Pesquisa do DNIT vai ouvir mais de 500 mil motoristas sobre condições das rodovias federais

por Blog do Caminhoneiro

A partir da meia noite do dia 1º de julho até o dia 7, condutores de veículos que passarem pelas das principais rodovias federais do país serão alvo da Pesquisa de Origem e Destino, do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil por meio do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). A ação, que vai levantar um diagnóstico socioeconômico das viagens nas rodovias federais, é a terceira etapa da pesquisa realizada em parceria com a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e o Comando de Operações Terrestres do Exército Brasileiro (Coter).

Ao todo, 5 mil militares do Exército estarão posicionados em 123 postos das rodovias federais de 24 estados – com exceção do Amazonas, Roraima e Amapá – para aplicar um questionário aos motoristas de veículos de passeio e de carga sobre os motivos da viagem e as condições das estradas. Entre as principais rodovias da operação, estão a BR-116, BR-101, BR-153, BR-163 e BR-364. As coletas das informações acontecerão simultaneamente nas localizações disponíveis nos mapas do PNCT (Plano Nacional de Contagem de Tráfego). A pesquisa é voluntária e será feita por amostragem, de forma aleatória, por tipo de veículo. Toda a metodologia e tratamento dos dados sobre o fluxo de veículos são realizados pela UFRJ.

Planejamento

A expectativa é de que mais de 500 mil entrevistas sejam realizadas nestes sete dias de levantamento. De acordo com o diretor-geral do DNIT, Valter Casimiro Silveira, a pesquisa é fundamental para o aprimoramento das demandas por transportes nas rodovias e, assim, para a definição das ações de planejamento para o setor.

“Essa pesquisa é um momento de grande exposição do DNIT perante a sociedade e os usuários. É a oportunidade para identificarmos os gargalos e definirmos as prioridades de gestão para que possamos oferecer as melhores condições de trafegabilidade no país”, afirma Casimiro.

Pelo questionário são verificadas a origem e o destino dos motoristas, o tipo de carroceria, ano de fabricação do veículo, número de passageiros, tipo de combustível, motivo de escolha da rota, motivo de viagem e carga transportada, entre outras. Além disso, o condutor do veículo pode sugerir, dentro da rota seguida, os melhores municípios para a criação de um local de parada obrigatória de descanso.

Para a coleta dos dados, os militares vão utilizar 700 tablets adquiridos pelo DNIT. Ao final da última etapa da pesquisa, prevista para novembro de 2017, os equipamentos serão disponibilizados às superintendências regionais do DNIT para auxílio nos trabalhos de campo nas rodovias. Com isso, o governo poderá identificar os principais gargalos das rodovias federais e priorizar os instrumentos de gestão para melhorias no setor.

Pesquisa

A Pesquisa Origem e Destino teve início no ano passado, com a coleta das informações divididas em quatro etapas. Na primeira fase, realizada em julho de 2016 em 60 postos das cinco regiões do país, foram contados e classificados 3.549.768 veículos e entrevistados 210.984 condutores. Na segunda etapa, em novembro de 2016, também em 60 postos, a pesquisa contabilizou 297.242 mil entrevistas e 2.322.899 veículos.

A Pesquisa Origem e Destino é uma ação estratégica do PNCT do DNIT, que identifica, a partir desse diagnóstico socioeconômico, os gargalos logísticos dos principais corredores de transportes do país, a necessidade de expansão ou adequação de capacidade das rodovias, e de projetos para construção ou manutenção da malha rodoviária brasileira. Além da pesquisa, ainda faz parte do PNCT o levantamento de contagem permanente automatizada, outro importante instrumento de gestão para elaboração do planejamento da manutenção da malha rodoviária brasileira.

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

72 comentários
0

Artigos relacionados

72 comentários

Elenir Cieslak 27/06/2017 - 21:20

Espero que tambem visitem as rodovias

Reply
Paulo Sanguanini 27/06/2017 - 20:57

Nem perco meu tempo em responder digo já respondi de manhã

Reply
Mauro Nascimento 27/06/2017 - 20:51

Ainda vai fazer pesquisa um pouco boa ta as que tem pedagio e as que não tem nem precisa pesquisar

Reply
Admar De Oliveira Medina 27/06/2017 - 20:26

E precisa? Qualquer um sabe que as estradas do Brasil estão degradadas,e mais uma coisa inútil que vão fazer…. tentar confirmar o óbvio.

Reply
L Fernando Lemos 27/06/2017 - 19:44

Ta mas precisa fazer pesquisa se até cego ve as mas condições das rodovias brasileira..

Reply
Marlon Lima 27/06/2017 - 17:43

so ouvir né ..

Reply
Marcio Machado 27/06/2017 - 16:00

Só gasto a toa e só eles pegar um caro e ver eles mesmo com os olhos deles mesmo

Reply
Wellington Vieira 27/06/2017 - 15:38

Ta uma merda as rodovias

Reply
Oseias Oliveira 27/06/2017 - 15:07

Pesquisas envolvem gastos e eu acho que não precisa ouvir tantos motoristas pra uma coisa tão óbvia. O país inteiro sabe que a grande maioria das rodovias estão em péssimo estado de conservação.

Reply
Adriano C Carnetti 27/06/2017 - 14:44

Tem.de fa ser com as rodovias sem pedágios

Reply
Mauro Rodrigues 27/06/2017 - 12:07

Tá e ai qual será o resultado dessa pesquisa?? isso é demagogia barata para mostrar que estão fazendo algo em beneficio dos profissionais do segmento.

Reply
Paulo Sanguanini 27/06/2017 - 20:56

O benefício é gastar dinheiro com as pesquisas e não resolver nd

Reply
Alexandre Junior 27/06/2017 - 10:40

E precisa?

Reply
Felipe Franco 27/06/2017 - 10:38

Fazer essas pesquisas em rodovias pedagiadas é fácil. Quero ver eles virem aqui em Paranaguá ver como esta o lixo de acesso ao porto que é de responsabilidade deles.

Reply
Alex Pagani 27/06/2017 - 09:36

Vai ouvir só reclamações as estrada estão lixo

Reply
Cassiano Rauber 27/06/2017 - 02:04

Com certeza farão a pesquisa em uma BR recém reformada .

Reply
Servio Tulio Rocha Nascimento 27/06/2017 - 01:24

E precisa,, eles são cegos ou imbecis.

Reply
Marcelo da Silva 27/06/2017 - 01:09

Quando e onde

Reply
Nilson Menezes de Souza 27/06/2017 - 01:05

Tomara que tais informações não virem apenas estatísticas.

Reply
Luciano Passos 26/06/2017 - 20:23

Ouvir o que o brasil inteiro já sabe

Reply
Nilson Luz 26/06/2017 - 20:17

O maior absurdo e o que eu ouvi numa rádio do cuiaba um comercial do governador dizendo que aponta o mato grosso com as rodovias ótimas kkkkkk só de avião este governador anda esse tal de Pedro tax e uma piada

Reply
Macagnan Moises 26/06/2017 - 20:09

So buraqueira

Reply
Macagnan Moises 26/06/2017 - 20:08

Tão orives

Reply
Daniel Ramos 26/06/2017 - 19:27

Como se isto iria resolver alguma coisa.e outra o MT sabe quais rodovias estão precárias..

Reply
Valmir Bonfim 26/06/2017 - 17:25

Sou motorista, na minha opiniao tinha que ter pronto atendimento nos postos de combustiveis tambem para atendimento nois motoristas que levamos comigo na sua mesa.

Reply
Cavalcante Alves 26/06/2017 - 17:15

Kkk esses caras tá de brincadeira com a cara do caminhoneiro, será que eles n andam nessas rodovias para ver a situação

Reply
Rudineia Lunardi Néia 26/06/2017 - 17:12

Ouvir pra que pra fazer nada depois todo mundo sabe as rodovias estão abandonadas cheias de buracos governos curuptos so sabem roubar do povo

Reply
Bruno Ribeiro 26/06/2017 - 17:11

Desses mais de 500 mil a resposta será uma só.

Reply
Gelson Cordeiro 26/06/2017 - 17:08

Todo ano é a mesma bosta,ficam parando a gente fazem nós perder tempo com os mesmos blá blá blá. E as estradas estão todas sem excessão até mesmo as com pedágios uma bosta

Reply
Ademir Favero 26/06/2017 - 15:41

todas uma porcaria pouca vergonha abisurdo políticos corruptos e governadores tbm tudo canalhas

Reply
Deny Machado 26/06/2017 - 15:35

Kkkkkk e cada coisa! Eles são cegos não estão vendo a merda que está

Reply
Rodrigo Carvalho Costa 26/06/2017 - 15:25

D novo? Isso deve ser especulação pra inventar um novo imposto

Reply
Rogerio Mendonca 26/06/2017 - 15:11

Esse governo brasileiro é uma piada mesmo né ate os pinguins lá da Antártida sabe que as rodovias do Brasil não presta e eles ainda querem fazer pesquisa e é bem perigoso depois da pesquisa eles vim falando que tem 99 % Boa que ve

Reply
Joao Krupeczak 26/06/2017 - 15:10

http://goo.gl/r8fEVM

Reply
Magraõ Bala 26/06/2017 - 15:09

Só ouvir mesmo ,,porque ninguém faz nada só pintam e os buracos tão em toda parte….

Reply
Qra Danilo 26/06/2017 - 15:07

Falou certo, Só ouvir mesmo né? Porque fazer alguma coisa ninguém faz não!

Reply
Fernando Bernardo 26/06/2017 - 15:01

Ouvir o que esse povo do dnite tão onde na lua tá tudo virado nuns lixos todas rodovias

Reply
Eloilton Vidal 26/06/2017 - 14:58

E vai resolver ????????? Eu ouço isto a pelo menos 40 anos, até os anos 80 se fazia muita coisa pelas rodovias e ferrovias, depois disto, só foi enganação, politicagem dessas merdas que aí estão…

Reply
Fernando Michelle 26/06/2017 - 14:50

Isso é piada é kkk

Reply
Eduardo Bueno Ferreira 26/06/2017 - 14:38

Não precisa fazer pesquisa,. As rodovias federais estão todas abandonada.

Reply
Williame Junior Junior 26/06/2017 - 14:30

Ñ precisa gasta tempo fazendo pesquisa ñ so basta eles andar nas rodovias ai eles vão ver cm os proprios olhos deles..

Reply
Bruno Misquita 26/06/2017 - 14:22

Hahaahaha precisa de pesquisa??
Pqp era melhor jogar o $$ gasto com essa pesquisa nas estradas em forma de asfalto.

Reply
Felipe Silva De Aguiar 26/06/2017 - 14:10

Ta uma merda as rodovia do Brasil
Pagamos pedágio e impostos absurdamente caro

Reply
Max Santos 26/06/2017 - 14:06

Precisa ouvir ainda!!é so pegar uma CAMINHONETONA DO DNIT e sair plo Brasil a fora

Reply
Indiamara Berci Ouriques 26/06/2017 - 14:04

Precisa de pesquisa ainda?? Por favor né….

Reply
Jean TIago Antunes 26/06/2017 - 13:59

Ainda precisa ouvir os motoristas ?..que bosta

Reply
Rogerio Jc 26/06/2017 - 13:40

Nao precixsa nem entrevistar. Ta tudo virado numa merda. Nem as pedagiadas prestam

Reply
André Junqueira 26/06/2017 - 13:37

Nas redes sociais está estampado pra todos verem a situação das rodovias federais principalmente no Mato Grosso, onde já tem pedágio cobrando e o asfalto acabando.

Reply
Luiz Mario 26/06/2017 - 13:36

Ouvir o oque esses caras querem fazer o povo de otario mesmo usem esse tempo de perguntar e vão usar nosso dinheiro pra fazer as estradas decente bando de covardes….

Reply
Leymar Machado 26/06/2017 - 13:27

Nao precisa olvir ninguem e so da uma volta em qualquer estado do Brasil q ja comprova a miseria q e as rodovias ate mesmo as pedagiadas senhores

Reply
Luis Fernando Rodrigues Gil 26/06/2017 - 13:17

Mas precisa ouvir, não esta nítido ainda, as precárias situações da nossa malha viária!

Reply
Francisnei Simonides 26/06/2017 - 13:01

Precisa de ouvir para de palhaçada 70% estão em péssimo estado

Reply
Flavio Costa 26/06/2017 - 12:55

Ainda precisa fazer pesquisas? ? DNIT , Brasil e uma bosta

Reply
Nilton Oliveira 26/06/2017 - 12:29

Se o pessoal andasse por terra , eles iam ver como estão as rodovias brasileiras. As pistas dos aeroportos estão em excelente condição

Reply
Daniel Faustino 26/06/2017 - 12:23

Mas não fala que os outros dinheiro que já pegou só fez a maior parte só tapa buracos

Reply
Daniel Faustino 26/06/2017 - 12:21

Aí o DNIT chega ao governo federal e fala por como está as rodovias.

Reply
Mauricio Vogt 26/06/2017 - 12:14

Essa pesquisa será mais inútil que cinzeiro em moto…

Reply
Nilson Luz 26/06/2017 - 11:50

Perca de tempo até cego sabe que não tem rodovia Boa aqui no mato grosso nem a pedagiada presta

Reply
Yan Honorio 26/06/2017 - 11:44

Vai acabar com as rodovias kkkkkk tao tudo umas bostas

Reply
Matheus Dias de Macedo 26/06/2017 - 11:32

Só pegar um carro e andar BR 230

Reply
Rochester Magnun 26/06/2017 - 11:32

So ouvir nao basta tem q tentar fazer…

Reply
Ricardo Silveira 26/06/2017 - 11:30

Precisa pesquisa kkkkkkkk, vergonha nossas estradas

Reply
Luiz Carlos Amaral 26/06/2017 - 11:20

Com coisa que vai adiantar alguma merda

Reply
Claudinei Simoes 26/06/2017 - 11:20

Pra que ???

Nao vai servir de nada, soh pra tomar tempo mesmo

Reply
Daniel Staub 26/06/2017 - 11:15

Só falar a verdade

Reply
Francis Rafael Biazussi Machado 26/06/2017 - 11:15

Cleomar Jose Immich

Reply
Francis Rafael Biazussi Machado 26/06/2017 - 11:15

Kkk q piada

Reply
Cleiton Arrais 26/06/2017 - 11:15

DNIT pega um carrinho e vá olhar como que tá as estradas do Brasil! Comece pela trans amazônica que até cego ver que tá ruim por lá! Kkkkkk

Reply
Nilander Araujo 26/06/2017 - 11:12

DNIT isso é uma fraude só meio de arrecadar

Reply
Danilo Sena Freitas Freitas 26/06/2017 - 11:10

DNIT maior Ladrão

Reply
Danilo Sena Freitas Freitas 26/06/2017 - 11:10

Piada

Reply
Joao Roberto Nogueira 26/06/2017 - 11:08

Esse DENIT tinha que ser investigado.

Reply

Deixe sua opinião sobre o assunto!