A telemetria chegou para revolucionar o transporte brasileiro

por Blog do Caminhoneiro

Você sabia que a telemetria contribui com a redução do consumo de combustível e de acidentes nas estradas, e não apenas com questões ligadas a roubo e furto de cargas/veículos? Ela vai muito além: aumenta a eficiência dos serviços prestados e reduz custos com combustíveis e manutenções, o que impacta diretamente – e positivamente – no meio ambiente.

Essa tecnologia, que muitas pessoas já devem ter ouvido falar no mundo das corridas automobilísticas, é extremamente eficiente para obter relatórios precisos e receber dados, como tempo, localização e comportamento, em tempo real e online.

Ela é uma grande aliada dos transportadores e embarcadores, pois as informações relativas à condução do veículo são transmitidas à base de monitoramento. Por meio da telemetria, é possível fazer a gestão de frotas, sejam elas leves ou pesadas, como nunca aconteceu antes. Em tempo real, podemos saber qual é a posição do veículo, qual a velocidade do veículo, se o motorista está entrando em uma curva perigosa, quanto está gastando de combustível por viagem, entre outras informações valiosas para quem precisa entregar um serviço de qualidade, com agilidade e segurança, como é o caso de quem trabalha na área de transportes.

Hoje, podemos falar, com segurança, que as soluções de telemetria para gestão de frotas estão revolucionando o mercado de transportes e logística, pois além de reduzir custos operacionais em até 30%, tornam as operações mais eficientes, com maior percepção de qualidade nos serviços prestados, possibilitando um diferencial competitivo imbatível.

No Brasil, a telemetria tem crescido vertiginosamente na última década e está comumente atrelada a mercados específicos, como transportes especiais e de cargas perigosas, agronegócios, transporte de leite, concessionárias de rodovias, logística/distribuição e transporte coletivo (urbano e rodoviário). Isso acontece porque a tecnologia permite funções fundamentais, como:

Segurança: Garante a segurança da carga, do meio ambiente e principalmente do motorista

Eficiência: as empresas buscam soluções que aumentem a rentabilidade, em função da redução de gastos com manutenção, combustíveis etc.

Conformidade: o setor de transporte rodoviário é um dos setores com mais regulamentações, por isso a telemetria é fundamental para gerenciar essa questão.

Além disso, com a telemetria é possível identificar e corrigir comportamento inadequado do motorista, o que é o primeiro passo para reduzir riscos e aumentar os níveis de segurança, preservando vidas nas cidades e estradas brasileiras.

Bruno Santos, Engenheiro e Gerente de Vendas e Serviços, é responsável pelas áreas de serviços, vendas e marketing da MiX Telematics no Brasil e LATAM Sul desde 2013. Sua principal atribuição é tornar acessível ao mercado às soluções globais da MiX Telematics no que tange a gestão eficiente de frotas.

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

4 comentários

Athos Oliveira Spaniol 16/11/2017 - 19:24

Se chegasse um curso de matematica pro propiotario ta tava bem bom.

Reply
Valdocir Ribeiro de Freitas 16/11/2017 - 13:43

Somente para controle do motorista

Reply
Je Jablonski 16/11/2017 - 12:56

Nunca…acabar retorno.. agenciador…tem pagar ida e volta.e assim..como está só paga ida… caminhoneiros tem da geito… Vai merda quem gosta disso.. está bosta… Transporte

Reply
Guina Martins 16/11/2017 - 12:39

Não é isso que Vai Revolucionar o transporte ….. nunca

Reply

Escreva um comentário