Veja quais são as rodovias federais mais perigosas para os motoristas

por Blog do Caminhoneiro

estradas - caminhoesBoa parte do tempo de um caminhoneiro ou motorista é gasto na estrada. Com a experiência vem a sabedoria sobre as rodovias, os melhores e piores trechos para enfrentar, mas com os mais de 60 mil quilômetros de rodovias federais no Brasil fica difícil se lembrar de todos. Entre agosto de 2013 e julho de 2014 foram mais de 8.400 mortes por acidentes nas estradas e quase 27 mil pessoas feridas, inclusive no transporte com ônibus.

No último relatório divulgado pela Polícia Rodoviária Federal foram revelados quais os trechos mais perigosos das rodovias do país.

BR 222 – Ceará

O trecho entre o quilômetro 0 e 10 da BR 222 no Ceará foi considerado o mais perigoso do país. No período avaliado pela Polícia Rodoviária foram 168 acidentes graves registrados no local com 204 feridos graves e 9 mortes.

BR 101 – Santa Catarina

Em segundo lugar está o trecho entre o quilômetro 200 e 210 da BR 101 em Santa Catarina. Foram registrados 130 acidentes graves no local no período de um ano, resultando em 139 feridos graves e 6 vítimas fatais.

BR 101 – Espírito Santo

O terceiro trecho mais perigoso do país é entre os quilômetros 260 e 270 da BR 101 no Espírito Santo. A região foi responsável por 115 acidentes graves, com 138 feridos graves e 11 mortes.

Outro trecho da BR 101, também no Espírito Santo, aparece em quinto lugar do relatório. Entre os quilômetros 140 e 150 foram registrados 89 acidentes graves, com 88 vítimas graves e 12 fatais.

BR 316 – Pará

Para quem chega ou sai de Belém pela BR 316 no Pará a atenção é indispensável no quarto trecho mais perigoso do país. O trecho foi responsável por 90 acidentes graves em um ano e teve registradas 94 vítimas graves. O número de mortes no local foi de 9.

Outros locais

O relatório da Polícia Rodoviária ainda considera outros cinco trechos com alto índice de periculosidade para os motoristas:

  • BR 262 – Espírito Santo (entre quilômetros 0-10)
  • BR 101 – Santa Catarina (entre quilômetros 210-220)
  • BR 316 – Piauí (entre quilômetros 0-10)
  • BR 343 – Piauí (entre quilômetros 340-350)
  • BR 101 – Espírito Santo (entre quilômetros 290-300)

Ônibus

Há também os acidentes com ônibus que aumentam nos períodos de férias. Segundo o último levantamento do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) dos 726 mil veículos que se acidentaram em 2009, 10 mil eram ônibus ou micro-ônibus. Um dos fatores que influenciam este número está a venda de ônibus não adequados para o transporte de passageiros. Para comprar um ônibus usado visando o transporte de pessoas é imprescindível ter atenção as condições do veículo.

Post Colaborativo Campione

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

Deixe sua opinião sobre o assunto!