Empresas poderão receber até 20% do valor dos caminhões devido a cartel na Europa

Empresas de transporte de toda a Europa que se sentirem lesadas pelo recém descoberto cartel das seis principais montadoras de caminhões da Europa poderão pedir indenizações de até 20% do valor pago nos caminhões, com correção e juros. É o que afirma o escritório de advogados espanhol Caamaño, Concheiro & Seoane, que representa a Espanha no processo contra as montadoras.

De acordo com as investigações, o cartel das montadoras chegou a elevar os preços dos caminhões de 10% a 12%. Somente na Espanha, o escritório CCS representa 4.300 empresas, que adquiriram mais de 30 mil caminhões no período do cartel.

O valor total das indenizações pode ultrapassar a marca dos 250 milhões de Euros por conta os processos. Até o momento, há cerca de 6.300 ações judiciais na Espanha contra as montadoras, e os primeiros julgamentos saem ainda este ano.

O prazo para os transportadores entrarem com ações contra as montadoras vai até dia 06 de abril. De acordo com a comissão de investigação, o cartel esteve ativo entre 1997 e 2011 em toda a Europa.

Deixe um comentário!

O Royal Eagle é um Scania 143 como você nunca viu T112MC – Scania desenvolveu modelo exclusivo para a Nova Zelândia Você lembra do seriado “As Aventuras de BJ” nos anos 1980? Caminhões chineses são equipados com cabine de modelo da década de 1970 Conheça o transporte Piggyback, muito usado nos Estados Unidos