CCR recebe novo caminhão de combate a incêndios

A CCR ViaOeste e CCR RodoAnel contam com um novo reforço ao combate às queimadas perto das rodovias, típicas do período de estiagem no inverno: um caminhão auto bomba com capacidade de 15 mil litros em seu tanque – um dos maiores do segmento – e alcance de 56 metros de jato d’água. A concessionária já iniciou a Operação Corta Fogo 2017, direcionada pela ARTESP (Agência de Transportes de São Paulo) nas rodovias paulistas, na qual são reforçadas ações educativas e operacionais.

O novo caminhão, que permite o reforço da atuação dos resgatistas da concessionária no combate a este tipo de ocorrência, começou a atuar no Sistema Castello-Raposo e Trecho Oeste do RodoAnel neste inverno. No caso de incêndios de grande porte, as concessionárias sempre contam com a orientação e o apoio do Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo.

Entre junho e outubro, as concessionárias intensificam campanhas educativas, realizadas durante todo o ano, para conscientizar os usuários sobre os perigos das queimadas no período de estiagem, em apoio à Operação Corta-Fogo. A ação tem como objetivo garantir a integridade dos campos e florestas do estado de São Paulo por meio de ações de prevenção, monitoramento e combate ao fogo não autorizado ou fora de controle.

Além de veicular mensagens educativas nos Painéis de Mensagens Variáveis (PMVs), as concessionárias distribuem 40 mil folhetos nas praças de pedágio com dicas práticas para o motorista que se deparar com fumaça na pista.

Queimadas apresentam redução em 2017

A CCR ViaOeste registra queda de 43% do número de queimadas (de 138 para 78) nas proximidades do Sistema Castello-Raposo, entre janeiro e junho de 2017, na comparação com o mesmo período de 2016. Na mesma base, a CCR RodoAnel aponta queda de 68% (de 107 para 34), no Trecho Oeste do RodoAnel.

“Além da alta incidência de chuvas este ano, o resultado também pode ser associado a maior conscientização dos motoristas sobre o tema”, aponta Diogo Stiebler, gestor de Tráfego da CCR ViaOeste e CCR RodoAnel. Segundo ele, “as bitucas de cigarros arremessadas pelas janelas dos veículos são uma das principais causas de queimadas, pois elas podem incendiar a vegetação seca. Quando o motorista é efetivamente sensibilizado sobre estas questões, o resultado é imediato”.

 

Deixe um comentário!

Conheça a nova série especial da Scania O Royal Eagle é um Scania 143 como você nunca viu T112MC – Scania desenvolveu modelo exclusivo para a Nova Zelândia Você lembra do seriado “As Aventuras de BJ” nos anos 1980? Caminhões chineses são equipados com cabine de modelo da década de 1970