Nikola Motor Company processa Tesla por projeto de caminhão




A empresa Nikola vem há alguns anos desenvolvendo um poderoso caminhão, com estilo muito futurista, movido a hidrogênio. A Tesla Motors Company também desenvolveu o Tesla Semi, modelo elétrico, com potência, torque e preço muito semelhante aos modelos diesel convencionais.

Porém, para a Nikola, o design do seu modelo Nikola One foi copiado pela Tesla no desenvolvimento do cavalo mecânico da empresa. De acordo com a Nikola, a Tesla violou uma série de patentes da empresa, como a cabine do caminhão, para-lamas, porta da cabine e para-brisa envolvente.

Para confirmar as alegações, a Nikola informa que até mesmo o coeficiente de arrasto aerodinâmico dos dois modelos é quase o mesmo, de 0,36 para o Tesla e 0,37 para o Nikola.

LEIA MAIS  Irmandade na estrada - Caminhoneiro ajuda motociclista e agradecimento viraliza nas redes sociais

De acordo com a Nikola, as perdas pela suposta violação de patentes pode chegar a US$ 2 bilhões (cerca de R$ 7 bilhões), por causar confusão no mercado, prejudicando os planos de desenvolvimento da Nikola.

No ano passado, cerca de um mês antes do lançamento do modelo da Tesla, a Nikola teve conhecimento do design do modelo, e notificou a Tesla por meio de carta, sobre os pedidos de patente que acreditava que o modelo da Tesla violava. No documento enviado, a Nikola exigia que a Tesla não divulgasse seu modelo por causa das violações.

O modelo Nikola One foi apresentado em 2016, quase um ano antes do modelo da Tesla.

LEIA MAIS  Caminhão carregado com eletrodomésticos é recuperado em Pernambuco

Curiosamente, as duas empresa usam o nome do mesmo inventor, Nikola Tesla, da Áustria, um dos mais brilhantes cientistas do século 20, que atuou com engenharia mecânica e eletrotécnica.




Deixe sua opinião sobre o assunto!