COLUNA MOBILIDADE EM FOCO – A MELHOR PROVA DA ALTA QUALIDADE MERCEDES

por Blog do Caminhoneiro

L-312 Torpedo 1956

“Chega um momento em que é inevitável colocar aquele letreiro “Vende-se” no caminhão Mercedes-Benz. Ele já conviveu com o dono muitas horas de estrada, proporcionou excelentes lucros, deu pouco trabalho e raramente ficou parado. Mas é necessário vendê-lo para comprar um Mercedes-Benz novo. Então acontece uma coisa gozada, o dono do Mercedes-Benz antes da venda já começa a sentir saudades. Fica cheio de exigências e fala para os compradores: ‘troca o óleo de tantos em tantos quilômetros, só leva naquela oficina autorizada tal, não muda o letreiro do pára-choque, etc. e tal’.

Mas ele pode se dar a este luxo. Comprador para caminhão Mercedes-Benz usado nunca falta. Aquele amigo que pediu preferência, aquele desconhecido que apareceu com dinheiro a vista ou conhecidos que pagam o que o dono pedir, só que pedem um prazinho para o saldo, etc. e tal. Caminhão Mercedes-Benz dá lucro sempre. E aqui está um exemplo que não nos deixa mentir. Olha a ilustração deste anúncio. Aí está o velho herói Mercedes 312. Ele foi o primeiro caminhão diesel fabricado no Brasil. Em 1958. Naquele tempo os caminhões diesel importados tinham problemas (pavio, cheiro de éter e outros quebra-galhos).

Ele não. Sempre funcionou bem. Foi o responsável pelo prestigio de que hoje gozam todos os caminhões diesel em trafego no País. Mas ele ainda está aí. Sólido e firme o velho herói. E dando alegrias e lucros para quem o possui. Como todos os caminhões Mercedes-Benz na hora da despedida”. Nestes dois parágrafos inteiros e breve inicio do terceiro temos texto publicitário dos caminhões Mercedes-Benz, com ênfase na durabilidade, no baixo custo de manutenção, nos lucros obtidos com o trabalho dele e o excelente valor de revenda. E não se trata de propaganda enganosa, tipo a propaganda dos partidos políticos exibida na TV. Os caminhões Mercedes-Benz sempre foram considerados veículos que primam pela excelência.

12728838_836884463106225_3337637748559909121_nO caminhão que ilustra esta propaganda é um Mercedes L-312, apelido: “Torpedo ou Torpedinho”, por causa do formato do cofre do motor. Trata-se do primeiro caminhão fabricado no Brasil pela Mercedes-Benz entre os anos de 1958 a 1960. Foi o antecessor do LP-321. O texto da propaganda comete uma gafe, não sei se proposital ou por falta de conhecimento do assunto abordado. Não foi o L-312 “Torpedo” o primeiro caminhão com motor diesel fabricado no Brasil. Este pioneirismo coube ao FNM Isotta Fraschini IF-D-7.300, produzido pela Fábrica Nacional de Motores entre os anos de 1949 a 1951, sete anos antes do lançamento do MB L-312.

Texto/matéria: Carlos Alberto Ribeiro
Página MOBILIDADE EM FOCO: AQUI O DEBATE É TÉCNICO

COMENTAR

Artigos relacionados