelados a caminhões potentes da época.

Volvo N12 com bitrem de teste Guerra, com apenas 4 tampas!
Volvo NL12 com bitrem de teste Guerra, com apenas 4 tampas!

E em 1990 o bitrem é finalmente legalizado para comercialização, como consta no site:

“Decreto Lei n º 98.933 de 07 de fevereiro de 1990 – eixo dianteiro passou de 5 toneladas para 6 toneladas. O famoso BITREM de 7 eixos e 57 toneladas total, equipamento que foi o marco da nova era do transporte rodoviário de cargas foi finalmente liberado pelo DEST/DNER (já com sede em Brasília) para comercialização a outras empresas de transporte rodoviário de carga com os fabricantes A. GUERRA S/A e RANDON S/A (em junho de 1991 saiu a primeira AET para BITREM Randon). (http://transsobrerodas.com.br/1990.html ).”

LEIA MAIS  PRF flagra uso de AET irregular em Osório-RS
Scania 143h 450 com Bitrem Guerra já homologado para vendas!
Scania 143h 450 com Bitrem Guerra já homologado para vendas!

Com tais informações, com forte embasamento teórico, acabam-se todos os boatos sobre o surgimento deste implemento que marcou uma nova era no transporte nacional e ainda marca com as inúmeras variações que o bitrem é submetido hoje em dia (bitrenzão, superbitre, etc..).

E as invenções do Sr. Sironi não param por ai, ele foi responsável pela criação do 3° eixo nos truck em 1960, responsável pelo aperfeiçoamento do Rototrem com Dolly, entre outras adaptações e invenções que revolucionaram o transporte nacional.

Com toda certeza o Sr. Sironi merece um reconhecimento especial para tais feitos. Atualmente ele ainda é proprietário da transportadora Sobre Rodas, que possui cerca de 21 caminhões, alguns ainda com invenções feitas por ele. Confesso que não sabia nem da metade do que aprendi pesquisando sobre este implemento, e muito menos da historia deste senhor que revolucionou o transporte nacional.

Sr. Dirceo Sironi ( o inventor do bitrem!)
Sr. Dirceo Sironi ( o inventor do bitrem!)

Fico feliz em poder compartilhar esta descoberta com toda a comunidade transportadora e simpatizantes, e desde já agradeço a Transportadora Sobre Rodas pela disposição do Site e Imagens para que possamos passar esta história a diante e enriquecer nosso conhecimento sobre o transporte brasileiro.

Quem quiser conferir mais imagens (totalmente nostálgicas) é só acessar : http://transsobrerodas.com.br/

Obrigado!

Hélio David




34 comentários em “Quem inventou o Bitrem? [Resposta Definitiva]

  • 02/12/2018 em 08:02
    Permalink

    Nessa epoca o peso bruto total era 60t e a maioria andava com mais ou menos 40 de carga alem do peso dos caminhoes q eram mais pesado na epoca se fosse 57 mal mal andava com 36 pq eles tinha o conjunto bem pesado.

  • 09/02/2017 em 07:48
    Permalink

    Perfeito perfeito perfeito enquanto o sulista inventa bitrem triminhao vanderleia conjugado pra trabalhar mais o nordestino faz filho pra trabalhar menos eh ganhar bolsa família do conterrâneo de 9dedos perfeito perfeito perfeito

    • 06/12/2018 em 18:35
      Permalink

      Tão certo eles uai..

  • 08/01/2017 em 12:58
    Permalink

    so reclama quem nao sabe manobrar o bagulho….entao deixa pra nois pururu e arruma um 1113 tokinho pra ve c da diconta…e tuuudibaaaoo…

  • 14/12/2016 em 22:01
    Permalink

    De não ganha dinheiro com 27 , pior com 40 toneladas no lombo , deve ter sido inventado por alguém que não dirige caminhão disso eu tenho certeza

  • 14/12/2016 em 18:51
    Permalink

    Pois é, enquanto o gaúcho inventa o Bitrem o cearense faz filho pra aumentar o bolsa família !

  • 14/12/2016 em 18:05
    Permalink

    Foi o maior ato de burrice…. É burro mais não come campim…

  • 14/12/2016 em 14:05
    Permalink

    BITREM FOI INSPIRADO NOS 3 ESTADOS DO BRASIL…PAULISTA (CAVALO) E O QUE MAIS TRABALHA E QUE MAIS FAZ FORÇA…BAIANO (CARRETA DO MEIO , SÓ TRABALHA ARRASTADO)…ÚLTIMA CARRETA GAÚCHO (VAI REBOLANDO NA PISTA ) XAU OBRIGADO!

  • 14/12/2016 em 11:05
    Permalink

    Foi a porcaria do gaúcho. Não tinham o q fazer, nem fazer o love, aí inventaram o bitrem

  • 14/12/2016 em 09:32
    Permalink

    A pior invenção.
    E o pior stamos sendo vencido por essa invenção

  • 14/12/2016 em 09:14
    Permalink

    Pq a onça não comeu a parteira da mãe dele? Verdadeiro fidirapariga.

  • 27/10/2016 em 15:45
    Permalink

    Só reclama quem nao sabe operar a maquina

  • 04/10/2016 em 10:50
    Permalink

    Vc q mandou aprende abotoa a camisa q tem mais estudo q ele pq não faz oq ele emventou com poucos recursos da época idiota.

  • 04/09/2016 em 02:25
    Permalink

    nos anos 60 eu aprendi a dirigir em um caminhão igualzinho a esse da foto, do meu amigo Toninho Ruivo, o toninho do orozimbo, em Itararé-sp.

    • 19/09/2016 em 12:16
      Permalink

      Deveria ter aprendido a botoar a camisa.

  • 03/09/2016 em 16:25
    Permalink

    Foi Zé cuiudo que saber detalhes sobre Zé cuiudo tá inventando outra composição pra feder mais ainda o transporte

  • 03/09/2016 em 15:16
    Permalink

    Primeiro esse senhor deveria tem feito um estudos das condições de nossas rodovias,pontes,viadutos e portos se esses estavam em condições de receber sua invenção !

    • 27/10/2016 em 15:44
      Permalink

      Invente alguma coisa boa antes de criticar

Fechado para comentários.