PRF prende caminhoneiro por adulteração de placas no Paraná




A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu em flagrante um caminhoneiro que adulterou as placas de seu veículo na manhã desta terça-feira (24) em Balsa Nova, na região metropolitana de Curitiba.

Com o objetivo de não ser cobrado posteriormente pelo não pagamento de tarifas de pedágio, ele usou uma fita adesiva branca para transformar a letra ‘C’ em ‘O’ e o numeral ‘3’ em ‘8’.

O veículo foi abordado por volta de 7h30 pelos policiais rodoviários federais na BR-277, em frente à Unidade Operacional São Luiz do Purunã.

Ao receber a ordem de parada, o motorista, de 49 anos de idade, parou em um local distante da equipe da PRF, desceu correndo pela porta do passageiro e retirou a adulteração da placa dianteira.

LEIA MAIS  PRF recupera caminhão em Feira de Santana-BA roubado há quatro anos

Em questão de segundos, ele voltou ao veículo, também pela porta do passageiro, e sentou no banco do motorista, como se nada tivesse acontecido.

Já a placa traseira ainda estava parcialmente adulterada. O crime de adulteração de sinal identificador de veículo automotor prevê pena de três a seis anos de prisão.

Minutos antes da abordagem, o caminhoneiro havia passado pela praça de pedágio de Witmarsun sem efetuar o pagamento da tarifa.

Nesta mesma praça de pedágio, em novembro de 2015, uma trabalhadora da concessionária CCR Rodonorte morreu aos 25 anos de idade, após ser atropelada por um caminhão. O motorista tentava passar pela cancela sem efetuar o pagamento.

LEIA MAIS  Polícia investiga quadrilha que aplica golpes de venda de caminhão pela internet

O motorista preso hoje portava R$ 1.260 em dinheiro e R$ 900 em cheque, o que demonstra que a eventual insuficiência financeira não foi motivo para ele cometer o crime.

A PRF encaminhou a ocorrência para a Delegacia da Polícia Civil em Campo Largo.




Deixe sua opinião sobre o assunto!