Nova ferramenta ajuda transportador a incluir “custos ocultos” no preço do frete




Essa nova funcionalidade está disponível no novo site Tabelas de Frete, que acaba de ser lançado, com layout totalmente novo, mais simples e fácil de usar.

A principal novidade dessa ferramenta, única e inédita, é que ela vai permitir, de forma totalmente expressa e fácil, o cálculo, além do Frete Peso, de custos, que poderíamos chamar de custos ocultos e que são normalmente negligenciados pela maioria das transportadoras, como cubagem da carga, Frete Valor, GRIS, Taxa de Dificuldade de Entrega, Taxa de Restrição de Trânsito, SEFAZ, entre outras.

Pesquisas feitas pela NTC & Logística revelam que muitas transportadoras não incluem essas tarifas no Preço do Frete. A principal justificativa é a resistência dos clientes. Porém muitas delas sequer conhecem essas taxas que tem impacto fantástico sobre o custo dos serviços de transporte.

LEIA MAIS  Cade diz que tabelamento do preço do frete configura formação de cartel

Nós acreditamos que a razão principal para não inclusão desses custos no valor do frete é a dificuldade de explicar ao cliente a ocorrência dos mesmos, mas também de executar os cálculos necessários.

Com essa ferramenta, no novo site Tabelas de Fretes, esses problemas deixam de existir. Vai ficar muito mais fácil enxergar esses custos, calculá-los e justificar a cobrança deles na hora de negociar o frete, tanto de cargas fechadas (lotação) quanto das cargas fracionadas.

Deixe sua opinião sobre o assunto!